• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.18.2017.tde-04042017-171453
Documento
Autor
Nome completo
Raimundo de Moura Rolim Neto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2016
Orientador
Banca examinadora
Pires, Eduardo Cleto (Presidente)
Andrade, Carlos Roberto Monteiro de
Kellner, Erich
Título em português
Abastecimento de água e esgotamento sanitário da comunidade Água Branca do Cajari, Resex Cajari, AP: avaliação e formulação de alternativas
Palavras-chave em português
Amazônia
Comunidades isoladas
Saneamento
Resumo em português
Ao longo dos anos a implementação das políticas de saneamento básico no Brasil foram evoluindo gradativamente, porém as metas de universalização não serão alcançadas até 2030. Os piores índices historicamente se concentram nas regiões norte e nordeste, sendo mais acentuados nas áreas rurais. O Amapá é o estado mais preservado do país, abrange em seu território diversas modalidades de áreas protegidas e comunidades tradicionais, dentre elas a comunidade Água Branca do Cajari, localizada na Reserva Extrativista do Rio Cajari, objeto de estudo desta Dissertação, que consistiu na formulação e avaliação de alternativas para suprir a demanda de água potável e ao encaminhamento seguro dos esgotos sanitários. Para o alcance dos objetivos, foram realizadas duas campanhas de campo, com o intuito de conhecer o perfil social, econômico e ambiental da comunidade, através da aplicação de questionários e observação in situ, avaliação da qualidade das águas destinadas ao consumo humano, através de análises físico-químicas e microbiológicas e estimativas da geração de esgoto. A proposição das alternativas foi feita a partir do dimensionamento e avaliação dos custos de instalação, operação e manutenção ao longo do horizonte de planejamento de 20 anos. Os orçamentos foram elaborados a partir de dados disponíveis na literatura técnica e a composição dos custos por pesquisas de preço e fontes oficiais como o SINAPI. Treze poços freáticos são utilizados pela população que reside na parte alta da comunidade, enquanto os que moram na parte baixa, retiram diretamente do rio, adicionam polímero que adquirem informalmente para a clarificação das águas, em média 95% da população afirma realizar a desinfecção com hipoclorito de sódio, sendo que 41,1% da população tem acesso ao mínimo estabelecido pela ONU e 7,6% abaixo do recomendado. Estavam em não conformidade, de acordo como o que estabelece a Portaria n° 2.914/2011 do Ministério da Saúde, 75% das amostras analisadas para o parâmetro pH, 62,5% para turbidez, 90% para coliformes totais/Escherichia coli. Cerca de 82,3% do esgoto séptico gerado é encaminhado a fossas negras, e 13% das unidades domiciliares não dispõe de banheiro. O custo total dos sistemas foi de: sistema de bombeamento fotovoltaico 430.644,97 R$ (0,18 R$/hab.dia); aproveitamento de água de chuva de 432.236,72 R$ (0,19 R$/hab.dia); filtro lento domiciliar 7.326.27 R$; sistema de desinfecção solar (SODIS) 9.768,54 R$ e para o tratamento de esgoto sanitário unifamiliar, fossas sépticas "Imhoff" e sumidouro 434.371,32 R$ ou 0,19 R$/hab.dia. Portanto, verificou-se que as alternativas avaliadas são viáveis economicamente e operacionalmente. A efetividade da implantação das tecnologias de tratamento de água e esgoto em comunidades isoladas ou de difícil acesso na Amazônia devem ser precedidas de estudos socioeconômicos, ambientais e culturais.
Título em inglês
Water supply and sanitary sewer at Água Branca do Cajari: analyzes and alternatives planning
Palavras-chave em inglês
Amazonia
Basic sanitation
Isolated communities
Resumo em inglês
In the world, about 748 million of people do not have access to a potable water, more than 30% of the world population do not have appropriate installations and 1 million of people do their physical necessities in open areas, of theses, nine out ten are in rural areas. The policies about basic sanitation in Brazil gets better long of the years, but the marks for universalization cannot be touched until 2030. The indications get worst in north and northeast, especially in the countryside. Amapá is the most preserved state of Brazil, that has in its territory many spaces of protected areas and traditional communities, one of them is Àgua Branca do Cajarí, located in an extractive reserve, and is the focus of this issue, whose objective is propose and estimate better ways to get a high quality of water and sanitary wastewaters. To get better results, it was necessary to visit at these areas to know the community social, economic and environmental profile through questionnaires and in situ observation, beside doing physic-chemical and microbiological analyzes. The proposition of the best alternatives was made by starting from the estimative of installation and conservation along of 20 years, getting the present prizes. Those estimative were based on technical literature, prizes researched and official sources as SINAPI. Thirteen phreatic wells are used by people who live on the higher part of the community while people that live on the lowest part need to take water right from the river, put some polymer that is taken informally to clarify the water. About 95% of people say that use sodium hypochlorite in water, but just 41% has the least required by UNO and 7.6% is low from what is demanded. According with the governmental decree N. 2914/2011, 75% of the sample that were analyzed showed to the pH parameter; 62.5% for turbidity; 90% for total coliforms/ Escherichia coli. About 82.3% of the septic sewer created is sent to black cesspool and 13% of the houses do not have a bathroom. The total cost of the systems was about R$ 430,644.97 for a photoelectric system (0.18 R$/resident.day). The perforation and preservation of the wells were not considered; R$ 432,236.72 if use rain water (0.19 R$/resident.day). R$ 7,326.27 for slow domiciliary filter. R$ 9,768.54 for solar disinfection system and R$ 434,371.32 for unifamilial sanitary sewer treatment, septic tank "imhoff" and escape hole (0.19 R$/resident.day). Therefore, it was possible to see that the alternatives analyzed were economically and operationally possible. The implementation of water and sewer treatment technologies in isolated communities of by difficult access in Amazonia must be followed by socioeconomic, environmental and cultural studies.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-05-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.