• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.18.2011.tde-09062011-152841
Documento
Autor
Nome completo
Evellyn Aparecida Espindola
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2011
Orientador
Banca examinadora
Mauad, Frederico Fabio (Presidente)
Campos, Elisabete Gabriela Castellano
Hanai, Frederico Yuri
Sé, João Alberto da Silva
Talamoni, Jandira Liria Biscalquini
Título em português
Análise da percepção de risco do uso de agrotóxicos em áreas rurais: um estudo junto aos agricultores no município de Bom Repouso (MG)
Palavras-chave em português
Agricultores
Impactos ambientais
Percepção de riscos
Uso de agrotóxicos
Resumo em português
O município de Bom Repouso, localizado no Estado de Minas Gerais, possui cerca de 50% de sua população residindo em área rural, revelando-se, a cada ano, como um dos maiores produtores de batata e morango em nível nacional. No entanto, estudos prévios desenvolvidos na região têm demonstrado que, entre outras atividades impactantes, encontra-se a do uso intensivo de fertilizantes e agrotóxicos, colocando em risco a saúde da população local e a dos ecossistemas. Pelo exposto surge a hipótese de que parte dos impactos encontrados pode ser decorrente da falta de informações e compreensão dos agricultores, associado ao baixo nível de escolaridade e negligência ao uso desses produtos. Considerando-se essa temática, procurou-se identificar e analisar a percepção de agricultores do município de Bom Repouso em relação aos riscos à saúde e ao meio ambiente, inerentes ao uso intensivo de agrotóxicos, bem como contribuir com pesquisas já realizadas no campo da percepção ambiental e como subsídios às estratégias de comunicação e o gerenciamento de riscos por parte do Poder Público na região. Para tanto, foram utilizados alguns instrumentos metodológicos como visitas a campo e observação (entre 2009-2010), elaboração de uma planilha de Avaliação Preliminar de Perigo (APP) por parte da pesquisadora, bem como a aplicação da mesma planilha a 50 agricultores (selecionados entre os 22 bairros do município e, preferencialmente, naqueles com maior desenvolvimento da agricultura), em julho de 2010, avaliando sua percepção sobre os perigos e riscos associados ao modelo vigente de produção. Dados pretéritos (obtidos em 2005-2007) também foram incorporados na pesquisa, os quais possibilitaram reconhecer o perfil socioeconômico dos agricultores e um pouco da estruturação local. Por meio dos resultados obtidos verifica-se a expansão da agricultura no município nos últimos anos, implicando em problemas sociais e ambientais relacionados à falta de planejamento no setor e a forma de condução da atividade. Por outro lado, considerando as hipóteses levantadas, é possível inferir que não existe falta de informações em relação ao uso de agrotóxicos e seus efeitos, pois em sua maioria (70%) os entrevistados têm noção dos perigos e riscos associados, implicando em danos a saúde e ao meio ambiente, embora suas atitudes (como o não uso do EPI, armazenamento e forma de utilização do produto) demonstrem total negligência. Portanto, as atividades agrícolas mal planejadas decorrem mais de outros aspectos, como os culturais, além da falta de incentivo econômico e político para que outras formas alternativas da agricultura sejam fomentadas na região. Desta forma, verifica-se que os agricultores acabam realmente sendo agentes ativos do processo, mas, por outro lado, se tornam vítimas da própria situação, ou seja, das práticas agrícolas existentes.
Título em inglês
Risk perception analysis of the use of pesticides in rural areas: a study together with farmers in the city of Bom Repouso (MG)
Palavras-chave em inglês
Environmental impacts
Farmers
Pesticide use
Risk perception
Resumo em inglês
The city of Bom Repouso, localized in the State of Minas Gerais, has around 50% of its population residing in rural areas, making itself, year by year, one of the biggest potato and strawberry producers in the nation. However, previous studies developed in the region have demonstrated that, among other impacting activities, there is the extensive use of pesticides, putting the health of the population as well as the health of the ecosystems in danger. From the above, arises the hypothesis that part of the impact found can derive from the lack of information and comprehension from the farmers, together with a low scholarity level and the neglect when using these products. Bearing this thematic in mind, we tried to identify and analyze the perception of farmers from the city of Bom Repouso regarding health and environmental risks, inherent from the widespread use of pesticides, as well as to contribute with research already carried out in the field of environmental perception and as subsides to strategies of Risk Management and Communication from the Public Power in that region. For this, some methodological instruments were used, such as visitation to the fields and observation (from 2009-2010), elaboration of a Preliminary Assessment of Danger (PAD) worksheet by the researcher, and the application of the same worksheet with 50 farmers (selected among the 22 neighborhoods from the city and, preferentially, in the ones with the most development in farming), in July 2010, assessing their perception about danger and risks associated to the current production model. Preterit data (obtained in 2005- 2007) were also incorporated in the research, which allow us to recognize the socialeconomical profile of the farmers and some of the local structure. Through the obtained results, the expansion in farming in the city in the last few years can be seen, implying in social and environmental problems related to the lack of planning in the sector and also the conduction of activities. On the other hand, considering the arisen hypotheses, it is possible to infer that there is no lack of information regarding the use of pesticides and its effects, since the majority (70%) of the interviewed people have notion of the dangers and risks, implying in damages to their health and to the environment, but nonetheless, their attitudes (such as the non use of PPE, wrong storage and use of the product) demonstrate total neglect. Therefore, badly planned farming activity result from other aspects, such as cultural for example, besides the lack of economical and political incentive so that other alternative forms of farming could be funded in the region. Thus, it can be seen that farmers are in fact active agents in the process, but, on the other hand, are victims of their own situation, that is, the existing farming practices.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-06-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.