• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.18.2010.tde-11082010-081731
Documento
Autor
Nome completo
Kristiane Cêra Carvalho
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2010
Orientador
Banca examinadora
Escrivão Filho, Edmundo (Presidente)
Alves Filho, Alceu Gomes
Peçanha, Dóris Lieth Nunes
Sacomano Neto, Mário
Santos, Fernando César Almada
Título em português
A pequena empresa e seu ambiente organizacional: construção de um mapa das práticas dos dirigentes de uma empresa de tecnologia da informação com base na teoria da dependência de recursos e na teoria institucional
Palavras-chave em português
Ambiente organizacional
Especificidades
Pequena empresa
Teoria da dependência de recursos
Teoria institucional
Teorias ambientais da organização
Resumo em português
O principal objetivo da pesquisa é construir um mapa, informado pelas "Teorias Ambientais", das práticas do dirigente da pequena empresa relacionadas ao ambiente organizacional. Os objetivos específicos são: compreender as especificidades da pequena empresa de tecnologia da informação, como o dirigente compreende o ambiente organizacional e quais são as práticas relacionadas a ele. Pretendeu-se adotar uma postura subjetivista-interpretativa. O quadro teórico de análise é a etnometodologia. De acordo com as teorias ambientais estudadas, o ambiente organizacional é composto por grupos de interesse e instituições que fornecem recursos e legitimidade para a organização. As práticas relacionadas ao ambiente são atendimento das demandas dos grupos de interesse, alteração do ambiente organizacional e conformidade institucional. A pequena empresa apresenta algumas especificidades que podem ser compreendidas mediante três dimensões: dirigente, organização e contexto. Foi realizado um estudo de caso em uma pequena empresa da área de tecnologia da informação de Campinas-SP. Mediante análise da conversação e observação do cotidiano da empresa, puderam-se compreender as principais práticas dos dirigentes relacionadas ao ambiente organizacional. Foi construído um mapa representativo destas práticas, com base na Teoria da Dependência de Recursos e na Teoria Institucional. A empresa apresenta práticas de conformidade institucional, especialmente aos contextos tecnológico, político-legal e sócio-cultural. Mecanismos normativos e miméticos limitam a escolha da tecnologia para desenvolvimento dos softwares, e mecanismos coercitivos forçam a empresa a se adequar ao sistema político-legal e aos valores e normas sociais e culturais. No entanto, há tentativas de alteração destes contextos institucionais, mesmo que bastante restritas. A principal prática de alteração do ambiente organizacional é a estratégia de expansão - investimento direto, atendimento de outros "nichos" e diversificação. Mesmo que relativamente modesto, comparado às estratégias das grandes empresas do segmento de desenvolvimento de software, o crescimento representa, dentro do "nicho" específico que a empresa atua, redução da dependência e maior controle sobre os recursos que ela precisa para sobreviver. A idéia de "mapa" é coerente com a concepção weberiana de "tipo-ideal"; é uma forma de entender a realidade, um esquema de interpretação.
Título em inglês
The small company and its organizational environment: construction of a map of managers' practices of an information technology company on the basis of resources dependence theory and institutional theory
Palavras-chave em inglês
Dependence resource theory
Environmental theories of organization
Institutional theory
Organizational environment
Small company
Specificities
Resumo em inglês
The main objective of this research is to construct a map, supported by "Environmental Theories", of the practices of small company managers related to the organizational environment. The specific objectives are the comprehension of the specificities of the information technology small company, how the manager understands the organizational environment and which practices are related to it. A subjective-interpretative position was adopted and the theoretical frame of analysis is ethnomethodology. According to the environmental theories studied, the organizational environment is composed of interest groups and institutions that supply resources and legitimacy to the organization. The practices related to the environment are the meeting of the interest groups' demands, alteration of the organizational environment and institutional conformity. The small company presents specificities that can be understood by means of three dimensions: manager, organization and context. A case study was performed in an information technology small company in Campinas-SP. By means of a conversation analysis and observation of quotidian routine of company, it was possible to understand the managers' main practices related to the organizational environment. A representative map of these practices was constructed on the basis of the Resource Dependence Theory and Institutional Theory. The company presents practices of institutional conformity, especially to the technological, legal-political and socio-cultural contexts. Normative and mimetic mechanisms limit the choice of the technology for software development, and coercive mechanisms force the company to adjust to the legal-political system and the values and social and cultural norms. However, although restricted, attempts have been made to modify these institutional contexts. The main practice of organizational environment alteration is the expansion strategy - direct investment, seeking for other "niches" and diversification. Although relatively modest, in comparison with large companies' strategies in the software development segment, growth represents, inside of the "specific niche" the company acts in, a dependence reduction and greater control of the resources required for the company to survive. The idea of "map" is coherent with the weberian conception of "ideal-type"; it is a way to understand reality, a scheme of interpretation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Kristiane_Cera.pdf (1.91 Mbytes)
Data de Publicação
2010-09-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.