• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.18.2014.tde-23092014-090122
Documento
Autor
Nome completo
Glaucia Maia de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2014
Orientador
Banca examinadora
Silva, Antônio Nélson Rodrigues da (Presidente)
Carvalho, Marcus Vinicius Guerra Seraphico de Assis
Pereira, Márcia de Andrade
Título em português
Mobilidade urbana e padrões sustentáveis de geração de viagem: um estudo comparativo de cidades brasileiras
Palavras-chave em português
Indicadores de mobilidade urbana
Índice de mobilidade urbana sustentável
Mobilidade urbana sustentável
Planejamento da mobilidade urbana
Viagens sustentáveis
Resumo em português
O objetivo geral deste estudo é identificar desafios e perspectivas para avaliação e melhoria da mobilidade urbana através de padrões sustentáveis de geração de viagens. A investigação se baseia na aplicação de procedimentos específicos, que têm início com o cálculo do Índice de Mobilidade Urbana Sustentável (IMUS), em seis cidades brasileiras selecionadas: Belém, Curitiba, Goiânia, Juazeiro do Norte, Uberlândia e Itajubá. Além de permitir comparações entre as cidades, a aplicação do índice em vários locais serve também para identificar as mudanças que poderiam ser implementadas em sua estrutura para torná-lo mais flexível na utilização em distintos contextos. O estudo também se concentra em estratégias de planejamento para a melhoria da mobilidade urbana sustentável, com duas abordagens. Na primeira, uma avaliação simultânea de custo, prazo e risco político é levada em conta. Na segunda abordagem, um cenário hipotético é utilizado para avaliar os impactos de padrões sustentáveis de geração de viagem sobre a mobilidade urbana. Os resultados do índice indicaram que Curitiba, Uberlândia e Goiânia tiveram um desempenho melhor do que Itajubá, Belém e Juazeiro do Norte, em relação às condições de mobilidade urbana sustentável. Estes resultados também destacaram a importância do contexto nas condições de mobilidade de cada cidade estudada. As menores cidades e as das regiões mais ricas do país, por exemplo, tiveram, em geral, um desempenho melhor do que as demais. Outro fato relevante é que apenas 53% dos 87 indicadores foram calculados em todas as seis cidades, o que sugere que podem ser necessárias mudanças nos métodos de cálculo de alguns indicadores. Por outro lado, um resultado positivo da aplicação do índice em cidades distintas foi a possibilidade de identificar os aspectos comuns que ajudaram a promover a mobilidade sustentável, bem como aqueles que atuaram como obstáculos para tal. Uma forte relação entre boas condições de mobilidade e a viabilidade de ações para melhorá-las ainda mais também foi observada nos casos estudados. Mais importante do que essas observações, no entanto, podem ser os casos de indicadores com desempenho ruim, mas com boas expectativas de melhora. Estas são áreas potenciais para ações destinadas à promoção da mobilidade urbana sustentável.
Título em inglês
Urban mobility and sustainable trip generation patterns: a comparative study of Brazilian cities
Palavras-chave em inglês
Index of sustainable urban mobility
Sustainable mobility
Sustainable trips
Urban mobility indicators
Urban mobility planning
Resumo em inglês
The overall aim of this study is to identify challenges and perspectives for the assessment and improvement of the urban mobility through sustainable trips generation patterns. The investigation is based on the application of specific procedures, which start with the calculation of the Index of Sustainable Urban Mobility (I_SUM) in six selected Brazilian cities: Belém, Curitiba, Goiânia, Juazeiro do Norte, Uberlândia, and Itajubá. The application of I_SUM in several cities allows for comparisons between the cities. In addition, it also serves to identify changes that could be implemented in the index structure to make it more flexible for use in distinct contexts. The study also focuses on planning strategies for the improvement of sustainable urban mobility, with two approaches. In the first one, a simultaneous assessment of cost, time and political risk is taken into account. In the second approach, a hypothetical scenario is used to assess the impacts of sustainable trip generation patterns on urban mobility. The index results indicated that, re garding the sustainable urban mobility conditions, Curitiba, Uberlândia and Goiânia had a better performance than Itajubá, Belém and Juazeiro do Norte. These results also highlighted the importance of the context in the mobility conditions of each studied city. The smallest cities and those in the wealthier part of the country, for example, had in general a better performance than the others. Also relevant is the fact that only 53% of the 87 indicators have been calculated in all six cities, what suggests that changes in the calculation methods of some indicators may be needed. On the other hand, a positive outcome of the index application in distinct cities was the possibility of detecting the common aspects that helped to foster sustainable mobility, as well as those that acted as obstacles. A strong relationship between good mobility conditions and the feasibility of actions to further improve these conditions was also observed in the studied cases. More important than those observations, however, may be the cases with bad performance but high expectations of improvement. These are potential areas for actions meant to foster sustainable urban mobility.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-09-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.