• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.18.2016.tde-05102016-135303
Documento
Autor
Nome completo
Ingrid Weingärtner Reis
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2016
Orientador
Banca examinadora
Cazarini, Edson Walmir (Presidente)
Campos, Fernando Celso de
Hoffmann, Wanda Aparecida Machado
Título em português
O papel do compartilhamento do conhecimento a partir da gestão do conhecimento
Palavras-chave em português
Barreiras individuais
Barreiras organizacionais
Compartilhamento do conhecimento
Gestão do conhecimento
Recursos e estratégias de compartilhamento do conhecimento
Resumo em português
No contexto organizacional a importância do conhecimento é tema sobre o qual não há mais discussões. O conhecimento tem papel estratégico para a geração de produtos e serviços ou que atendam às constante mudanças de necessidades e desejos dos consumidores. Este conhecimento como tal, não está nas organizações, mas sim é parte dos sujeitos, das pessoas que as formam. Ainda que pareça algo óbvio, o translado do conhecimento do sujeito à organização é, na verdade, um desafio. Isto por que o conhecimento das pessoas não necessariamente está alinhado às necessidades da organização. Buscou-se com essa pesquisa identificar que recursos ou estratégias se podem utilizar para potencializar ações de compartilhamento, embasados nos processos de criação do conhecimento. Buscou-se também elucidar a divergência conceitual que existe entre transferência e compartilhamento do conhecimento, expressões muitas vezes confundidas na prática. Sendo o compartilhamento do conhecimento uma ação do sujeito dentro das organizações, foi necessário conhecer as principais barreiras que impedem tais ações. Estas barreiras podem estar relacionadas ao comportamento próprio do indivíduo ou acontecer em âmbito organizacional. Para a realização desta pesquisa, adotou-se como metodologia a pesquisa-ação, que possui como característica marcante a participação das pessoas envolvidas na pesquisa. Foi criada uma matriz de avaliação de recursos e estratégias de compartilhamento, baseada nas quatro etapas de conversão do conhecimento (SECI) e aplicada a um conjunto de recursos e estratégias identificados durante a pesquisa. Desta avaliação identificou-se um conjunto de recursos considerados transversais ao processo de criação do conhecimento. Assim, a conclusão que chegou-se é que, não necessariamente existe um recurso ou conjunto de recursos para uma que, não necessariamente existe um recurso ou conjunto de recursos para uma etapa específica do processo SECI. Antes podemos identificar recursos que, por suas características e categorias, podem ser adotados por todo o ciclo.
Título em inglês
The role of knowledge sharing from the knowledge management
Palavras-chave em inglês
Individual barriers
Knowledge management
Knowledge sharing
Organizational barriers
Resources and strategies of knowledge sharing
Resumo em inglês
In the organizational context the importance of knowledge is an issue on which there is no further discussion. Knowledge has a strategic role for the generation of innovative products and services that meet or constant changes of necessities and desires of consumers. This knowledge as such, is not in the organizations, but is part of individuals. Although it might seem obvious, the transfer of the subject to the organization's knowledge is actually a challenge. This is because the knowledge of people is not necessarily aligned with the organization's needs. Sought with this research to identify what resources and strategies can be used to power sharing actions, based mainly in procesos of knowledge creation. We attempted to also elucidate the conceptual divergence that exists between transfer and sharing of knowledge, expressions often confused in practice and research by other authors. And knowledge sharing an action of the subject within the organization, it was necessary to know the main barriers that prevent such actions. These barriers may be related to the individual's own behavior or happen in organizational ambit. For this research, it adopted as methodology research-action, which has as its hallmark the participation of the people involved in the research. Created a resource assessment table and sharing strategies, based on the four conversion steps of knowledge (SECI) and applied to a set of resources and strategies identified during the search. This evaluation identified a set of features considered transverse to the knowledge creation process. Thus, the conclusion that was reached is that there is not necessarily a feature or set of features for a specific stage of the SECI process. Before we can identify resources that, by their characteristics and categories, can be adopted throughout the cycle.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-10-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.