• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.18.2011.tde-06042011-121550
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Eduardo Ostanel
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2011
Orientador
Banca examinadora
Cazarini, Edson Walmir (Presidente)
Pádua, Silvia Inês Dallavalle de
Reis, Solange Garcia dos
Título em português
Modelo de orientação aos tilapicultores em tanques-rede: o conhecimento modelado pelo método EKD
Palavras-chave em português
Aquicultura
Boas práticas
Enterprise knowledge development
Repositório de conhecimento
Sustentável
Resumo em português
A presente dissertação tem como objetivo principal desenvolver um modelo de orientação, que norteie os tilapicultores a respeito das boas práticas de produção em tanques-rede indicadas pela FAO (Food and Agriculture Organization of the United Nations) e pela literatura acadêmica, a fim de eliminar a ausência do conhecimento, fator considerado limitador para o desenvolvimento da aquicultura. Para tanto, foi aplicado um estudo qualitativo segregado em duas fases. Na primeira, o tipo de estudo adotado foi exploratório. Essa fase foi composta por três etapas: revisão da literatura e FAO, elaboração do modelo de orientação, de acordo com o método EKD (Enterprise Knowledge Development), e elaboração do questionário. Já na segunda fase foi combinada a pesquisa de observação com o estudo descritivo. Foram realizadas duas etapas: visitas de observação, com a aplicação do questionário, e validação do modelo de orientação. Encerrada a segunda fase, a modelagem foi concluída. O modelo de orientação possibilitou a análise da tilapicultura de modo sistêmico, gerando um repositório de conhecimento, o qual permite que a cultura seja compreendida, debatida e melhorada, tornando-se um guia aos tilapicultores que desejam adequar-se ao objetivo sustentável. Dessa maneira, as tilapiculturas poderão reduzir a lacuna existente entre a teoria e a prática e eliminar a ausência do conhecimento.
Título em inglês
Model of orientation for tilapia breeders EKD in cage ponds: knowledge modeled by EKD method
Palavras-chave em inglês
Aquaculture
Enterprise knowledge development
Good practices
Knowledge repository
Sustainable
Resumo em inglês
This article aims at the development of an orientation model to guide tilapia breeders towards good practices of breeding in cage ponds recommended by FAO (Food and Agriculture Organization of the United Nations) and academic literature in order to eliminate the lack of knowledge, which is considered a limiting factor in the development of aquaculture. A qualitative study divided into two phases was conducted. In the first phase the study was exploratory and comprised three stages: review of the literature and FAO, elaboration of an orientation model and FAO, elaboration of an orientation model according to EKD (Enterprise Knowledge Development) method, and elaboration of a questionnaire. The second phase comprehended the observation research and descriptive study, both developed in two stages: observation visits, with the application of the questionnaire, and validation of the orientation model. The modeling was finished after concluding the second phase. The orientation model enabled a systemic analyses of the tilapia breeding, generating a knowledge repository that allowed the culture to be understood, debated and improved. Such a model can seen as a guide to tilapia breeders that intend to fit the sustainable goal. Therefore tilapia cultures can reduce the existing gap between theory and practice as well as eliminate the lack of knowledge.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
OSTANEL2011.pdf (886.07 Kbytes)
Data de Publicação
2011-04-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.