• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.18.2010.tde-25112010-091200
Documento
Autor
Nome completo
Patricia Miola Gorzoni
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2010
Orientador
Banca examinadora
Peçanha, Dóris Lieth Nunes (Presidente)
Hermosilla, José Luís Garcia
Santos, Fernando César Almada
Título em português
Cultura organizacional e qualidade de vida no trabalho: um estudo com funcionários de um restaurante fast-food
Palavras-chave em português
Cultura organizacional
Psicodinâmica do trabalho
Qualidade de vida no trabalho
Restaurantes fast-food
Resumo em português
Estudos sobre a relação entre Cultura Organizacional (CO) e Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) são escassos na literatura científica, principalmente no segmento de restaurantes fast-food. O desenvolvimento de uma investigação que interligue esses dois temas pode contribuir para a gestão da produção e de pessoas nesse segmento de empresas. Portanto, esta pesquisa tem o objetivo de estudar as relações entre a CO e a QVT de funcionários de restaurantes fast-food. Trata-se de um estudo empírico, com delineamento de grupo contrastante (caso e controle) e categórico, com tratamento quantitativo e qualitativo dos dados obtidos. A amostra do estudo foi composta por três organizações localizadas em um mesmo bairro de classe média de uma cidade da região central do estado de São Paulo. A primeira empresa, restaurante fast-food (grupo caso); a segunda, um restaurante vegetariano (grupo controle 1) e a terceira, um restaurante universitário (grupo controle 2). A opção de dispor de um grupo contrastante objetiva facilitar a identificação de características específicas aos restaurantes fast-food. Participaram do estudo um total de 30 funcionários. Instrumentos de pesquisa: a variável CO foi avaliada por meio do Inventário de Valores Organizacionais (IVO) e a variável QVT, avaliada através da Escala de Indicadores de Prazer-Sofrimento no Trabalho (EIPST). A escolha desses instrumentos considerou sua validação e uso em pesquisas brasileiras na área. Além disso, foram utilizadas entrevistas semi-estruturadas com a equipe gerencial do restaurante caso. O estudo qualitativo mostrou-se fundamental considerando o tamanho pequeno da amostra. Os resultados obtidos foram analisados de acordo com as planilhas de cálculos específicas a cada instrumento, e posteriormente relacionados. Os resultados foram discutidos com bases nas contribuições teóricas, empíricas e metodológicas dos estudos referentes à CO, à QVT e à psicodinâmica do trabalho.
Título em inglês
Organizational culture and employees' quality of life: an investigation with fast-food employees
Palavras-chave em inglês
Employees' quality of life
Fast-food restaurants
Organizational culture
Psychodynamics of work
Resumo em inglês
Investigations about the relationship between organizational culture and employees' quality of life are scarce on scientific literature, mainly on fast-food restaurants segment. The development of an investigation which co-relate both issues can contribute to management and human resources practices. This paper aims to study the relationship between organizational culture and employees' quality of life inside fast-food restaurants. Methodology: empirical and categorical studying, with contrasting group design (case and control). Quantitative and qualitative data treatment was done. Sample: three organizations located on the same region and city, state of Sao Paulo. The first of them was the fast-food restaurant (case group); the second was a vegan restaurant (control group 1) and the third was a university restaurant (control group 2). The contrasting group turns easier the identification of particular fast-food restaurants' features. Research instruments: organizational culture was assessed by Inventario de Valores Organizacionais - IVO (Organizational Values Inventory) and employees' quality of like by Escala de Indicadores de Prazer-Sofrimento no Trabalho - EIPST (Pleasure-Suffering Indicators Scale). The instruments 'choice concerns the validation and utilization on Brazilian researches. They were examined according to the calculation spreadsheets specific to each instrument, and then connected. Further partly-arranged interviews were done with the fast food's managerial team. The qualitative study was crucial considering the small size of the sample. The results were discussed based on theoretical contributions, empirical and methodological studies related to organizational culture, employees' quality of life and psychodynamics of work.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Patricia.pdf (4.15 Mbytes)
Data de Publicação
2010-11-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.