• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.18.2010.tde-29112010-114106
Documento
Autor
Nome completo
Patrícia Benites Cava
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Carlos, 2010
Orientador
Banca examinadora
Kalatzis, Aquiles Elie Guimarães (Presidente)
Casagrande, Elton Eustáquio
Moccellin, Joao Vitor
Título em português
Determinantes da atividade exportadora: uma análise das empresas paulistas
Palavras-chave em português
Determinantes da atividade exportadora
Indústria Paulista
Logit
Probit
Resumo em português
As importantes mudanças macroeconômicas e a abertura comercial ocorridas na década de 90 tiveram como uma de suas conseqüências a reversão dos superávits comerciais. Esse fato gerou uma série de análises sobre a composição das importações e exportações das firmas brasileiras. Com a abertura comercial, as empresas passaram a investir na racionalização de processos produtivos e gerenciais para se tornarem competitivas. A desvalorização da taxa de câmbio, no final da década de 90, implicou no aumento significativo da parcela exportada pela indústria brasileira e mudanças ocorreram na estratégia competitiva da indústria. A análise destas diferenças e do caminho percorrido por elas contribuem para um melhor mapeamento e discussão das condições competitivas da indústria no mercado internacional. Diante desse contexto, o objetivo do presente trabalho é identificar os principais determinantes da atividade exportadora de indústrias paulistas. Para alcançar o objetivo proposto, utilizou-se dados referentes aos anos de 1996 e 2001 de indústrias paulistas, disponíveis na Pesquisa da Atividade Econômica Paulista (PAEP), realizada pela Fundação Estadual de Análise de Dados (SEADE). Os dois períodos de análise apresentam características distintas no que se refere ao contexto econômico, o que pode ter acarretado na adoção de estratégias competitivas diferentes pelas empresas. Para a estimação dos parâmetros das variáveis explicativas adotou-se os métodos Probit e Logit. Os resultados da pesquisa permitiram identificar o tamanho da empresa, participação estrangeira no capital, idade, importação e inovação tecnológica como determinantes da atividade exportadora das indústrias paulistas. A produtividade do trabalho e a qualificação do trabalho apresentaram resultados distintos para os anos de 1996 e 2001.
Título em inglês
Determinants of export activity: an evaluation of paulista industries
Palavras-chave em inglês
Determinants of export activity
Logit
Paulista industry
Probit
Resumo em inglês
Major macroeconomic changes and trade liberalization occurred in the 90s had as one of their consequences the reversal of trade surpluses. This has raised a number of reviews on the composition of imports and exports of Brazilian firms. With the trade liberalization, companies started to invest in the rationalization of production processes and management in order to become competitive. The devaluation of the exchange rate in the end of the 90s, resulted in significant increase in the share exported by the Brazilian industry and changes occurred in the competitive strategy of the industry. The analysis of these differences contributes to a better mapping and discussion of competitive conditions in the industry internationally. In this context, the objective of this study is to identify the main determinants of export activity of Paulistas industries. To achieve the proposed objective, we used data for the years 1996 and 2001 from Paulistas industries, available on the Pesquisa da Atividade Econômica Paulista (PAEP) held by the Fundação Estadual de Análise de Dados (SEADE). These periods have different characteristics with regard to the economic context, which may have led to the adoption of different competitive strategies by companies. For the estimation of the explanatory variables we adopted the methods Probit and Logit. The research results have identified the company size, foreign ownership, age, import and technological innovation as determinants of export activity of the Paulistas industries. The labor productivity and skilled labor showed different results for the years 1996 and 2001.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
PatriciaBenitesCava.pdf (937.67 Kbytes)
Data de Publicação
2010-12-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.