• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
Documento
Autor
Nombre completo
Carlos Eduardo Peres Teixeira
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2006
Director
Tribunal
Campos, Edmo Jose Dias (Presidente)
Fontes, Roberto Fioravanti Carelli
Miranda, Luiz Bruner de
Título en portugués
Caracterização e variabilidade da hidrodinâmica da zona costeira adjacente ao banco de Abrolhos
Palabras clave en portugués
circulação atmosférica e oceânica
correntometria
Resumen en portugués
Os dados de correntometria, elevação do nível do mar e ventos de dois fundeios realizados dentro do Canal Sueste , na região costeira de Caravelas, foram utilizados para caracterização dos padrões de circulação atmosférica e oceânica da região, bem como para analisar a variabilidade temporal da componente sub-inercial e os mecanismos forçantes da circulação local. Para isto foi computado o espectro e a covariância entre os dados, utilizando-se da metodologia da Transformada de Ondeletas. O padrão de ventos da região caracteriza-se por uma variabilidade sazonal, no período anual, associada às migrações da Alta do Atlântico Sul. Essa variabilidade gera intensidades máximas no verão, decorrentes de ventos nordeste, e mínimas no inverno, decorrentes do vento sul. A maré local foi caracterizada como semi-diurna, apresentando o maior valor de amplitude da costa leste brasileira. As marés astronômicas são as principais forçantes da variabilidade da corrente perpendicular a costa. As análises estatísticas, bem como os resultados do espectro cruzado e covariância de ondeleta demonstram que, na banda sub-inercial, a componente longitudinal do vento foi a principal responsável pela variabilidade dos campos de correntes e das oscilações do nível do mar. A componente longitudinal das correntes apresentou magnitude média de 0,11 ±0,22 m.s-1 e 0,04 ±0,16 m.s-1, enquanto a componente transversal média foi de 0,20 ± 0,10 m.s-1 e 0,04 ±0,11 m.s-1, respectivamente para a estação mais a norte e mais ao sul. Os resultados da análise de ondeletas apresentam os maiores valores energéticos nos períodos compreendidos entre 4 e 20 dias e 45 e 70 dias.
 
Ficheros
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2009-09-24
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.