• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.21.2010.tde-27072011-111633
Documento
Autor
Nome completo
Hiléia dos Santos Barroso
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Bicego, Marcia Caruso (Presidente)
Campos, Lucia de Siqueira
Figueira, Rubens Cesar Lopes
Petti, Monica Angelica Varella
Rothschild, Lilian
Título em português
Hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs) em organismos marinhos da Baía do Almirantado, Península Antártica
Palavras-chave em português
Antártica.
aves
Baía do Almirantado
HPAs
invertebrados
Notothenia rossii
pingüins
Resumo em português
As concentrações de HPAs foram analisadas em invertebrados (Laternula elliptica, Nacella concinna, Yoldia eightsi, Glyptonotus antarcticus, Serolis polita, Euphausia superba, Bovalia gigantea, Sterechinus neumayeri, Odontaster validus e Ophionotus victoriae), peixes (Notothenia rossii), e aves (Pygoscelis Adélia, P. papua, P. antarcticus, Macronectes giganteus, Catharacta sp. e Larus dominicanus) da Baía do Almirantado. As análises de HPAs foram realizadas através de GC/MS. A ocorrência de HPAs nas amostras indicou a biodisponibilidade destes compostos para os organismos da região. As concentrações de HPAs totais para os invertebrados (3,09-174,4 ng g -1 pu) foram maiores que em peixes (0,97-58,9 ng g -1 pu) e menores que em aves (60,1-6861,0 ng g-1 pu), porém apresentaram similaridade entre si. As aves voadoras adultas apresentaram maiores concentrações que os pinguins. Compostos leves e alquilados predominaram em quase todas as amostras, principalmente os alquilnaftalenos. A principal fonte de HPAs para os organismos foi o DFA utilizado na EACF. Espécies predadoras/necrófagas apresentaram HPAs individuais diferentes das espécies suspensívoras/depositívoras. Não ocorreu relação entre o aumento da concentração de HPAs e o aumento do nível trófico dos grupos, e a absorção de HPAs pelas espécies sofreu a influência de fatores como metabolismo, fisiologia, hábito alimentar e teor de lipídio das espécies analisadas.
Título em inglês
Polyclyclic aromatic hydrocarbons (PAHs) in marine organisms from the Admiralty Bay, Antartic Peninsula
Palavras-chave em inglês
Admiralty Bay
Antarctica
birds
invertebrates
Notothenia rossii
PAHs
penguins
Resumo em inglês
The concentrations of PAHs had been analyzed in invertebrates (Laternula elliptica, Nacella concinna, Yoldia eightsi, Glyptonotus antarcticus, Serolis polita, Euphausia superba, Bovalia gigantea, Sterechinus neumayeri, Odontaster validus and Ophionotus victoriae), fish (Notothenia rossii) and birds (Pygoscelis adélia, P. papua, P. antarcticus, Macronectes giganteus, Catharacta sp. and Larus dominicanus) Admiralty Bay. The analyses of HPAs had been carried through GC/MS. The occurrence of PAHs in the samples indicated the bioavailability of these compounds for the organisms of the region. The concentration of total PAHs for the invertebrates (3,09 to 174,4 ng g-1 pu) were higher than fish (0,97 to 58,9 ng g-1 pu) and lower than in birds (60,1- 6861,0 ng g-1 pu) however, they had presented similarity between themselves. The adult flying birds had presented higher concentrations than penguins. Light and alkylated compounds had predominated in almost all samples, mainly the alkylnaphthalenes. The main source of PAHs for the organism was the DFA used in the EACF. Predators/necrophagous species had presented different individual PAHs from the feeder/deposit species. There was no relation between the increase of concentrations of PAHs and the increase of the trophic level of the groups, and the absorption of PAHs for the species had the influence of factors such as metabolism, physiology, alimentary habits and lipid content of the analyzed species.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tese_hileia.pdf (8.97 Mbytes)
Data de Publicação
2011-08-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.