• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.21.2016.tde-13122016-170637
Documento
Autor
Nome completo
Marinella Coutinho Jacinto Pucci
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Soares, Lucy Satiko Hashimoto (Presidente)
Albrecht, Míriam Pilz
Benedito, Evanilde
Mancini, Patrícia Luciano
Petti, Monica Angelica Varella
Título em português
Interações tróficas dos peixes e lulas da Baía do Araçá, município de São Sebastião (São Paulo, Brasil): uma abordagem pelo uso de isótopos estáveis
Palavras-chave em português
Atlântico Sudoeste
Ecossistema subtropical
Isótopos estáveis de C e N
Modelo de mistura isotópica SIAR
Peixes e lulas
São Sebastião( SP)
Teia trófica
Resumo em português
As interações tróficas de 31 espécies de peixes e 2 de lulas da Baía do Araçá, São Sebastião (SP), foram investigadas por meio dos isótopos estáveis de carbono (δ13C) e nitrogênio (δ15N). Os valores de δ13C das espécies variaram entre -17,2‰ e -12,1‰, e os de δ15N, entre 10,0‰ e 14,5‰. Os valores de δ13C dos produtores e consumidores permitiram indicar que as espécies analisadas participam das teias tróficas, pelágica e bentônica, e têm como base da cadeia alimentar o fitoplâncton, os microfitobentos e a matéria orgânica dos sedimentos. Maiores valores de δ13C nos peixes e lulas foram registrados no verão, associados a valores mais altos na base. As posições tróficas das espécies variaram entre 3,18 e 4,72, indicando que atuam como consumidores secundários e terciários. A composição da dieta dos peixes, avaliada pelo modelo de mistura isotópica, apontou elevada contribuição de presas como Polychaeta, Tanaidacea e Ophiuroidea, grupos com alta abundância na Baía do Araçá e no Canal de São Sebastião. A ingestão de presas disponíveis no interior da baía e no canal evidenciou a importância desses peixes e lulas como carreadores de nutrientes, realizando tanto acoplamento pelágico-bentônico, como entre as regiões sublitoral e entremarés da Baía do Araçá.
Título em inglês
Trophic interactions of fish and squid in the Araçá Bay, São Sebastião (São Paulo, Brazil): a stable isotope approach
Palavras-chave em inglês
C and N stable isotopes
Fish and squid
Food web
São Sebastião (SP)
SIAR isotope mixing model
Southwest Atlantic
Subtropical ecosystem
Resumo em inglês
The trophic interactions of 31 fish species and 2 squid species of the Araçá Bay, São Sebastião (São Paulo, Brazil), were investigated through carbon (δ13C) and nitrogen (δ15N) stable isotopes. The δ13C of the species ranged from -17.2‰ to -12.1‰, and the δ15N, from 10.0‰ to 14.5‰. The δ13C data of the producers and consumers indicated that the species analysed are part of the pelagic and benthic trophic webs, and have phytoplankton, microphytobenthos and organic matter from the sediment as the base of the food web. Higher values of δ13C were registered in the summer, linked to the higher values at the base. The trophic positions of the species varied between 3.18 e 4.72, an indication that they act as secondary and tertiary-quaternary consumers. The diet composition of fish, evaluated trough the isotope mixing model, showed high contribution of prey, such as Polychaeta, Tanaidacea and Ophiuroidea, groups highly abundant in the Bay and the adjacent São Sebastião Channel. The intake of available prey in the intertidal region and in the Channel revealed the importance of the fish and squid as nutrient pathway links, coupling the pelagic-benthic systems and the sublittoral and intertidal regions of the Araçá Bay.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-12-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.