• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.21.2016.tde-20032016-174906
Documento
Autor
Nome completo
Marina Ferreira Mourão Santana
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Turra, Alexander (Presidente)
Costa, Monica Ferreira da
Gomes, Vicente
Título em inglês
Effects of microplastics contamination on marine biota
Palavras-chave em inglês
marine litter; microplastic; bivalve; intake; effect; food-chain transfer; in situ contamination; food safety
Resumo em inglês
Microplastic pollution (particles < 5mm) is one of the most widespread impacts from modern society. Here, microplastic impacts were investigated through experimental assessments considering different exposure scenarios using mussels and micro-PVC as models. These aimed to investigate mussels' physiological signs of stress under acute and chronic exposures and microplastics transference, assimilation and retention along food chains. In acute exposures, PVC intake affected mussels' physiology over time, also influenced by plastics additives and particle concentration. Interactions among exposure factors (time, presence of additives and concentration) were more relevant than their individual effect, indicating the singularity of each contamination scenario. Long-term contact did not affect mussels, indicating the influence of time to acclimation. Microplastics were not assimilated and retained along food chains, but only biotransferred from prey tissues to predators' tract, showing the influence of prey contamination on the effectiveness of microplastics biotransference. To evaluate risks in nature, microplastic ingestion was investigated in mussels from the Santos Estuary. Santos Estuary contained microplastics in 75% of sampled mussels, an issue of environmental and human concern. This study illustrated that microplastics impacts on mussels vary with microplastics characteristics, exposure scenario and species vulnerability, highlighting the need for more toxicological and risk evaluation studies.
Título em português
Efeitos da contaminação por microplásticos na biota marinha
Palavras-chave em português
lixo marinho; microplásticos; bivalves; ingestão; efetio; transferência de nível trófico; poluição do ambiente; segurança alimentar
Resumo em português
Os microplásticos (< 5mm) são um dos impactos mais difundidos da sociedade moderna. Aqui, eles foram estudados em ensaios experimentais, considerando diferentes composições de exposição de mexilhões à micro-PVCs. O objetivo foi investigar: sinais fisiológicos de estresse sob exposições aguda e crônica; e transferência, assimilação e retenção de microplásticos em cadeias tróficas. Para avaliar seus potenciais riscos na natureza, a ingestão por mexilhões também foi investigada no Estuário de Santos. As exposições agudas afetaram a fisiologia dos mexilhões, sendo influenciadas pelo tempo e concentração de exposição, e pela presença de aditivos plásticos. Interações entre esses fatores (tempo, concentração e aditivos) foram mais relevantes do que eles individualmente, sugerindo a singularidade dos cenários de poluição. A exposição de longo prazo não afetou os mexilhões, indicando a influência do tempo na aclimatação ao microplástico. O PVC não foi assimilado e retido nas cadeias tróficas, mas biotransferido do tecido das presas para o trato dos predadores, mostrando a influência do estado da presa na efetividade da biotransferência dos microplásticos. Dentre os mexilhões coletados, 75% estavam contaminados, revelando uma importante questão socioambiental. Esse trabalho ilustrou a complexidade dos impactos dos microplásticos para a biota marinha, ressaltando a necessidade de mais estudos sobre seus riscos.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-03-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.