• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.21.2017.tde-24022017-152214
Documento
Autor
Nome completo
Francisco Thiago Franca Parente
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Dottori, Marcelo (Presidente)
Fontes, Roberto Fioravanti Carelli
Martins, Renato Parkinson
Título em português
Hidrodinâmica da Plataforma Continental da bacia Sergipe-Alagoas
Palavras-chave em português
Bacia Sergipe-Alagoas
circulação costeira
modelagem numérica
Resumo em português
Este trabalho é parte integrante do Projeto de Caracterização Regional da bacia Sergipe-Alagoas, realizado em convênio entre a Petrobras e o Laboratório de Hidrodinâmica Costeira do Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo, que visou caracterizar a circulação da bacia Sergipe-Alagoas em escala regional. Foram coletados dados meteo-oceanográficos no período entre 2012 e 2015. Foram analisados dados de três fundeios correntográficos, duas estações meteorológicas e vinte estações hidrográficas. Esta análise incluiu: análise por Funções Empí¬ricas Ortogonais, análise espectral, análise harmônica e correlação. Ainda, foram realizadas simulações numéricas, onde se considerou um oceano homogêneo, que contemplaram o vento, a maré e o aporte fluvial como forçantes do domí¬nio. Os resultados mostraram uma plataforma continental praticamente homogênea, onde há um forte ciclo sazonal para as correntes e para o vento, com menores intensidades durante o verão e o outono e maiores intensidades durante o inverno e a primavera. Quanto à hidrodinâmica, determinou-se que o modo barotrópico é dominante, seguido pelos 1º e 2º modos baroclí¬nicos, nesta ordem. Quanto às forçantes, constatou-se que a maré é a menos significativa para a circulação residual da região, onde a componente semidiurna M2 se destaca como mais energética. Ainda, detectou-se o predomí¬nio do vento sobre a circulação da PCSEAL durante o inverno e a primavera. Nas demais estações, supõe-se uma competição entre as descargas fluviais e a tensão de cisalhamento do vento sobre a circulação da PCSEAL.
Título em inglês
Hydrodynamics of the Sergipe-Alagoas Continental Shelf
Palavras-chave em inglês
Coastal circulation
numerical modeling
Sergipe-Alagoas basin
Resumo em inglês
This work is part of the project "Caracterização Regional da bacia de Sergipe-Alagoas" supported by PETROBRAS in association with the Coastal Hydrodynamic Laboratory (LHiCo) of the University of Sao Paulo. This project aimed to characterize the Sergipe-Alagoas basin circulation on a regional scale. Meteo and ocean datas were colected from 2012 to 2015, including three current meter moorings, two meteorological stations and twenty hidrographic stations. The analysis includes Empirical Ortogonal Functions, spectral, harmonic and correlations analysis. The Numerical simulations are also developed, employing a homogenous ocean with wind, tides and river discharges forcings. The results show a homogeneous continetal shelf with a significant seasonal cycle for the currents and winds, with minimum values in the summer and fall, and maximum values in the winter and spring. It is show from the Empirical Ortogonal Function analysis, that the barotropic mode is dominant over the Sergipe-Alagoas shelf circulation, followed by the first and second baroclinic modes, in this order. About the forcings, the wind stress drives the shelf circulation in winter and spring. The other seasons has a supposed dispute between river discharges and wind stress. The tide is dominated by the component M2 and it is the least significant for the residual circulation over the Sergipe-Alagoas shelf.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-03-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.