• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
https://doi.org/10.11606/T.21.2020.tde-12032020-163831
Documento
Autor
Nombre completo
Juliê Rosemberg Sartoretto
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2019
Director
Tribunal
Figueira, Rubens Cesar Lopes (Presidente)
Tramonte, Keila Modesto
Fávaro, Déborah Inês Teixeira
Moreira, Lucas Buruaem
Título en portugués
Resposta do Estuário de Santos e São Vicente às pressões naturais e antropogênicas dos últimos 200 anos
Palabras clave en portugués
Fluxo de massa
Fluxo de metais
Geocronologia
Metais
Sistema Estuarino de Santos e São Vicente
Resumen en portugués
Embora geologicamente recente, a atividade antrópica tem tido grande influência no ambiente global. O termo Antropoceno vem sendo utilizado para marcar uma era na qual os impactos humanos na Terra vem tomando grande força. Embora essa influência seja evidente, muito se discute a respeito do período que se iniciaria. Entre os marcos sugeridos para o início dessa nova era, destaca-se a Revolução Industrial. O estuário de Santos e São Vicente localiza-se em um dos locais mais amplamente povoados e explorados do Estado de São Paulo. Ao longo do Antropoceno, sofreu um intenso processo de urbanização e industrialização que acabou por afetar diretamente seus equilíbrios naturais. O objetivo do presente trabalho foi compreender as variações ocorridas nesse sistema no que diz respeito à deposição de sedimentos e fluxo de metais ao longo dos últimos 150 anos. Para atingir tal objetivo foram analisados: teor de sedimentos finos, isótopos de C e N, fluxos de metais disponíveis e residuais e fluxo de massa em seis colunas sedimentares. A partir desses, foi possível observar que os parâmetros analisados foram efetivos na interpretação das mudanças naturais e antropogênicas ocorridas ao longo do tempo. A origem da matéria orgânica e teor de sedimentos finos permitiram constatar variações naturais ocorridas, demonstrando períodos de maior e menor pluviosidade. Os fluxos de massa coincidiram com o histórico de ocupação da região, aumentando significativamente ao longo do tempo. Testemunhos localizados em regiões primeiramente ocupadas apresentaram variações de fluxo anteriores aos demais. As oscilações no teor de sedimentos finos coincidiram com as atividades de dragagem na região. Já os fluxos de metais residuais e disponíveis permitiram notar uma influência antrópica na deposição de alguns metais no sedimento, coincidindo com o histórico industrial e portuário. Destacou-se, entre os elementos estudados o Hg, que apresentou significativo aumento de fluxo no sistema nos últimos 50 anos.
Título en inglés
Santos and São Vicente Estuary response to natural and anthropogenic pressures of the last 200 years
Palabras clave en inglés
Estuarine System of Santos and São Vicente
Geochronology
Mass accumulation rates
Metal fluxes
Metals
Resumen en inglés
Although geologically recent, anthropic activity has had a major influence on the global environment. The term Anthropocene has been used to mark an era in which human impacts on the Earth have been taking great force. Even though this influence is evident, much is discussed about the beginning of such period. Among the milestones suggested as the starting point of this new era is the Industrial Revolution. The Santos and Sao Vicente estuary is located in one of the most widely populated and exploited places in the state of Sao Paulo. Throughout the Anthropocene, the region underwent an intense process of urbanization and industrialization that directly affected its natural balances. The purpose of this work was to understand the variations in this system regarding sediment deposition and metal flow over the last 150 years. To achieve this objective, the following parameters were analyzed: fine sediment content, C and N isotopes, available and residual metal flows and mass flow in six sedimentary columns. From these, it was possible to observe that the parameters analyzed were effective in interpreting the natural and anthropogenic changes that occurred over time. The origin of organic matter and fine sediment content allowed the observation of natural variations, demonstrating periods of higher and lower rainfall. Mass flows coincided with the region's historical occupation, and they have increased significantly over time. Testimonials located in the firstly occupied regions presented previous flow variations when compared to the other. Fluctuations in fine sediment content coincided with dredging activities in the region. The residual and available metal fluxes showed an anthropic influence on the deposition of some metals in the sediment, coinciding with the industrial and portuary history. Among the studied elements, Hg stood out, as its flow has presented a significant increase within the system over the last 50 years.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2020-03-13
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.