• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2013.tde-06012014-153808
Documento
Autor
Nome completo
Efigenia Aparecida Maciel de Freitas
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2013
Orientador
Banca examinadora
Luis, Margarita Antonia Villar (Presidente)
Webster, Clarissa Mendonça Corradi
Junqueira, Marcélle Aparecida de Barros
Oliveira, Luiz Carlos Marques de
Pillon, Sandra Cristina
Título em português
Consumo de bebidas alcoólicas e outras substâncias psicoativas entre estudantes do ensino médio de Uberlândia - MG
Palavras-chave em português
adolescentes
álcool
drogas
estudantes
jovens
Resumo em português
O consumo de álcool e outras drogas representa um dos principais problemas sociais e de saúde a ser enfrentado por diversos países. Os objetivos deste estudo foram determinar a frequência e os possíveis fatores de vulnerabilidade e proteção e compreender os significados atribuídos por estudantes do ensino médio sobre o consumo de bebidas alcoólicas e outras substancias psicoativas. Foi realizado estudo de abordagem quali-quantitativa, por meio de aplicação de um questionário a 1995 estudantes de ensino médio de 22 escolas públicas e uma privada, e a realização de grupo focal com 24 estudantes de três escolas públicas e uma privada de Uberlândia-MG. Dos 1995 entrevistados houve missing de até 12,4% para algumas variávies. A média de idade para 1748 dados válidos foi de 16,0, DP ±1,29; sexo masculino 49,1%, feminino 50,9%; cursavam o ensino médio na 1ª série 37,2%; 2ª série 31,6%; 3ª série 31,2%. O consumo de álcool na vida foi relatado por 81,4%; tabaco 22,5%; inalantes 11,3%; maconha 8,5%; tranqüilizantes 6,0; cocaína 3,0%; crack 0,5%; anticolinérgicos 0,5%; heroína 04%; sedativos 0,5%; LSD 1,2%; ecstasy 1,8%. Houve diferença significativa para o sexo masculino no consumo de inalantes(X² p=0,003); maconha (X² p<0,0001) e cocaína (X² p=0,004). O "binge drinking foi de 36,4%, sendo maior (X²p=0,008) entre os meninos, porém 33,2% das meninas também relataram esta prática. Na análise qualitativa o Software Alceste apontou uma divisão de 74 unidades de contexto elementar(UCE), estas foram agrupadas em quatro classes lexicais hierárquicas descendente (dendograma) e nomeadas segundo o sentido que revelam em: 1) Existência do consumo: "a maioria das festas tem que ter cerveja, tem que ter alguma bebida alcoólica, s em bebida a festa fica sem graça, fica ruim". 2) Motivação para o consumo: "porque muita gente não é aceito em algum grupo mas se beber entra no grupo". "os melhores comercias da televisão são de cerveja, sempre o álcool esta vinculado a diversão, a pessoa s bonitas e esporte" 3) Influencia familiar: "meu pai é alcoólatra, a geladeira da minha casa parece a Ambev, está sempre cheia de cerveja". 4) Consequências: "ele fez roleta russa, atravessou o sinal vermelho da avenida bateu num carro e morreu, fez isso porque estava bêbado". Evidenciou-se que o consumo de álcool é uma prática comum e avançada que permeia o universo juvenil, sendo a substância mais consumida em ambos os sexos, porém a prática de "binge drinking" e o uso de outras substâncias é mais freqüente no sexo masculino. Existe forte influencia de amigos e da família. Embora admitam o uso eles reconhecem as consequências negativas deste hábito. Ressalta-se a necessidade de políticas de saúde e educação no âmbito escolar e comunidade, para o controle do uso/abuso de tais substâncias e prevenção de agravos direcionadas ao público jovem.
Título em inglês
The consumption of alcoholic beverages and other psychoactive substances among high school students of Uberlândia-MG
Palavras-chave em inglês
alcohol
drugs
students
teenagers
young people
Resumo em inglês
The consumption of alcohol and other drugs is one of the main health and so cial problems to be faced by several countries. The goals of this study were to establish the frequency and the possible factors of vulnerability and protection and to understand the meanings attributed by high school students about the consumption of alcoholic beverages and other psychoactive substances. A quali-quantitative study was carried out by means of questionnaire answered by 1995 high school students from 22 public schools and a private one, and a focal group of 24 students from three public and one private schools from Uberlândia-MG was created. From the 1995 interviewed students, there was a missing of up to 12,4% for some variables. The average age for the 1748 valid data was of 16,0, DP ±1,29; 49,1% male; 50,9% female; 37,2% were enrolled in the first year of high school; 31,6% were in the second year; 31,2% were in the third year. The alcohol consumption throughout life was reported by 81,4%; 22,5% for tobacco; 11,3% for inhalants, 8,5% for marijuana; 6,0% for tranquilizers; 3,0% for cocaine; 0,5% for crack; 0,5% for anticholinergics; 0,4% for heroine; 0,5% for sedatives; 1,2% for LSD; 1,8% for ecstasy. There was a significant difference for male's consumption of inhalants (X² p=0,003); marijuana (X² p<0,0001) and cocaine (X² p=0,004). The binge drinking was of 36,4%, being higher (X²p=0,008) among boys, although 33,2% of the girls also reported this habit. Through qualitative analyzes, the Alceste Software showed a division of 74 elementary context units (UCE). They were grouped in four descen dant hierarchical lexical classes (dendograma) and named according to the meaning they indicated: 1) The existence of the consumption: "there must be beer, there must be some alcoholic beverage in most of the parties, otherwise the party is bad, not fun." 2) The consumption's motivation: "because a lot of people isn't accepted in a group, but if they drink they are accepted in the group." "the best TV commercials are about beer. Alcohol is always linked to fun, beautiful people and sports." 3) Family's influence: "my father is an alcoholic, the fridge in my house looks like Ambev, it's always full with beer". 4) Consequences: "he played Russian roulette, the crossed a red light and hit a car and died, he did that because he was drunk." It became evident that the alcohol consumption is a common and advanced habit that permeates the juvenile universe, being the most consumed substance of both sexes, however the binge drinking and the consumption of other substances a more frequent habit for males. There's a strong influence from friends and family members. Although they admit the consumption, they know the negative consequences of this habit. We highlight the necessity of health and educational politics in the school and community scope, to control the use/abuse of such substances and to prevent the situation related to the youth community aggravates.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-05-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.