• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.22.2012.tde-06112012-183302
Documento
Autor
Nombre completo
Sara Pinto Barbosa
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Ribeirão Preto, 2012
Director
Tribunal
Souza, Maria Conceição Bernardo de Mello e (Presidente)
Marques, João Mazzoncini de Azevedo
Saeki, Toyoko
Título en portugués
Atendimento ao paciente psiquiátrico: cotidiano de um serviço de pronto atendimento do interior do estado de São Paulo
Palabras clave en portugués
atendimento de emergência
profissional de saúde
rede de serviço
saúde mental
Resumen en portugués
A presente pesquisa caracteriza-se como estudo qualitativo, de cunho descritivo exploratório realizado numa Unidade Básica Distrital de Saúde (UBDS) da região Oeste da cidade de Ribeirão Preto, interior do Estado de São Paulo. Tal local é um Centro de Saúde Escola vinculado à Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Objetivou-se com o estudo conhecer o cotidiano de atendimento das demandas de saúde mental realizadas no pronto atendimento deste serviço. O estudo justifica-se por, após início do processo de Reforma Psiquiátrica, os serviços emergenciais, tanto os que funcionam dentro de hospitais gerais quanto os alocados em unidades de pronto atendimento nas Unidades de Saúde, importantes pontos da rede de atendimento em saúde mental. Como instrumento de coleta de dados utilizou-se a observação participante e entrevista semiestruturada com 17 participantes. Foram realizadas cerca de 90 horas de observação participante registradas em diário de campo. Os participantes da pesquisa foram interrogados sobre o atendimento dos usuários com demandas em saúde mental no serviço. Os dados das entrevistas foram analisados quanto ao conteúdo, sendo realizada análise do tipo temática. A discussão apoiou-se nos preceitos atuais de atendimento aos usuários de saúde mental. Do processo de análise emergiram quatro categorias: No pronto atendimento o atendimento ao paciente psiquiátrico é rotina...; O atendimento depende muito do médico que está atendendo...; A grande maioria é dependente químico... E aí?; A gente não tem uma preparação para lidar com paciente psiquiátrico... A partir da análise pudemos entender que a demanda em saúde mental é constante no serviço e que essa vem, quase sempre, acompanhada de uma angústia por parte dos profissionais que não se sentem capazes de atender usuários com essa demanda de saúde. Através da observação e da entrevista constatou-se ainda que, no serviço, o modelo de atendimento é ainda o médico-centrado, sendo que os demais profissionais da equipe, quase sempre, se limitam apenas executar prescrições médicas como, por exemplo, medicação e, quando necessário, contenção. No que se refere ao atendimento ao usuário de substâncias psicoativas, não nos pareceu que esses são vistos como usuários com demandas em saúde mental. Tais usuários são atendidos com condutas guiadas por pré-conceitos e julgamentos morais, ações pouco adequadas aos atendimentos em saúde. As dificuldades encontradas no serviço, no que se refere ao atendimento a usuários com demanda em saúde mental, parecem ser principalmente advindas de uma formação profissional pouco adequada. Diante disto, torna-se necessário, neste serviço, que haja investimento no sentido de melhorar formação para o atendimento a usuários com esse tipo de demanda. Mesmo com as dificuldades encontradas no serviço estudado, acreditamos que por meio de um trabalho de educação permanente possam surgir novas potencialidades na atenção em saúde mental e, assim, um fortalecimento da rede de saúde local.
Título en inglés
Psychiatric Patient Care: a daily emergency service in the state of Sao Paulo.
Palabras clave en inglés
emergency service
health professional
mental health
network services
Resumen en inglés
This research is characterized as a qualitative study, descriptive exploratory held in a District Health Unit Basic (UBDS) the region west of the city of Ribeirao Preto, interior of São Paulo. This service is also a Health Center linked to the Faculty of Medicine, University of Sao Paulo. The goal this research was to study the day-to-day of care of the demands of mental health conducted in the emergency room of this service. The study is justified because, after initiation of the Psychiatric Reform, emergency services, both those who work within general hospitals as allocated in the emergency units in the health units, are important to point in the network of mental health care. As an instrument of data collection used the participant observation and semistructured interviews with 17 participants. Were performed about 90 hours of participant observation, which was recorded in a field diary. Survey participants were questioned about the service demands of users with mental health service. The interview data were analyzed as contents, and performed analysis of the thematic type. The discussion is supported in current concepts of care for mental health users. The process of analysis four categories: In the emergency room care to psychiatric patients is routine...; The service relies heavily on the physician who is answering...; The vast majority are dependent of drugs... What's make?; We do not have a preparedness to deal with psychiatric patients... Thus, from the analysis we understand that the demand for mental health service is constant and that, almost always, is accompanied by an anxiety on the part of professionals who do not feel able to meet this demand users with health. Through observation and interview it was found that, in the service studied, the service model is still the physician-centered, and the remaining team members limited to just execute medication. With regard to the users of drugs the service, did not seem that these are seen as people with demands on mental health. Such users are assisted with postures guided by prejudices and moral judgments, actions inadequate to health care. The difficulties encountered in service, in relation people with mental health demand, appear to be due to an unsuitable formation. Given this, it becomes necessary, this service, investment in improving training to meet this demand. Even with the difficulties encountered in the service studied, we believe that through a continuing education may arise new possibilities and thus a strengthening of local mental health network.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
SARABARBOSA.pdf (1.09 Mbytes)
Fecha de Publicación
2013-01-15
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.