• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2013.tde-14012014-163411
Documento
Autor
Nome completo
Rejane Ospedal Salomão Gavin
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2013
Orientador
Banca examinadora
Donato, Edilaine Cristina da Silva Gherardi (Presidente)
Webster, Clarissa Mendonça Corradi
Zanetti, Ana Carolina Guidorizzi
Título em português
Depressão, estresse e ansiedade: um enfoque sobre a saúde mental do trabalhador
Palavras-chave em português
Ansiedade
Depressão
Estresse
Saúde do trabalhador
Resumo em português
Depressão, estresse e ansiedade são condições comuns no contexto laboral e coexistem num mesmo indivíduo, criando relações que necessitam de uma melhor compreensão. Objetivos: identificar a associação entre sintomatologia depressiva e variáveis sociodemográficas, características de trabalho, exposição ao estresse ocupacional e condições de saúde mental entre trabalhadores de uma universidade pública do interior de São Paulo. Método: estudo epidemiológico, descritivo- exploratório, de corte transversal, com amostra de 925 indivíduos. Os instrumentos de coleta de dados foram: Questionário de Dados Sociodemográficos (QSD), Job Stress Scale (JSS), Inventário de Ansiedade de Beck (BAI), Inventário de Depressão de Beck (BDI) e Alcohol Use Disorder Identification Test (AUDIT). Os dados foram submetidos à estatística descritiva e analítica. Resultados: A amostra foi composta por uma maioria de mulheres (54,9%); na faixa etária de 40 a 49 anos (40,5%); com ensino superior completo (51,0%); sendo praticantes de alguma religião com 93,6%; casados (66,4%); com filhos (69,0%); exercendo função de nível médio (52,9%); tempo de exercício no trabalho de até 10 anos (45,9%). Estavam altamente expostos ao estresse ocupacional 18,7% da amostra, 13,2% faziam uso problemático de álcool e 6,6% referiram problemas por uso de álcool. Na análise bivariada, as chances de ocorrência de depressão foram significantes para as variáveis demanda psicológica no trabalho, controle no trabalho, apoio social no trabalho, ansiedade e problema autorreferido por uso de álcool. Estas variáveis foram incluídas no modelo de análise múltipla com aquelas que apresentaram p<0,20, incluindo-se a alta exposição ao estresse ocupacional (p=0,195) e o uso problemático de álcool (p=0,055). A partir da análise multivariada, foram mantidos no modelo final de associação com a depressão: o controle sobre o trabalho executado (OR=0,95; IC 95%=0,89-1,00)), o apoio social (OR=0,85, IC 95%=0,80-0,90), a ansiedade (OR=5,97; IC 95%=4,14-8,60) e os problemas autorreferidos por uso de álcool (OR=2,76; IC 95%=1,51-5,04). Conclusão: A ansiedade e os problemas autorreferidos por uso de álcool apresentaram-se como fator de risco para a depressão. O controle sobre o trabalho exercido e o apoio social apresentaram-se como fatores de proteção para a sintomatologia depressiva entre os trabalhadores investigados
Título em inglês
Depression, stress and anxiety: a focus on the worker's mental health
Palavras-chave em inglês
Anxiety
Depression
Mental health
Stress
Resumo em inglês
Depression, stress and anxiety are common conditions in the employment context and coexist in the same individual, creating relationships that need better understanding. Objectives: To identify the association between depressive symptoms and sociodemographic variables, job characteristics, exposure to occupational stress and mental health conditions among workers at a public university in the state of São Paulo. Method: epidemiological, descriptive, exploratory, cross-sectional study with a sample of 925 individuals. The instruments for data collection were: Questionnaire of sociodemographic data (QSD), Job Stress Scale (JSS), Beck Anxiety Inventory (BAI), Beck Depression Inventory (BDI) and the Alcohol Use Disorders Identification Test (AUDIT). Data were submitted to descriptive and analytical statistics. Results: The sample was composed of a majority of women (54.9%), aged 40-49 years (40.5%), with higher education (51.0%); practice a religion with 93,6%; married (66.4%), with children (69.0%); exercising technical function (52.9%), time working in the institution up to 10 years (45.9%). Were highly exposed to occupational stress 18.7% of the sample, 13.2% had problematic alcohol use, 6.6% reported alcohol use problems. In bivariate analysis the chances of occurrence of depression were significant for the variables: psychological demands at work, job control, social support at work, anxiety and self-reported problem for alcohol use. These variables were included in the multivariate analysis model along with those with p <0.20, including high exposure to occupational stress (p=0.195) and problematic alcohol use (p=0.055). From the multivariate analysis, remained in the final model of association with depression: control over the work performed (OR=0.95, CI 95%=0.89-1.00), social support (OR=0.85, CI 95% = 0.80-0.90), anxiety (OR=5.97, CI 95%=4.14-8.60) and problems self-reported alcohol use (OR=2.76, CI 95%=1.51 to 5.04). Conclusion: The self-reported problems by the use of alcohol and anxiety showed to be risk factors for depression. The job control and social support had performed as protective factors for depressive symptoms among the investigated workers. Descriptors: Stress, anxiety, depression, mental health
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
REJANESALOMAOGAVIN.pdf (564.99 Kbytes)
Data de Publicação
2014-01-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.