• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.22.2020.tde-19112019-194200
Documento
Autor
Nome completo
Maria Neyrian de Fátima Fernandes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Donato, Edilaine Cristina da Silva Gherardi (Presidente)
Ciol, Márcia Aparecida
Noto, Ana Regina
Oliveira, Aline Marcadenti de
Título em português
Tradução, adaptação transcultural e validação da Langer Mindfulness Scale de avaliação de Mindfulness
Palavras-chave em português
Escala Mindfulness de Langer
Estudos de validação
Mindfulness
Psicometria
Resumo em português
A desconexão com o mundo real é um dos muitos desafios a serem enfrentados para alcançarmos a convivência harmônica com os mundos exterior e interior. É nesse contexto social da atualidade que a atenção plena, também conhecida como mindfulness, vem conquistando espaço. Mindfulness é uma habilidade metacognitiva que pode ser desenvolvida com a prática. Na perspectiva conceitual do mindfulness da psicóloga Ellen Langer, o cultivo da atenção plena tem o intuito de promover a melhoria da eficácia pessoal diante das situações do cotidiano por meio de estratégias da psicologia positiva. A maioria dos intrumentos desenvolvidos para avaliar as intervenções baseadas em mindfulness e mensurar os níveis de mindfulness na população seguem as tradições orientais onde a meditação ocupa uma posição importante. Para preencher a lacuna de instrumentos com foco na cultura ocidental, foi elaborada a Langer Mindfulness Scale (LMS), composta por 21 itens divididos em quatro subescalas que avaliam o mindfulness de forma não meditativa. Dessa forma, o objetivo geral deste estudo foi o de realizar a tradução e adaptação cultural, e validar e testar as propriedades psicométricas de construto da escala LMS para o português do Brasil. Tratase de um estudo metodológico cujo processo envolveu duas fases: (1) processo de adaptação cultural e (2) avaliação das propriedades psicométricas do LMS. O processo de adaptação cultural da escala pautou-se em seis estágios sequenciais: tradução, fusão da tradução, retrotradução, comitê de juízes, pré-teste e envio da escala para avaliação dos autores do instrumento original. Os dados coletados foram analisados por meio da versão 25 do SPSS e do software R através da interface RStudio. As propriedades psicométricas foram avaliadas em uma amostra auto-selecionada de 543 pessoas da população geral. Foram analisados os padrões de correlação dos dados, a análise fatorial exploratória, análise fatorial confirmatória, a confiabilidade, a validade de construto convergente e discriminante e a comparação entre grupos distintos. Os resultados mostraram que dos participantes, 74,6% eram do sexo feminino, a idade variou entre 18 e 70 anos, com média de 36,4. A maioria (72%) dos participantes possuía pós-graduação, a profissão predominante foi professor (23%), seguido de enfermeiros (22,7%), servidores públicos (22,7%) e estudantes (6,8%), com os demais (24,8%) distribuídos em uma variedade de profissões, desde diarista até magistratura federal. A análise fatorial confirmatória revelou que o modelo com 19 questões apresentou um ajustamento bom e uma melhora no alpha de Cronbach da subescala envolvimento da LMS quando comparado com o modelo original de 21 itens. A partir dos achados deste estudo, chegamos à conclusão que a versão brasileira da LMS composta por 19 itens confirma as quatro dimensões da versão original e apresentou boas propriedades psicométricas no contexto cultural da população brasileira. Os resultados mostram que existe uma relação positiva entre mindfulness de acordo com a teoria de Langer, a qualidade de vida e o cultivo de atividades criativas
Título em inglês
Translation, cross-cultural adaptation and validation of the Langer Mindfulness Scale assessment
Palavras-chave em inglês
Langer Mindfulness Scale
Mindfulness
Psychometrics
Validation studies
Resumo em inglês
Disconnection from the real world is one of the many challenges to be faced to achieve harmonious coexistence between the inner and the outer world. It is in the current social context that mindfulness has been a topic of extensive popularity. Mindfulness is a metacognitive skill that can develop with practice. In the conceptual perspective of the mindfulness psychologist Ellen Langer, the cultivation of mindfulness aims to promote the improvement of personal efficacy in the face of daily situations through strategies of positive psychology. Most of the instruments developed to evaluate mindfulness-based interventions and to measure the levels of mindfulness in the population follow the Eastern traditions where meditation plays a more prominent role. The Langer Mindfulness Scale was developed to fill the gap of instruments focused on the Western culture, with 21 items divided into four subscales that evaluate mindfulness in a non-meditative way. Thus, the general objective is to perform the translation and cross-culturally adaptation to validate and test the psychometric properties of the LMS construct for Brazilian Portuguese. It is a methodological study whose process involved two phases: (1) cultural adaptation process and (2) evaluation of the psychometric properties of LMS. The cultural adaptation process of the scale followed six sequential stages: translation, translation synthesis, back-translation, a committee of judges, pre-test, and sending the scale for evaluation to the LMS developers. The collected data were analyzed through SPSS version 25 and R software through the RStudio interface. The psychometric properties were evaluated in a self-selected sample of 543 people from the general population. Data correlation patterns, exploratory factorial analysis, confirmatory factorial analysis, reliability, convergent and discriminant construct validity, and comparison between distinct groups were analyzed. The results showed that 74.6% of the participants were female, the age ranged from 18 to 70 years, with an average of 36.4. The majority (72%) of the participants had a postgraduate degree, the predominant profession was teacher (23%), followed by nurses (22.7%), public servants (22.7%) and students (6.8%), with the others (24.8%) distributed in a variety of professions, from cleaners to federal judge. Confirmatory factor analysis revealed that the 19-item model presented a good fit and an improvement in Cronbach's alpha of the engagement subscale when compared to the original LMS 21-item model. From the findings, we conclude that the Brazilian version of the LMS with 19 items confirms the four dimensions of the original version and indicated good psychometric properties in the cultural context of the Brazilian population. The results showed that there is a positive relationship among mindfulness, according to Langer's theory, the quality of life, and the cultivation of creative activities
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-01-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.