• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2017.tde-05042017-155857
Documento
Autor
Nome completo
Ana Claudia Mesquita
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2016
Orientador
Banca examinadora
Carvalho, Emília Campos de (Presidente)
Alves, Maria da Graça Pereira
Chaves, Erika de Cássia Lopes
Eduardo, Aline Helena Appoloni
Elias, Paula Conde Lamparelli
Título em português
A influência da escuta terapêutica sobre a ansiedade e os medos relacionados à cirurgia em pacientes no pré-operatório de cirurgia colorretal: um ensaio clínico aleatorizado
Palavras-chave em português
Ansiedade
Câncer colorretal
Enfermagem perioperatória
Ensaio clínico
Medos relacionados à cirurgia
Resumo em português
O objetivo do estudo foi avaliar o efeito da escuta terapêutica na ansiedade pré-operatória e nos medos relacionados à cirurgia em pacientes hospitalizados para tratamento cirúrgico de câncer colorretal. Tratou-se de um ensaio clínico aleatorizado realizado em um hospital geral. Os participantes foram aleatorizados em dois grupos: experimental (GE) (n=25) e controle (GC) (n=25). No GE era realizada a escuta terapêutica, de modo que os pacientes tinham 30 minutos para falar com a pesquisadora sobre sua experiência com a hospitalização para o tratamento da doença. No GC os pacientes eram informados que teriam alguns dados coletados, em seguida a pesquisadora se ausentaria por 30 minutos e que, após este intervalo, a mesma retornaria para a conclusão da pesquisa. As variáveis dependentes (alfa-amilase, cortisol, frequência de pulso, frequência respiratória, pressão arterial, ansiedade estado e medos relacionados à cirurgia) foram coletadas antes e após a realização da intervenção no GE e antes e após o intervalo supracitado no GC. Na comparação das variáveis dependentes no GE em relação ao GC no momento pós-intervenção, não foram identificadas diferenças significativas para nenhuma das variáveis estudadas. Na comparação das variáveis no GE e GC nos momentos pré e pós-intervenção, constatou-se diferenças significativas apenas entre os momentos no GC para as variáveis cortisol (Z=-2,023; p=0,043), frequência de pulso (FP) (Z=-2,121; p=0,034) e medos relacionados à cirurgia (Z=-2,171; p=0,030), com redução dos valores destas variáveis. Na relação entre as variáveis estudadas obteve-se significância entre a ansiedade estado e as variáveis cortisol, idade, escolaridade e religião; os medos relacionados à cirurgia foram relacionados ao sexo, tempo de confirmação do diagnóstico de câncer colorretal, nível de escolaridade, cortisol, estado civil e à pressão arterial diastólica. Apenas a variável renda familiar mensal apresentou diferença significativa em suas distribuições no GE e no GC, no entanto, esta não teve influência sobre as variáveis dependentes. A maioria dos pacientes referiu satisfação quanto ao desenvolvimento da intervenção. Conclui-se que, no momento pré-operatório, nas condições investigadas neste estudo, os dados evidenciaram que a mensuração das variáveis imediatamente após a intervenção de escuta terapêutica de 30 minutos não evidenciou a redução esperada dos valores das variáveis estudadas; estudos com medidas dessas variáveis após um tempo para o paciente processar os efeitos da intervenção poderão confirmar se a mensuração imediata ou uma hora após a intervenção, por exemplo, conduziria a resultados distintos. Contudo, houve redução dos valores de cortisol, frequência de pulso e medos relacionados à cirurgia nos participantes do GC, o que pode ser atribuído ao contato da pesquisadora com tais participantes durante os momentos de coleta de dados
Título em inglês
The influence of therapeutic listening on anxiety and fears related to surgery in patients in the preoperative to colorectal surgery: randomized clinical trial
Palavras-chave em inglês
Anxiety
Clinical trial
Colorectal cancer
Fears related to surgery
Perioperative nursing
Resumo em inglês
The aim of the study was to evaluate the effect of therapeutic listening on preoperative anxiety and fears related to surgery in patients hospitalized for surgical treatment of colorectal cancer. This is a randomized clinical trial conducted in a general hospital. Participants were randomized in two groups: experimental (n=25) and control (n=25). In the experimental group was performed therapeutic listening. The patients had thirty minutes to talk to the researcher about their experience with hospitalization for the treatment of disease. In the control group patients were informed that they would have some data collected, then the researcher would be gone for thirty minutes and after this range, she would return to complete the research. The dependent variables (alpha-amylase, cortisol, pulse rate, respiratory rate, blood pressure, anxiety state and fears related to surgery) were collected before and after the intervention in experimental group and before and after the break in control group. In comparing the dependent variables in the experimental group compared to the control group in the post-intervention time, no significant differences were identified for any of the variables studied. In comparing the variables in the experimental group and the control group in the pre and post-intervention, there was significant differences only between times in the control group for cortisol (Z=-2,023; p=0,043), pulse rate (Z= -2,121; p=0,034) and fears related to surgery (Z= -2,171; p=0,030), with reduced of these variables. In the relationship between the studied variables, there was a significant difference between state anxiety and the variables cortisol, age, education level and religion; the fears related to the surgery were related to sex, time of confirmation of the diagnosis of colorectal cancer, education level, cortisol, marital status and diastolic blood pressure. Only the variable monthly income showed a significant difference in their distributions in the experimental group and the control group, however, this had no influence on the dependent variables. Most patients report satisfaction with the development of the intervention. It was concluded that, in the preoperative period, under the conditions investigated in this study, the data showed that the measurement of the variables immediately after the intervention of 30 minutes of therapeutic listening did not show the expected reduction of the values of the studied variables; Studies with measures of these variables after a time for the patient to process the effects of the intervention could confirm whether the immediate measurement or one hour after the intervention, for example, would lead to different results. However, there was reduction of cortisol levels, pulse rate and fears related to surgery in the control group, which can be attributed to contact the researcher with these participants during times of data collection
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-07-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.