• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2016.tde-07032016-210705
Documento
Autor
Nome completo
Nilce Mara da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2015
Orientador
Banca examinadora
Chaves, Lucieli Dias Pedreschi (Presidente)
Camelo, Sílvia Helena Henriques
Mininel, Vivian Aline
Título em português
Aspectos facilitadores e dificultadores do trabalho do enfermeiro em cargos gerenciais em hospital
Palavras-chave em português
Enfermagem
Gestão hospitalar
Hospital público
Organização e administração
Serviços de emergência
Resumo em português
A nova configuração do papel dos hospitais, na perspectiva da construção de redes de atenção à saúde, tem implicações para o trabalho do enfermeiro com cargo gerencial no tocante às suas ações/decisões administrativas, assistenciais e de ensino. Nesse sentido, este estudo teve o objetivo de identificar os aspectos facilitadores e dificultadores do trabalho do enfermeiro em cargos gerenciais, em um hospital público, de urgência, do interior paulista. Para tanto, foi realizado um estudo descritivo de abordagem quantitativa de dados qualitativos, utilizando a Técnica do Incidente Crítico, para o levantamento das percepções e atitudes em relação ao objeto de investigação. O estudo foi desenvolvido em uma instituição hospitalar de ensino, pública, de nível terciário, situada no nordeste do Estado de São Paulo, Brasil. Participaram 15 enfermeiros em cargos gerenciais que atuavam no referido cargo há pelo menos um ano, sendo excluídos aqueles que se encontravam ausentes do local de trabalho à época da coleta dos dados, em decorrência de afastamentos legais ou por não ter sido possível realizar a entrevista após cinco agendamentos cancelados. A coleta dos dados ocorreu por meio de entrevista semiestruturada individual. Foram relatados incidentes críticos, que se constituíram em 42 situações, das quais 33,3% foram positivas e 66,7% negativas; repercutindo em 57 comportamentos, sendo 84,2% positivos e 15,8% negativos e 74 consequências, sendo 41,9% positivas e 58,1% negativas. Os dados da análise de conteúdo foram agrupados por similaridade de conteúdo. Consideram-se aspectos facilitadores situação/comportamento/consequência com referências predominantemente positivas, as categorias, a saber: interação: equipe, paciente, família; gerenciar a unidade de trabalho; questionar a implantação do Grupo Gestor e comunicar-se. Em contrapartida, foram considerados aspectos dificultadores situação/comportamento/consequência com referências predominantemente negativas, as categorias: estrutura organizacional; gestão de infraestrutura e gestão de pessoas. Cabe destacar que esses resultados podem subsidiar o trabalho do enfermeiro em cargo gerencial e, também, dos próprios gestores do hospital, uma vez que os aspectos dificultadores do trabalho do enfermeiro em cargo gerencial dizem respeito, em sua maioria, a questões de pouca governabilidade para esse profissional. Assim, evidencia-se a necessidade de maior aproximação dos gestores e enfermeiros com cargo gerencial, a fim de, juntos, solucionarem questões que favoreçam o processo de cuidar e de coordenar o trabalho. É inegável a clareza que os participantes trouxeram sobre sua responsabilidade profissional, visto que, embora os incidentes tenham tido referências predominantemente negativas, os comportamentos apresentados tiveram referências predominantemente positivas, evidenciando os esforços que esses profissionais despendem para superar as dificuldades vivenciadas e a importância considerada em poder compartilhar decisões e ações a serem realizadas
Título em inglês
Facilitating and hindering aspects of the work of nurses in hospital management positions
Palavras-chave em inglês
Emergency service
Hospital administration
Hospitals public
Nursing
Organization and administration
Resumo em inglês
The new configuration of the role of hospitals, with a view to building health care networks, has implications for the work of nurses in management positions in relation to their administrative, helth care and teaching actions/decisions. This study aimed to identify the facilitating and hindering aspects of the work of nurses in management positions in a public emergency hospital in the interior of the state of São Paulo. A descriptive study with quantitative approach of the qualitative data was performed, using the Critical Incident Technique, to survey the perceptions and attitudes in relation to the researched object. The study was developed in a public tertiary-level teaching hospital, located in the northeast region of São Paulo state, Brazil. In total, 15 nurses in management positions, who worked in the function for at least one year, participated, excluding those who were absent from the workplace at the time of data collection as a result of legal absences or because it was not possible to conduct the interview after five appointments canceled. Data collection was performed through individual semi-structured interview. Critical incidents consisting of 42 cases were reported, of which 33.3% were positive and 66.7% negative, culminating in 57 behaviors, of which 84.2% positive and 15.8% negative, and 74 consequences, 41.9% positive and 58.1% negative. Content analysis data were grouped by similarity of content. Situation, behavior and consequence with predominantly positive references were considered as facilitating aspects, with the following categories: interaction- team, patient, family; to manage the work unit; to question the implementation of the Management Group and to communicate. On the other hand, situation, behavior and consequence with predominantly negative references were considered hindering aspects, with the following categories: organizational structure; infrastructure management and personnel management. It is highligted that these results may support the work of nurses in management positions as well as hospital managers, once the hindering aspects of the work of nurses in management positions are related mostly to issues of poor governance to this professional. Thus, the study evidences the need for closer alignment of managers and nurses with management position, in order to commonly solve issues that favor the care process and work coordination. It is undeniable the clarity that participants have about their professional liability, since although the incidents have had predominantly negative references, behaviors presented had mainly positive references, showing the efforts that these professionals expend to overcome the difficulties experienced and the importance considered in sharing decisions and actions to be taken
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
NILCEMARADASILVA.pdf (1.23 Mbytes)
Data de Publicação
2016-03-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.