• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2009.tde-07102009-144258
Documento
Autor
Nome completo
Renato Ohara
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2009
Orientador
Banca examinadora
Melo, Marcia Regina Antonietto da Costa (Presidente)
Beccaria, Lúcia Marinilza
Laus, Ana Maria
Título em português
Caracterização do perfil assistencial dos pacientes adultos de um pronto-socorro
Palavras-chave em português
Classificação de pacientes
Dimensionamento de pessoal
Equipe de enfermagem.
Pronto-socorro
Resumo em português
O pronto socorro é uma unidade do hospital destinada à assistência a pacientes externos com ou sem risco de morte, que necessitam de atendimento imediato, cujo funcionamento se dá nas 24 horas do dia sendo fundamental a determinação do número necessário de profissionais de enfermagem para prestar assistência com qualidade satisfatória, pois a falta de profissionais de enfermagem com diferentes níveis de formação e a sobrecarga de trabalho aumentam o risco de ocorrência de falhas com prejuízo da qualidade na assistência ao paciente. Os instrumentos de classificação de pacientes são utilizados pela enfermagem em qualquer unidade assistencial e estabelecem as características da população assistida de acordo com a necessidade de cuidados requerida, sendo indispensável para a determinação das necessidades de pessoal e alocação quantitativa e qualitativa dos mesmos. Com o objetivo de caracterizar o perfil assistencial dos pacientes adultos durante a internação no pronto-socorro como um dos subsídios para o dimensionamento do pessoal de enfermagem desenvolveu-se uma pesquisa exploratória no método do estudo de caso, em um pronto-socorro, clínico e cirúrgico, de um hospital geral, público estadual que possui 24 leitos de observação e dez leitos na unidade de atendimento de emergências, localizado no extremo leste do município de São Paulo que trabalha com demanda espontânea do usuário. Os sujeitos da pesquisa foram os pacientes adultos internados na unidade de emergência e nas salas de observação durante o mês de janeiro de 2009, os dados foram coletados por meio da aplicação do instrumento de classificação de pacientes de Fugulin (2002) que avalia nove áreas de cuidado (Estado mental, Oxigenação, Sinais Vitais, Motilidade, Deambulação, Alimentação, Cuidado Corporal, Eliminação e Terapêutica). Foram realizadas 1.228 avaliações, sendo verificados 91 pacientes na categoria de cuidados intensivos, 75 na categoria de cuidados semi-intensivos, 245 com alta dependência para assistência de enfermagem, 272 com complexidade assistencial intermediária e 545 com a mínima. Houve a constatação de muitos pacientes da psiquiatria internados no pronto-socorro a espera de vagas para internação na unidade especializada requerendo da equipe de enfermagem uma assistência diferenciada para a manutenção da integridade física desses pacientes. Verificou-se por meio do número médio mensal de atendimentos realizados que a maioria dos usuários do pronto-socorro não necessitava de internação mas foram atraídos para esse serviço em busca de consultas de rotina acabando por sobrecarregar a equipe multiprofissional que atua nessa unidade que apresentou uma taxa de ocupação média acima da previsão dos leitos oficiais disponíveis tornando a planta física inadequada para pacientes e profissionais devido às internações em macas pelos corredores, reflexo da falta de um serviço de regulação.
Título em inglês
Characterization of the care profile of adult patients of an emergency medical service
Palavras-chave em inglês
Emergency medical service
Nursing staff.
Patient classification
Personnel dimensioning
Resumo em inglês
The emergency medical service is the hospital ward designated to outpatient care with or without death risk for those who need immediate care, whose attendance is 24 hours a day, being essential the determination of a required number of nursing professionals for delivering satisfactory quality care, since the lack of nursing professionals with different levels of background and work overload increase the risk of errors, impairing the quality of patient care. The instruments of patient classification are used by nursing in any care ward and set up the characteristics of the population assisted, according to the need of care required, being vital for determining the personnel needs and its quantitative and qualitative allocation. Aiming to characterize the adult patient care profile throughout the admission at the emergency medical service, as a support for nursing personnel dimensioning, it was developed an exploratory research in a study of case method, at a clinic and surgical emergency room of a general, public state hospital that holds 24 observation beds and 10 beds at the emergency attendance ward, located at the extreme east of São Paulo city and which works with spontaneous demand of users. The subjects of research were adult patients admitted at the emergency ward and the observation rooms throughout the month of January, 2009. Data was collected through the application of an instrument of patient classification by Fugulin (2002), which evaluates nine care areas (Mental Status, Oxygenation, Vital Signs, Motility, walking, Feeding, Body Care, Elimination and Therapeutics). It was made 1228 evaluations, in which 91 patients in the intensive care category were verified, 75 in the semiintensive care, 245 with high dependence of nursing care, 272 with intermediate care complexity and 545 with minimal one. There was the evidence of many psychiatric patients admitted in the emergency room waiting for a vacancy in the specialized ward requiring from the nursing staff special care for keeping the physical integrity of those patients. It was verified by the monthly average number of attendance that most emergency room users didnt need admission, but they were attracted to this service in search for routine appointments, leading to overload the multi-professional team that works in this ward, which presented an average occupancy rate above the prediction of official beds available, making the physical space inadequate for patients and professionals, due to the admissions in beds spread in corridors, result of lack of service control.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
RenatoOhara.pdf (396.61 Kbytes)
Data de Publicação
2009-10-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.