• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2007.tde-14112007-151238
Documento
Autor
Nome completo
Rita de Cássia de Marchi Barcellos Dalri
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2007
Orientador
Banca examinadora
Robazzi, Maria Lucia do Carmo Cruz (Presidente)
Marziale, Maria Helena Palucci
Mauro, Maria Yvone Chaves
Título em português
Riscos ocupacionais entre trabalhadores de enfermagem de unidades de pronto atendimento em Uberaba - MG
Palavras-chave em português
Acidentes de trabalho
Enfermagem em emergência
Equipe de enfermagem
Riscos ocupacionais
Saúde do trabalhador
Trabalho
Resumo em português
O presente estudo focaliza os Riscos Ocupacionais (RO) do trabalho de enfermagem em unidades de Pronto Atendimento (PA) e os problemas de saúde apresentados pelos trabalhadores que ali atuam. O objetivo geral foi caracterizar os riscos ocupacionais existentes neste ambiente de trabalho. A pesquisa foi descritiva com análise quantitativa dos dados, realizada em duas unidades de PA da Secretaria Municipal de Saúde de Uberaba - MG, utilizando-se um instrumento do tipo questionário semi-estruturado. Tornaram-se sujeitos deste estudo 64 trabalhadores entre Enfermeiros, Técnicos e Auxiliares de Enfermagem, correspondendo a 55,17% dos trabalhadores de enfermagem, que atuam nestes locais. Os resultados demonstraram que a maioria dos sujeitos (84.4%) é do sexo feminino, com faixa etária entre 20 e 59 anos, casados (46.9%), apresentando a média de dois filhos. Predominam os auxiliares de enfermagem (70.3%), concursados (78.1%), com carga horária semanal variando de 44 a 136 horas. Os problemas de saúde mais evidenciados foram as algias (39.64%); as lesões causadas por materiais perfurocortantes predominaram (47.62%) entre os acidentes de trabalho ocorridos. Dentre os riscos ocupacionais, os psicossociais foram os mais manifestados (49.83%). A maioria dos trabalhadores de enfermagem que atuam nesses PA trabalha em dois ou mais turnos por dia, sendo, no mesmo local, ou em diferentes locais e este fato pode ser agravante para o surgimento dos problemas de saúde e acidentes de trabalho citados por eles. O ambiente de trabalho nessas unidades de PA é evidentemente estressante, o que justifica os Riscos Ocupacionais e as alterações de saúde encontradas. Medidas preventivas devem ser tomadas para minimizar os problemas encontrados.
Título em inglês
Occupational hazards among nursing professionals from primary care units in Uberaba - MG,
Palavras-chave em inglês
Emergency nursing
Nursing team
Occupational hazards
Occupational health
Work
Work accidents
Resumo em inglês
This study is concerned with nursing occupational hazards in primary care units, and the related health problems shown by those professionals working there. The overall objective was to characterize the occupational hazards existing in this working environment. The presented study is a descriptive one, with data quantitative analysis, and was carried out at two local units in Uberaba Town, MG, Brazil, using as instrument a semi-structured questionnaire. A total of 64 professionals were used as subjects for the analysis, including nurses and nursing assistants, which correspond to 55.17% of the nursing professionals in those units. The results have shown that 84.4% of the subjects are women, aged between 20 and 59 years, married (46.9%) with two children on average. Most of them are nursing assistants (70.3%), holding permanent job positions, working between 44 and 136 hours a week. The most common health problems reported are pains (39.64%), while wounds caused by sharp objects were cited as the most common work accident (47.62%). Psychosocial situations were quoted as the main occupational hazard (49.83%). Most of the nursing professionals working in those units work two or more shifts a day, either in the same or different places. This may be a worsening condition for the arising of the health problems and work accidents reported by them. Thus, it can be concluded that the working environment in those primary care units is clearly stressing, which explains the occupational hazards and health problems that have been found. Preventive measures must be taken in order to minimize those problems.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-11-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.