• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2013.tde-16012014-162334
Documento
Autor
Nome completo
Cleide Rejane Damaso de Araujo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2013
Orientador
Banca examinadora
Marques, Sueli (Presidente)
Dantas, Rosana Aparecida Spadoti
Fernandes, Maria das Graças Melo
Rodrigues, Rosalina Aparecida Partezani
Santos, Jair Licio Ferreira
Título em português
Sobreposição no aprazamento de medicamentos para idosos cardiopatas hospitalizados
Palavras-chave em português
Doenças Cardiovasculares
Enfermagem
Hospitalização
Idoso
Interações de Medicamentos
Resumo em português
O crescimento do número de idosos na população é uma tendência mundial. Paralelamente a este fenômeno, surge a prevalência das doenças crônicas, dentre elas as Doenças Cardiovasculares (DCVs) que, muitas vezes, requerem internações hospitalares e tratamentos com múltiplos fármacos. A associação de vários fármacos pode acarretar eventos adversos como as interações medicamentosas (IM) que comprometem a eficácia do tratamento e a segurança do paciente. Uma medida que pode evitar algumas das IMs é o ajuste nos horários de administração dos medicamentos, realizado pelo enfermeiro no aprazamento dos horários, evitando a sobreposição de fármacos. Assim, objetivou-se analisar a ocorrência de sobreposições de medicamentos e de IMs potenciais, durante a internação de idosos com DCVs, na clínica médica, em enfermarias da especialidade cardiologia de um Hospital Universitário, do Estado da Paraíba, nos anos de 2010 e 2011. Trata-se de um estudo não experimental, retrospectivo, exploratório e realizado a partir da análise de dados de natureza secundária contidos nos prontuários dos idosos. A coleta de dados foi realizada no período de junho a agosto de 2012. Foram estudados 135 idosos com diagnóstico de DCV, com média de idade de 71,6 anos para as mulheres e 70,7 para os homens, sendo 65% do sexo masculino. A média de dias de internação foi de 15,3 dias (dp=11,7). Em relação ao diagnóstico médico de DCV, 55,6% possuíam hipertensão arterial sistêmica e 40,8%, insuficiência cardíaca. Quanto ao diagnóstico de doenças não cardiovasculares, 42,2% possuíam diabetes mellitus e 23,0%, alguma doença pulmonar. A média de medicamentos prescritos foi de 14,8 (dp=5,8), sendo 59,4% de medicamentos não cardiovasculares e 40,6% de cardiovasculares; houve 59,7% de sobreposições de medicamentos cardiovasculares administrados com outros não cardiovasculares. Quanto aos horários de maiores sobreposições, 39,4% (média 10,3 e dp= 4,9) delas ocorreram no horário das 6 horas e 21,2% (média 5,6 e dp=3,6), no horário das 18 horas. Com relação às IMs, identificaram-se 143 pares de medicamentos com potenciais para interação entre os medicamentos cardiovasculares prescritos, 273 pares entre os medicamentos não cardiovasculares prescritos e 320 pares entre os medicamentos cardiovasculares prescritos e os não cardiovasculares prescritos. O número de sobreposições e o índice de IMs evidenciados neste estudo chamam a atenção para a necessidade de investimentos na capacitação dos profissionais da saúde, envolvidos neste processo, para o monitoramento mais efetivo da terapêutica medicamentosa, pois, mesmo que os idosos não apresentem reações adversas relacionadas às interações, o risco existirá, podendo comprometer sua segurança
Título em inglês
Overlapping in drug scheduling in hospitalized elderly heart patients
Palavras-chave em inglês
Aged. Nursing
Cardiovascular Diseases
Drug Interactions
Hospitalization
Resumo em inglês
The increasing number of elderly people in the population is a global trend. The prevalence of chronic illnesses appears in parallel with this phenomenon, including cardiovascular diseases (CVD), which often demand hospitalizations and treatments that involve multiple drugs. The association of different drugs can cause adverse events, such as drug interactions (DI), which compromise the effectiveness of treatment and patient safety. One measure that can avoid some of the DIs is the adjustment in the drug administration times, which nurses perform in drug scheduling to avoid drug overlapping. Hence, the objective was to analyze the occurrence of drug overlapping and potential DIs during the hospitalization of elderly patients with CVDs in the medical clinical area, at specialized cardiology wards of a University Hospital in the state of Paraíba, Brazil, in 2010 and 2011. A non-experimental, retrospective and exploratory study was undertaken, based on the analysis of secondary data in the elderly patients' histories. The data were collected between June and August 2012. In total, 135 elderly diagnosed with CVD were studied, with a mean age of 71.6 years for women and 70.7 for men; 65% male. The mean number of hospitalization days was 15.3 (sd=11.7). As regards the medical diagnosis of CVD, 55.6% suffered from systemic arterial hypertension and 40.8% from heart failure. Regarding the diagnosis of non-cardiovascular diseases, 42.2% suffered from diabetes mellitus and 23.0% from a pulmonary disease. The mean number of prescribed drugs was 14.8 (sd=5.8), including 59.4% of non-cardiovascular and 40.6% of cardiovascular drugs; 59.7% of overlapping was found between cardiovascular drugs that were administered with other non-cardiovascular drugs. As regards the most overlapping time, 39.4% (mean 10.3 and sd=4.9) happened at 06h00 and 21.2% (mean 5.6 and sd=3.6) at 18h00. Concerning the DIs, 143 drug pairs with potential interaction between prescribed cardiovascular drugs were identified, as well as 273 pairs between prescribed non-cardiovascular drugs and 320 pairs between prescribed cardiovascular and non-cardiovascular drugs. The number of overlaps and the DI index evidenced in this study highlight the need for investments in the training of the health professionals involved in this process, with a view to the more effective monitoring of the medication treatment as, even if the elderly do not suffer from adverse reactions related to the interactions, the risk exists and can jeopardize their safety
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-01-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.