• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2010.tde-16112010-100753
Documento
Autor
Nome completo
Jefferson Thiago Gonela
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2010
Orientador
Banca examinadora
Zanetti, Maria Lucia (Presidente)
Damasceno, Marta Maria Coelho
Teixeira, Carla Regina de Souza
Título em português
Nível de atividade física em pessoas com diabetes mellitus tipo 2
Palavras-chave em português
Atividade motora
Diabetes Mellitus Tipo 2
Exercício
Resumo em português
A atividade física é considerada um dos pilares no tratamento do diabetes mellitus. Nesta direção, para a prescrição da atividade física recomenda-se conhecer o nível de atividade física do usuário com diabetes mellitus, com vistas aos benefícios à saúde. Estudo transversal, realizado em uma Unidade Básica Distrital de Saúde, em uma cidade do interior do estado de São Paulo, em 2009. O objetivo foi analisar o nível de atividade física dos usuários com diabetes mellitus tipo 2, segundo o Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ). A amostra foi constituída por 134 usuários com diabetes mellitus tipo 2, no período de maio a agosto de 2009. Para a coleta de dados, foram utilizados um formulário contendo as variáveis demográficas e clínicas e o questionário referente ao IPAQ. Para a análise, utilizaram-se a estatística descritiva e os testes de ANOVA e Qui-quadrado. Para calculo do nível de atividade física foi utilizado o Guidelines for Data Processing and Analysis of the International Physical Activity Questionnaire (IPAQ)- Short and Long Forms (2005). Os resultados mostraram que a média de idade dos sujeitos foi de 63,5 (±10,3) anos, tempo de diagnóstico de 11,7 (±7,9) anos. Quanto ao nível de atividade física 11,9% são sedentários, 50% e 17,9% são ativos e muito ativos, respectivamente. Constatou-se que 56% não realizam qualquer tipo de atividade física no período de lazer. Houve uma correlação inversa entre o nível de atividade física e a idade. A média de tempo gasto na posição sentada foi superior a cinco horas ao dia. No entanto, o tempo gasto nessa posição apresenta inversa correlação com o nível de atividade física dos sujeitos. Isso sugere que a orientação adequada de atividade física poderia diminuir o tempo gasto na posição sentada e promover um estilo de vida mais saudável em relação à atividade física. Obteve-se que a realização de atividade física no período de lazer não atinge nem a metade dos sujeitos do estudo e que, apenas, 20,1% atingem os níveis de atividade física recomendados para obtenção de benefícios à saúde. Recomenda-se a necessidade de implantação de um grupo de educação em diabetes para o melhor gerenciamento da doença destacando-se a atividade física.
Título em inglês
Physical activity's level in people with diabetes mellitus type 2
Palavras-chave em inglês
Diabetes Mellitus Type 2
Exercise
Motor Activity
Resumo em inglês
Physical activity is considered one of the treatment pillars of diabetes mellitus. This way it is recommended that the professional recognizes the physical activity´s level of the people with diabetes mellitus for the prescription of physical activity aiming benefits in health. It's a cross-sectional study done in 2009 in a Basic District Health Unit in one city of São Paulo state. The objective was to analyze the level of physical activity from people with diabetes mellitus type 2 according to the International Physical Activity Questionnaire (IPAQ). The sample was composed by 134 subjects with diabetes mellitus type 2 from May through August, 2009. For the sampling frame was used a questionnaire with clinical and demographic variables and the International Physical Activity Questionnaire (IPAQ). Statistical analysis used descriptive statistic, the ANOVA test and the chi-square test. To calculate the level of physical activity it was used the Guidelines for Data Processing and Analysis of the International Physical Activity Questionnaire (IPAQ) - Short and Long Forms (2005). Results showed that the average age of the subjects were among 63,5 years (± 10,3); time of the diagnosis 11,7 years (±7,9). Related to the level of physical activity 11,9% were sedentary, 50% and 17,9% were physically active and very physically active, respectively. Fifty-six per cent (56%) of the subjects didn't exercise in any type of physical activity in their leisure time. There were an inverse correlation between the level of physical activity and the age. The median time spent seated was higher than 5 hours per day. However, the time spent on this position showed an inverse correlation with the level of the subjects' physical activity. It suggests that the right advice of physical activity might diminish the time spent on seated position and promote a healthier way of life related to physical activity. Results showed that the practice of physical activity during leisure time didn't reach even half of the subjects of the study and that only 20,1% reached the levels of physical activity recommended for obtaining health benefits. It's recommended the needy to create a diabetes educational group for a better control of this chronic condition giving emphasis to the physical activity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-11-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.