• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2009.tde-18082009-130933
Documento
Autor
Nome completo
Anelise Faloni Siman Barbieri
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2009
Orientador
Banca examinadora
Zanetti, Maria Lucia (Presidente)
Pace, Ana Emilia
Sartorelli, Daniela Saes
Título em português
Estimativa do tamanho da porção alimentar de indivíduos com diabetes mellitus tipo 2 utilizando o álbum fotográfico
Palavras-chave em português
Consumo de alimentos
Diabetes mellitus
Inquéritos alimentares
Nutrição
Resumo em português
Trata-se de um estudo transversal, realizado em uma instituição de saúde, em uma cidade do interior de São Paulo, em 2009. Objetivo Geral: avaliar a estimativa da porção alimentar auto-referida do indivíduo com diabetes mellitus tipo 2. Objetivos específicos: caracterizar as pessoas com diabetes mellitus tipo 2 segundo as variáveis sócio-demográficas e clínicas; quantificar e avaliar o consumo alimentar de indivíduos com diabetes mellitus tipo 2; analisar a estimativa da porção de alimento auto-referida utilizando o álbum fotográfico; e relacionar a estimativa da porção de alimento autoreferida segundo algumas variáveis sócio-demográficas e clínicas. A amostra foi constituída por 48 indivíduos com diabetes mellitus tipo 2 que atenderam aos critérios de inclusão e exclusão. Para a coleta de dados foram utilizados três instrumentos: um questionário para a obtenção das variáveis sócio-demográficas e clínicas; um questionário de frequência de consumo alimentar QFCA e um álbum fotográfico. Os dados foram obtidos mediante entrevista no domicílio. Para a análise utilizou-se estatística descritiva e análise de correspondência simples. Os resultados mostraram que houve predomínio de indivíduos do sexo feminino, mediana de 55,5 anos; 11 anos de estudo; sete salários mínimos; seis anos de diagnóstico; 87,5% estavam com excesso de peso; 45,8% apresentaram hipertensão arterial e 20,8% dislipidemia. Quanto à avaliação do consumo alimentar, 29,2% dos indivíduos referiu realizar quatro refeições ao dia, mediana de 1565,7Kcal; 91,7% consumiam menos de 7% de gordura saturada; 52,1% acima de 20% de proteína; e 37,5% menos de 44,9% de carboidrato. No que se refere à estimativa do tamanho da porção de alimentos auto-referida, houve superestimação de Doces e Pães; e subestimação das Gorduras, Verduras, Leites e Carnes. As mulheres subestimaram o consumo das Gorduras, Frutas e Verduras, e superestimaram o consumo dos Doces; os homens subestimaram o consumo das Gorduras, Leguminosas, Carnes e Verduras. Indivíduos diagnosticados há < 5 anos subestimaram o consumo de Verduras, e superestimaram o consumo dos Doces. Diagnosticados há cinco anos subestimaram o consumo das Gorduras, Cereais e Frutas e superestimaram o consumo dos Pães. Indivíduos com 11 anos de estudo subestimaram o consumo das Gorduras e superestimaram o consumo dos Doces; > 11 anos de estudo subestimaram o consumo das Verduras. Indivíduos com 7 salários mínimos subestimaram o consumo das Leguminosas e Verduras; >7 salários mínimos subestimaram o consumo do Leite. Indivíduos com IMC <24,9kg/m² subestimaram o consumo das Carnes e superestimaram o consumo dos Doces. Indivíduos com IMC 25 subestimaram o consumo das Carnes, Gorduras, Verduras e superestimaram o consumo dos Doces. Conclui-se que a maioria dos indivíduos com diabetes mellitus tipo 2 subestimaram o tamanho das porções de alimentos consumidas utilizando o álbum fotográfico e o QFCA, indicando que os profissionais de saúde devem buscar estratégias educacionais inovadoras para a educação nutricional de indivíduos com diabetes mellitus tipo 2.
Título em inglês
Estimating the size of food portions of individuals with diabetes mellitus type 2 using a photo album.
Palavras-chave em inglês
Diabetes mellitus
Diet Surveys
Food Consumption
Nutrition
Resumo em inglês
This cross-sectional study was carried out in a health institution in the interior of São Paulo, Brazil in 2009. General objective: to evaluate the self-reported estimated food portion of individuals with diabetes mellitus type 2. Specific objectives: to characterize people with diabetes mellitus type 2 according to sociodemographic and clinical variables; quantify and evaluate food intake of individuals with diabetes mellitus type 2; analyze the self-reported estimated food portion using a photo album and relate the self-reported estimated food portion according to some sociodemographic and clinical variables. The sample was composed of 48 individuals with diabetes mellitus type 2 who met inclusion and exclusion criteria. Three instruments were used for data collection: a questionnaire to obtain sociodemographic and clinical data; a questionnaire to obtain food intake frequency - QFCA and a photo album. Interviews were carried out at individuals households. Descriptive statistics and simple correspondence analysis were used. Results revealed that the female gender prevailed, average of 55.5 years of age; 11 years of schooling; seven minimum wages; six years of diagnosis; 87.5 were overweighed; 45.8% had hypertension and 20.8% dyslipidemia. Regarding food intake, 29.2% of the participants reported four meals a day, average of 1.565,7Kcal; 91.7% consumed less than 7% of saturated fat; 52.1% above 20% of protein; and 37.5% less than 44.9% of carbohydrate. In terms of estimated size of self-reported food portion, Sweets and Breads were overestimated and Fats, Greens, Dairy-products and Meats were underestimated. Women underestimated intake of Fats, Fruits and Greens and overestimated intake of Sweets; men underestimated intake of Fats, Legumes, Meats and Greens. Individuals with diagnosis for < 5 years underestimated intake of Greens and overestimated intake of Sweets. Those with diagnosis for > 5 years underestimated intake of Fats, Cereals and Fruits and overestimated intake of Breads. Individuals with < 11years of schooling underestimated intake of Fats and overestimated intake of Sweets; > 11 years of schooling underestimated intake of Greens. Individuals with < 7 minimum wage underestimated intake of Legumes and Greens; > 7 minimum wages underestimated intake of milk. Individuals with BMI < 24.9kg/m² overestimated intake Meats and overestimated intake of Sweets. Individuals with BMI 25 underestimated intake of Meats, Fats, Greens and overestimated intake of Sweets. The conclusion is that the majority of individuals with diabetes mellitus type 2 underestimated the size of food portions using a photo album and the QFCA indicating that health professionals should seek for innovating educational strategies for the nutritional education of individuals with diabetes mellitus type 2.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-09-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.