• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2011.tde-19012012-154223
Documento
Autor
Nome completo
Lisandra Vanessa Martins
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2011
Orientador
Banca examinadora
Marziale, Maria Helena Palucci (Presidente)
Coury, Helenice Jane Cote Gil
Fonseca, Marisa de Cássia Registro
Robazzi, Maria Lucia do Carmo Cruz
Rocha, Fernanda Ludmilla Rossi
Título em português
Avaliação da eficácia de programa fisioterapêutico no tratamento de desordens do manguito rotador entre profissionais de enfermagem, segundo indicadores de qualidade de vida e satisfação no trabalho
Palavras-chave em português
Equipe de enfermagem
Ombro
Qualidade de vida
Satisfação no Trabalho
Resumo em português
A literatura indica que os profissionais de enfermagem possuem alto risco de adquirir doenças osteomusculares devido aos problemas ergonômicos e posturais presentes na rotina hospitalar. A satisfação no trabalho é considerada um dos indicadores de qualidade de vida e pode influenciar na saúde física e mental do trabalhador. A dor no ombro em profissionais de enfermagem, apesar de menos comum que a dor lombar, é uma importante causa de morbidade, podendo acarretar limitação das atividades diárias e ocupacionais e interferir na qualidade de vida. Dentre as patologias do ombro, a desordem do manguito rotador é a patologia mais comum, e tratamentos conservadores ou cirúrgicos podem ser indicados. O tratamento fisioterapêutico tem-se mostrado uma importante ferramenta na reabilitação dos sujeitos com distúrbios do manguito rotador. Os objetivos deste estudo foram comparar o efeito da aplicação de dois programas fisioterapêuticos diferenciados pelos exercícios de propriocepção, em trabalhadores de enfermagem com desordem do manguito rotador, segundo indicadores de qualidade de vida e satisfação no trabalho. Trata-se de um estudo experimental, randomizado, prospectivo e comparativo, com análise quantitativa dos dados. A coleta de dados foi realizada, no período de junho de 2010 a julho de 2011, por meio da aplicação de um questionário contendo informações sociodemográficas, profissionais e relativas à fisiopatologia do ombro, por um instrumento de qualidade de vida (The Western Ontário Rotador Cuff Index - WORC) e pela Escala de Satisfação no Trabalho (Occupational Stress Indicator - OSI). A partir da randomização, os sujeitos foram alocados em dois grupos. No Grupo 1 (controle), foram aplicados exercícios de alongamento, fortalecimento e crioterapia. No Grupo 2 (experimental), foram realizados os mesmos exercícios que no Grupo 1 acrescidos de exercícios de propriocepção. Os dados foram analisados por meio do Statistical Package for the Social Science (SPSS) versão 16.0 for Windows. Após a aplicação dos programas fisioterapêuticos, foi verificado que houve melhora significativa da dor nos sujeitos dos dois grupos e melhora significativa da qualidade de vida nos trabalhadores do Grupo 2. A prescrição de exercícios proprioceptivos tem se mostrado importante no tratamento dos distúrbios osteomusculares, no entanto, os resultados não permitem inferir a melhor efetividade dos exercícios de propriocepção, pois não houve diferença significativa entre os grupos. Em relação à satisfação no trabalho, não houve alteração dos indicadores de satisfação, após aplicação dos tratamentos fisioterapêuticos nos dois grupos. Estudos clínicos de maior valor amostral são necessários para dar continuidade às pesquisas referentes ao tratamento fisioterapêutico a portadores de desordens de manguito rotador, com vistas à melhoria da qualidade de vida dos trabalhadores de enfermagem.
Título em inglês
Efficacy assessment of a physical therapy program in the treatment of rotator cuff disorders in nursing professionals according to quality of life and work satisfaction indicators
Palavras-chave em inglês
Job satisfaction
Nursing staff
Quality of life
Shoulder
Resumo em inglês
The literature indicates that nursing professionals possess high risks of developing musculoskeletal disorders due to ergonomical or postural problems which are present within the hospital routine. Work satisfaction is considered one of the indicators of quality of life and can influence the physical and mental wellbeing of workers. Shoulder pain in nursing professionals, although less common than low back pain, is an important cause of morbidity, and may lead to limitations in occupational and daily activities and consequently interfere with quality of life. Among the various shoulder pathologies, rotator cuff disorders are the most common and conservative or surgical treatment can be indicated. Physical therapy treatment has been proven to be a fundamental tool in the rehabilitation of persons with rotator cuff disorders. The objective of this study was to compare the effects of two physical therapy programs which differed in the proprioceptive exercises utilized on the nursing professionals with rotator cuff disorder, according to quality of life and work satisfaction indicators. This study was an experimental, randomized, prospective, and comparative trial, with quantitative analysis of the data. The data sampling was realized between the months of June 2010 and July 2011, by means of a questionnaire containing socio-demographic and professional information, the Western Ontario Rotator Cuff Index (WORC), and the Occupational Stress Indicator (OSI). Based on randomization, the subjects were divided into two groups. Group 1 (control) was submitted to stretching and strengthening exercises, and cryotherapy. Group 2 (experimental) was treated with the same protocol as group control, with the addition of proprioception exercises. The data was analyzed by means of the Statistical Package for the Social Science (SPSS) version 16.0 for Windows. After physical therapy intervention, significant reduction in pain levels occurred in both groups, with a significant improvement in quality of life for Group 2. The utilization of proprioceptive exercises was shown to be important in musculoskeletal care; however, the results do not permit the researchers to infer the influence of these exercises since no significant differences were seen between groups. In relation to work satisfaction, no changes were observed in the satisfaction indicators after the two types of physical therapy interventions. Other clinical trials with greater samples are needed in order to give continuity to research regarding physical therapy care for patients with rotator cuff disorder while aiming toward an improvement in the quality of life of nursing professionals.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-02-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.