• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.22.2020.tde-20112019-203959
Documento
Autor
Nome completo
Lucas Lazarini Bim
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Andrade, Denise de (Presidente)
Santos, André Pereira dos
Valle, Andréia Rodrigues Moura da Costa
Watanabe, Evandro
Título em português
Desinfecção com biguanida polimérica e as implicações na manutenção da segurança ambiental
Palavras-chave em português
Controle de infecções
Desinfecção
Polihexametileno biguanida
Pseudomonas aeruginosa
Staphylococcus aureus
Resumo em português
A manutenção do ambiente de saúde biologicamente seguro incorpora continuamente produtos e novas tecnologias pautados na isenção de riscos e em conhecimento técnico científico. Nesse sentido, a utilização de agentes químicos para o controle do crescimento microbiano configura-se como uma estratégia para reduzir o risco biológico associado às superfícies, uma vez que são apontadas como reservatórios de microrganismos e, portanto, podem influenciar na cadeia de contaminação cruzada. Este estudo tem por objetivo fornecer evidências para o uso do polihexametileno biguanida (PHMB) e, assim, contribuir para a efetividade dos procedimentos de limpeza e desinfecção das superfícies ambientais. Trata-se de um estudo desenvolvido em duas fases, uma caracterizada como revisão integrativa da literatura a outra como experimental in vitro, a fim de avaliar a atividade antimicrobiana do PHMB por meio das técnicas de Poço de Difusão em dupla camada de ágar, Diluição Inibitória Máxima (DIM) e contagem das Unidades Formadoras de Colônia (UFC). Com relação à revisão integrativa, observou-se escassez de evidências científicas, referentes ao uso do PHMB na desinfecção de superfície ambiental em serviços de saúde nas principais bases de dados. O PHMB, nas análises microbiológicas, demonstrou-se eficaz contra cepas padrão de Staphylococcus aureus e Pseudomonas aeruginosa, apresentando resultados semelhantes e/ou superiores aos do hipoclorito de sódio e detergente enzimático. Na desinfecção da superfície de aço inoxidável, contaminada intencionalmente por Pseudomonas aeruginosa, não houve diferenças entre os resultados do PHMB e da solução alcoólica a 70%(p/v), no entanto, para Staphylococcus aureus, observou-se que o PHMB foi mais eficaz na redução da carga microbiana quando comparado com a solução alcoólica a 70%(p/v). Concluindo, os resultados apresentados instigam-nos a desenvolver futuras pesquisas acerca do uso do PHMB em superfícies ambientais nos serviços de saúde, contribuindo, assim, com evidências científicas sobre o tema e promovendo o uso de forma segura.
Título em inglês
Disinfection with polymeric biguanide and the implications for maintaining environmental safety
Palavras-chave em inglês
Disinfection
Infection control
Polyhexamethylene biguanide
Pseudomonas aeruginosa
Staphylococcus aureus
Resumo em inglês
The maintenance of the biologically safe health environment continuously incorporate products and new technologies based on risk exemption and on techno-scientific knowledge. In this sense, the use of chemical agents for controlling microbial growth configure itself as a strategy to reduce the biological risk associated to surfaces, once they are pointed out as reservoirs of microorganisms and, then, can influence a chain of cross-contamination. This study aims to provide evidences for the use of polyhexamethylene biguanide (PHMB) and, therefore, to contribute to the effectivity of the cleaning and disinfection procedures of environmental surfaces. It is a study developed in two stages, one characterized as integrative literature review and the other as in vitro experimental, in order to evaluate the antimicrobial activity of PHMB through Diffusion-Well on double-layer agar techniques, Maximum Inhibitory Dilution (MID) and counting of Colony Forming Units (CFU). As to integrative review, the lack of scientific evidences was observed, regarding the use of PHMB in disinfection of environmental surface in health care on the main databases. PHMB, in microbiological analyses, proved to be effective against standard strains of Staphylococcus aureus and Pseudomonas aeruginosa, presenting similar and/or superior results to sodium hypochlorite and enzymatic detergent. In stainless-steel surface disinfection, intentionally contaminated by Pseudomonas aeruginosa, there were no differences between the results of PHMB and alcoholic solution at 70%w/v, however, for Staphylococcus aureus, it was observed that PHMB was more effective to reduce microbial load when compared with alcoholic solution at 70%w/v. To conclude, the presented results instigate us to develop future researches about the use of PHMB on environmental surfaces in health care, contributing, thus, with scientific evidences about the topic and promoting the use in a safe way.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
LUCASLAZARINIBIM.pdf (790.80 Kbytes)
Data de Publicação
2020-05-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.