• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2014.tde-21052014-185453
Documento
Autor
Nome completo
Beatriz Maria Jorge
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2014
Orientador
Banca examinadora
Mazzo, Alessandra (Presidente)
Cassini, Marcelo Ferreira
Martins, Jose Carlos Amado
Título em português
Ultrassom portátil de bexiga: evidências científicas e autoconfiança do enfermeiro
Palavras-chave em português
Enfermagem
Retenção Urinária
Ultrassom
Resumo em português
A assistência de enfermagem na retenção urinária (RU) incorre na importância da avaliação clínica do enfermeiro. O ultrassom portátil de bexiga (US) é um método não-invasivo que permite diagnosticar o problema, avaliar o volume de urina na bexiga, e decidir ou não, pela realização do cateterismo urinário. Este estudo teve como objetivo avaliar o impacto do uso do ultrassom portátil de bexiga na autoconfiança do enfermeiro durante a avaliação do paciente em retenção urinária. Estudo realizado em duas etapas. Etapa 1- Revisão integrativa da literatura realizada nas bases de dados CINAHL, MEDLINE e Web of Science através dos descritores enfermagem, retenção urinária e ultrassom. Foram inclusas as publicações realizadas no período de 2001 a 2011, nos idiomas inglês, português e espanhol que responderam a pergunta da pesquisa. Etapa 2- Estudo descritivo, mediante autorização ética (Parecer P129-12/2012), desenvolvido junto aos enfermeiros de um Centro de Reabilitação de Portugal, com auxílio de Escala de Autoconfiança na Assistência de Enfermagem à Retenção Urinária (EAAERU). Trata-se de uma escala já validada, tipo Likert de 32 itens, agrupados em cinco fatores: medidas prévias a realização do cateterismo voltadas ao preparo do paciente e profissional; comunicação, consentimento e preparo do material para realização do cateterismo urinário; medidas realizadas durante a realização do cateterismo urinário e/ou em situações iatrogênicas; medidas realizadas após a realização e retirada do cateterismo; avaliação objetiva da RU. Foram encontrados os seguintes resultados: Etapa 1 - Dos 234 artigos encontrados, após leitura exaustiva dos títulos e resumos, foram selecionados 21 artigos. Entre eles, 21 (100,0%), todos foram publicados em inglês, 10 (47,6%) em periódicos de enfermagem, 10 (47,6%) em periódicos médicos e 1 (4,7%) em periódico interdisciplinar. Em relação aos níveis de evidência, 1 (4,7%) apresentou nível I, 1 (4,7%) nível II, 9 (42,8%) nível III, 1 (4,7%) nível IV e 9 (42,8%) nível VI. Quanto aos países de publicação: Canadá (19,0%), Estados Unidos da América (19,0%), Inglaterra (19,0%), Noruega (9,5%), Taiwan (9,5%), Itália (9,5%), Austrália (4,7%), Holanda (4,7%) e França (4,7%). O ano que apresentou maior número de publicações foi o de 2005 (28,5%). Todos os artigos demonstram a eficácia e a eficiência do uso do equipamento na avaliação do paciente em retenção urinária. Etapa 2 - Fizeram parte da amostra 40 enfermeiros; a maioria do sexo feminino (62,5%), com idade média de 35,3 anos, que obtiveram o título de Enfermagem entre 1978 e 2010. Entre eles 13 (32,5%) eram especialistas em reabilitação. A maior parte dos enfermeiros referiu que trabalha na profissão há cerca de 20 anos e 23 (57,5%) possuem menos de cinco anos de tempo de experiência no local de trabalho atual. Assim como na escala original para avaliação dos itens da escala foi utilizado o teste do Alpha de Cronbach que demonstrou uma elevada correlação (Valor de Alpha 0,969) de todos os itens da EAAERU. Quanto à análise de correspondência da autoconfiança dos enfermeiros em relação aos cinco fatores propostos pela escala os resultados demonstraram que os enfermeiros referem confiante, muito confiante e completamente confiante para medidas prévias a realização do cateterismo voltadas ao preparo do paciente e profissional; muito confiante e completamente confiante para comunicação, consentimento e preparo do material para realização do cateterismo urinário; muito confiante e completamente confiante para medidas realizadas durante a realização do cateterismo urinário e/ou em situações iatrogênicas; completamente confiante para medidas realizadas após a realização e retirada do cateterismo e pouco confiante e confiante para avaliação objetiva da RU. Conclui-se que o US é um método eficiente e confiável, que supera a investigação de sinais e sintomas clínicos. Permite o diagnóstico precoce, é um procedimento não invasivo, indolor, que utiliza a tecnologia de forma segura e avalia com precisão a necessidade ou não do cateterismo urinário, evitando a distensão excessiva da bexiga urinária e as complicações oriundas desse fato. Conforme os resultados da amostra é possível observar que mesmo com os predicados que o US possui, na assistência de enfermagem a retenção urinária, a avaliação do paciente em RU é o procedimento mais complexo e exerce influência negativa na autoconfiança do enfermeiro
Título em inglês
Portable ultrasound bladder: scientific evidence and self confidence of nurses
Palavras-chave em inglês
Nursing
Ultrasonics
Urinary Retention
Resumo em inglês
Nursing care in urinary retention (RU) incurs the importance of clinical evaluation of the nurse. The portable bladder ultrasound (US) is a noninvasive method that allows you to diagnose the problem, assess the volume of urine in the bladder and decide whether or not for performing urinary catheterization. This study aimed to evaluate the impact of the use of portable ultrasound bladder for the nurse's confidence during patient evaluation in urinary retention. This study was conducted in two stages: Step 1 - Integrative literature review conducted in CINAHL, MEDLINE and Web of Science databases using descriptors of nursing, ultrasound and urinary retention. Publications in the period 2001-2011 in English, Portuguese and Spanish which answered the survey questions. Step 2 - Descriptive study by ethical commitment (Opinion P129- 12/2012), developed together with nurses in a rehabilitation center of Portugal with the aid of Self-Confidence Scale in Nursing Assistance Urinary Retention (EAAERU). This is a validated scale, Likert 32 items, grouped into five factors: previous steps of the catheterization realization focused on patient and professional's preparation; communication, consent and preparation of the material for performing urinary catheterization; steps performed during urinary catheterization performing and/or iatrogenic situations; steps taken after the completion of the catheterization and withdrawal; objective evaluation of UR. Were found the following results: Step 1 - Of the 234 articles found, after carefully reading the titles and abstracts, 21 articles were selected. Among them, 21 (100,0%) , were all published in English , 10 ( 47,6 % ) in nursing journals, 10 (47,6%) in medical journals and 1 (4,7%) in interdisciplinary journal. Regarding the levels of evidence , 1 (4,7%) presented level I, 1 (4,7%) level II, 9 (42,8%) level III, 1 (4,7%) level IV and 9 (42,8%) level VI. The countries of publication: Canada (19,0%), United States of America (19,0%), England (19,0%), Norway (9,5%), Taiwan (9,5%), Italy (9,5%), Australia (4,7%), Netherlands (4,7%) and France (4,7%). The year that had the highest number of publications was 2005 (28,5%). All articles demonstrate the effectiveness and efficiency of the use of equipment to assess patients in urinary retention. Step 2 - The sample consisted of 40 nurses, the majority of females (62,5%) with mean age of 35,3 years, who obtained the title of Nursing between 1978 to 2010. Among them, 13 (32,5%) were specialists in rehabilitation. Most nurses reported working in the profession for about 20 years and 23 (57,5%) have less than five years of experience time in the current workplace. As in the original scale for assessment of the scale items the Cronbach's Alpha test which showed a high correlation (0,969 Alpha value) of all items SSNAUR. As for the correspondence analysis of the self-confidence of nurses in relation to the five factors proposed by the scale results showed that nurses refer confident, very confident and totally confident to previous steps of the catheterization realization focused on patient and professional's preparation; very confident and completely confident to communication, consent and preparation of the material for performing urinary catheterization; very confident and completely confident to steps performed during urinary catheterization performing and/or iatrogenic situations; completely confident to steps taken after the completion of the catheterization and withdrawal; and little confident and confident for objective evaluation of UR. It is concluded that the US is an efficient and reliable method, which overcomes the investigation of clinical signs and symptoms. Allows early diagnosis, is a painless, non-invasive procedure that uses technology in a safe way and assess accurately the need or not urinary catheterization, avoiding excessive distension of the urinary bladder and the complications arising from that fact. As the sample results can be observed that, even with the predicates that the US has, in nursing care for urinary retention, patient assessment in the UR is the most complex procedure and exerts negative influence on the confidence of nurses
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
BEATRIZMARIAJORGE.pdf (928.41 Kbytes)
Data de Publicação
2014-06-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.