• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.22.2017.tde-24012017-154800
Documento
Autor
Nombre completo
Lillian Dias Castilho Siqueira
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Ribeirão Preto, 2016
Director
Tribunal
Caliri, Maria Helena Larcher (Presidente)
Dantas, Rosana Aparecida Spadoti
Haas, Vanderlei José
Silva, Ana Elisa Bauer de Camargo
Sousa, Fernanda Raphael Escobar Gimenes de
Título en portugués
Validação do MISSCARE-BRASIL - Instrumento para avaliar omissão de cuidados de enfermagem
Palabras clave en portugués
Cuidados de enfermagem
Estudos de validação
Pesquisa metodológica em enfermagem
Segurança do paciente
Resumen en portugués
Durante o cotidiano do trabalho em serviços de saúde, os profissionais de enfermagem podem sentir-se impossibilitados de realizar todos os cuidados que são necessários aos pacientes e, diante de múltiplas demandas e recursos insuficientes, podem abreviar o cuidado, atrasá-lo ou simplesmente omiti-lo. A omissão de cuidados de enfermagem pode apresentar implicações negativas nos resultados assistenciais aos pacientes. Os objetivos deste estudo metodológico foram investigar aspectos dos cuidados de enfermagem e outras razões para a omissão do cuidado, que não estão incluídas na versão norte-americana do instrumento MISSCARE, propor a versão em português brasileiro do instrumento e testar as suas propriedades psicométricas. A pesquisa foi realizada em duas fases. A primeira fase consistiu na avaliação da validade de face e de conteúdo do instrumento em português, cuja validação inicial havia sido feita em estudo anterior em 2012. Os dados foram coletados em fevereiro de 2015, por meio de grupos focais com profissionais de enfermagem: três enfermeiros, um técnico e três auxiliares de enfermagem. Os resultados levaram à construção da versão MISSCARE-BRASIL, a partir do acréscimo ao instrumento original, de quatro novos itens na Parte A e 11 novos itens na Parte B. A segunda fase desta pesquisa foi a análise psicométrica do instrumento MISSCARE-BRASIL, conduzida com uma amostra aleatória de 330 profissionais da grade populacional de 1618 membros da equipe de enfermagem atuantes em hospital público de ensino. Os dados foram coletados entre abril e maio de 2015. Em relação à caracterização dos participantes, houve predomínio de mulheres, entre 25 e 44 anos, com ensino médio e mais de 10 anos de experiência, trabalhando em turnos de 6 horas e mais de 30 horas semanais. Em relação à função, 39,7% eram auxiliares de enfermagem, 33% técnicos em enfermagem, 20,9% enfermeiros e 6,4% enfermeiros com função administrativa. Quanto às propriedades do instrumento, em relação à validade de constructo convergente, obtiveram-se correlações moderadas entre as variáveis da omissão do cuidado do MISSCARE e as variáveis "Satisfação com o cargo/função" e "Satisfação com o trabalho em equipe". Houve uma correlação fraca entre a variável "Satisfação com a profissão" e as variáveis de omissão, onde o coeficiente de correlação de Spearman variou de 0,22 a 0,24. A análise fatorial confirmatória evidenciou bom ajuste do modelo de medida e manteve a estrutura fatorial inicialmente proposta na versão original do MISSCARE. O modelo ampliado do MISSCARE-BRASIL também se apresentou ajustado de modo regular à estrutura dimensional proposta na versão original. Quanto à confiabilidade, as versões MISSCARE e MISSCARE-BRASIL apresentaram valores de alfa de Cronbach maiores que 0,70, considerados aceitáveis para uma boa consistência interna dos itens. Conclui-se que as versões MISSCARE e MISSCARE-BRASIL são válidas e confiáveis na amostra estudada
Título en inglés
Validation of the MISSCARE-BRASIL - Instrument to evaluate missed nursing care
Palabras clave en inglés
Nursing care
Nursing methodology research
Patient safety
Validation studies
Resumen en inglés
On nursing services' everyday work nursing professionals may feel somewhat impaired from delivering all the required care to patients and, in face of multiple demands and insufficient resources, may shorten care, delay it or omit it. Missed nursing care can entail negative implications to care results to patients. The objectives of this methodological study were to investigate nursing care aspects and other reasons for missed nursing care that are not included in the North-American version of the MISSCARE instrument; propose the instrument version in Brazilian Portuguese; and, test its psychometric properties. The study was developed in two stages. The first comprised the assessment of the instrument's face and content validity in Portuguese, which had been initially validated by a previous study developed in 2012. Data were collected in February 2015, through focus groups with nursing professionals: three nurses, one nursing technician and three nursing aides. Results led to the creation of the MISSCARE-BRASIL version, by adding four new items to Part A and 11 new items to Part B of the instrument. The second phase was the psychometric analysis of the MISSCARE-BRASIL instrument with a random sample of 330 professionals from the population of 1618 members of the nursing team working in a public teaching hospital. Data were collected from April to May 2015. Regarding the characterization of participants, most were women aged between 25 and 44 years old, with secondary education and more than 10 years of experience, working in 6-hour shifts and over 30 hours a week. In relation to their position, 39.7% were nursing aides; 33% nursing technicians; 20.9% nurses; and, 6.4% nurses performing administrative tasks. In relation to the instrument's properties, regarding validity of the converging construct, there were moderate correlations between the MISSCARE care neglect and the variables "Satisfaction with the position/function" and "Satisfaction with teamwork". The correlation between "Satisfaction with the profession" and the variables of missed nursing care were weak, where the Spearman's correlation coefficient ranged from 0.22 to 0.24. Confirmatory factor analysis showed good fit to the measurement model, keeping the factor structure initially proposed by the original version of the MISSCARE. The MISSCARE-BRASIL expanded model was also regularly fit to the dimensional structure proposed in the original version. Regarding reliability, the MISSCARE and the MISSCARE-BRASIL versions presented Cronbach's alpha values higher than 0.70, being considered acceptable to good internal consistency of items. In conclusion, the MISSCARE and the MISSCARE-BRASIL versions are valid and reliable in the sample studied
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2017-02-10
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.