• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2013.tde-26092013-185000
Documento
Autor
Nome completo
Maria Verônica Ferrareze Ferreira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2013
Orientador
Banca examinadora
Andrade, Denise de (Presidente)
Costa, Simone de Godoy
Ferreira, Adriano Menis
Goes, Fernanda dos Santos Nogueira de
Nogueira, Paula Cristina
Título em português
Curativo do cateter venoso central: subsídios para o ensino e a assistência de enfermagem
Palavras-chave em português
Avaliação em saúde
Cateterismo venoso central
Comportamento
Educação em saúde
Infecção hospitalar
Resumo em português
Introdução: O uso do cateter venoso central (CVC) é apontado como um importante fator de risco para infecção da corrente sanguínea. É consenso que as intervenções educativas e capacitação dos profissionais envolvidos no cuidado de enfermagem acarretam redução das infecções. Objetivo: Avaliar a prática de curativo do cateter venoso central (CVC), sem cuff, não tunelizado, de curta permanência, no paciente adulto hospitalizado, em situação real de assistência de enfermagem, e assim, propor um objeto de aprendizagem, um vídeo educativo em formato digital. Metodologia: Trata-se de uma pesquisa realizada em duas fases, sendo uma descritiva, observacional e transversal (Diagnóstico Situacional), e, a outra metodológica (Desenvolvimento do Objeto de Aprendizagem). Adotou-se como referencial teórico os pressupostos de Paulo Freire. A primeira fase envolveu a avaliação do curativo do CVC por meio de Observação Estruturada, Círculo de Cultura (Reuniões Grupais) e Entrevista Individual dos enfermeiros. Um roteiro tipo Check-list foi utilizado nas 17 observações para identificação das conformidades ou não técnico-científicas, e, 32 enfermeiros participaram das respectivas entrevistas. Na segunda fase, a validação do roteiro, bem como do vídeo educativo foi realizada por 12 e 13 enfermeiros peritos, respectivamente, num ambiente virtual de aprendizagem na Internet, o Stoa. Para apreciação dos dados empregou-se a análise de consistência da dupla digitação; e na estatística descritiva utilizou-se o programa SPSS (versão 16.0), para medidas de frequência, posição (média e mediana) e variabilidade (desvio-padrão). O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa. Resultados: A situação real de assistência de enfermagem na manutenção do CVC revelou uma série de aspectos inerentes ao procedimento do curativo do CVC que reforçaram a importância do estudo. Observou-se uma diversidade de condutas e opiniões em relação à higienização das mãos, uso de luvas, manutenção da técnica asséptica, tipo de cobertura e antisséptico utilizados, e registro de enfermagem. Acrescem-se as dificuldades verbalizadas pelos participantes para manter a atualização do conhecimento. Assim, o vídeo educativo foi considerado validado, tendo elevada concordância nos diferentes itens avaliados, seja na apresentação do roteiro, com índice superior a 97,2%, como na versão final do vídeo, maior que 96,1%. Considerações finais: Ao finalizar esta pesquisa, iniciaram-se reflexões mais críticas e compartilhadas sobre a prática assistencial da enfermagem na manutenção do CVC. Espera-se que a utilização deste vídeo educativo possibilite um ensino inovador da temática, a partir do uso de recursos da informática e de metodologias ativas. Considera-se que o instrumento desenvolvido está adequado para ser disponibilizado, e acredita-se que contribuirá para a formação profissional em enfermagem, atualização de recursos humanos, com foco no processo educativo, inclusive à distância, e consequentemente, para a melhoria da qualidade da assistência do paciente com CVC.
Título em inglês
Dressing of central venous catheters: supports for nursing teaching and care
Palavras-chave em inglês
Behavior
Central venous catheterization
Cross infection
Health education
Health evaluation
Resumo em inglês
Introduction: The use of central venous catheter (CVC) is identified as an important risk factor for bloodstream infection. There is consensus that educational interventions and the improvement of the professionals involved in the care of nursing entail reducing infections. Objective: Evaluate the practice of dressing central venous catheter (CVC), uncuffed, non-tunneled, short time, in adult patients hospitalized in a real nursing care, and propose an educational video in digital format as a learning object. Methods: This is a survey carried out in two phases one descriptive, observational and transversal (Situational Diagnosis), and the other methodological (Development of a Learning Object). We adopted the theoretical principles proposed by Paulo Freire. The first phase involved the evaluation of the dressing of CVC through Structured Note, Culture Circle (group meetings) and Individual Interview of nurses. A check-list was used in 17 observations to identify the technical and scientific compliances and 32 nurses participated in the respective interviews. In the second phase, the validation script as well as the educational video was made by 12 and 13 expert nurses, respectively, through a virtual learning environment on the Internet, the Stoa. For evaluating the data we used the consistency analysis of double typing, and the descriptive statistics we used SPSS (version 16.0) for measures of frequency, position (mean and median) and variability (standard deviation). The study was approved by Committee on Ethics in Research. Results: The real situation of nursing care in maintaining the CVC showed several aspects of the procedure of the dressing of CVC which reinforced the importance of this study. It was found a diversity of opinions and behaviors regarding hand hygiene, use of gloves, maintenance of aseptic technique, type of coverage and antiseptic used, and nursing record. Added to the difficulties verbalized by the participants to keep updating the knowledge. Thus, the educational video was considered validated, with high agreement of different items evaluated, or the presentation of the script with index greater than 97.2%, as in the final version of the video above 96.1%. Conclusions: At the end of this research, we started most critical and shared reflections on the practice of nursing care in maintaining the CVC. It is hoped that through the use of computer resources and active methods such as the use of an educational video, enables innovative education the topic in question. It is considered that the instrument developed is appropriate for dissemination and may contribute to the training of nursing staff, human resources updating, including distance education, and to improve the quality of care for patients with CVC.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-10-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.