• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2016.tde-06012016-124545
Documento
Autor
Nome completo
Leonardo Toshiaki Borges Yoshimochi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2015
Orientador
Banca examinadora
Panobianco, Marislei Sanches (Presidente)
Gradim, Clícia Valim Côrtes
Santos, Manoel Antonio dos
Título em português
Ser companheiro da mulher com câncer de mama: análise compreensiva na perspectiva dos parceiros
Palavras-chave em português
Câncer de mama
Companheiro
Fenomenologia
Sofrimento psicológico
Resumo em português
O câncer, como toda doença que ameaça a vida, atinge, além do doente, todos aqueles que lhe são próximos. Este estudo teve por objetivo compreender como é ser companheiro da mulher com câncer de mama, na perspectiva dele. Foi utilizada uma metodologia qualitativa, fundamentada no referencial teórico-metodológico da Psicologia Fenomenológico-Existencial, fundamentada no pensamento de Martin Heidegger. Participaram dez companheiros de mulheres com câncer de mama que frequentavam um núcleo de reabilitação de mastectomizadas. No período de junho a novembro de 2014, foram realizadas entrevistas fenomenológicas, individuais, audiogravadas, a partir de uma questão norteadora: "Como tem sido para você ser companheiro de uma mulher com câncer de mama?" As entrevistas foram transcritas de forma literal e na íntegra, constituindo o corpus de análise. Nas sucessivas leituras empreendidas, focalizou-se o fenômeno pesquisado em busca das unidades de significado que foram agrupadas dando origem aos eixos temáticos. Foram respeitados os preceitos éticos para pesquisas com seres humanos, contidos na Resolução 466/2012 do Conselho Nacional de Saúde. Os resultados foram apresentados em sete unidades significativas: Vivendo o impacto do diagnóstico e uma desestabilização emocional; Compartilhando o cuidado à mulher com outros familiares; Compartilhando o enfrentamento da doença na relação a dois; O enfrentamento da doença e seus efeitos sobre a intimidade do casal; No horizonte do tempo, o aceno da sombra da morte; Sofrimento psicológico dos companheiros; Suporte social utilizado pelos companheiros. Os resultados demonstraram que os companheiros sofreram e se disponibilizaram ao cuidado para com suas mulheres, desde o recebimento da notícia da doença até o dia da entrevista. Também reconheceram seus sofrimentos pelas dificuldades enfrentadas, mas não buscaram nenhuma ajuda profissional para cuidar deles próprios
Título em inglês
Being companion of women with breast cancer: comprehensive analysis from the perspective of the partners
Palavras-chave em inglês
Breast cancer
Companion
Phenomenology
Psychological suffering
Resumo em inglês
Cancer, like any disease that threatens life, reaches beyond the sick, those who are closest to him. The purpose of this study is to understand how to be companion of women with breast cancer, in his perspective. A qualitative methodology, grounded on the theoretical framework of Phenomenological-Existential Psychology, based in the thought of Martin Heidegger was used. A total of ten partners of women with breast cancer who attended one mastectomy rehabilitation center. In the period from June to November 2014, phenomenological interviews, individual audio recorded were carried out, from a guiding question: "How has it been for you to be companion of a woman with breast cancer?" The interviews were transcribed literally and in full, constituting the corpus of analysis. Undertaken in successive readings, focused to the phenomenon researched in search of the meaning units were grouped giving rise to the themes. The ethical principles were respected for research with human beings contained in the National Health Council Resolution 466/2012. The results were presented in seven major units: Living the impact of diagnosis and emotional instability; Sharing the care of women with other family members; Sharing coping with the disease in couple's relationship; The coping with the disease and its effect on the couple's intimacy; In the time horizon, the beckon of the shadow of death; Psychological suffering of companions; Social support used by companions. The results showed that the companions suffered and made themselves available to care for their women from receiving the news of the disease until the day of the interview. They also acknowledged their suffering by the difficulties encountered, but did not seek any professional help to take care of themselves
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-01-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.