• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.22.2016.tde-06012016-144337
Documento
Autor
Nome completo
Aline Corrêa Dias
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2015
Orientador
Banca examinadora
Pessa, Rosane Pilot (Presidente)
Garcia, Rosa Wanda Diez
Laus, Ana Maria
Título em português
Avaliação de um programa de educação alimentar: resultados antropométricos e satisfação dos usuários
Palavras-chave em português
Educação alimentar e nutricional
Excesso de peso
Obesidade
Satisfação do usuário
Resumo em português
A obesidade é um grave problema de saúde pública, tanto pelo seu impacto na expectativa média de vida quanto pela piora em sua qualidade. Dessa forma, a promoção da alimentação saudável é uma medida essencial que pode ser alcançada pela educação alimentar e nutricional (EAN), visando à conscientização da população em relação aos benefícios que bons hábitos podem oferecer por meio de diversas ações políticas e estratégias relacionadas a essa área temática. O objetivo deste estudo foi avaliar os resultados de um programa de educação alimentar para perda de peso em relação à antropometria e à satisfação dos usuários. O estudo foi realizado a partir de um banco de dados do Programa de Educação Alimentar (PRAUSP), uma estratégia multiprofissional e interdisciplinar para indivíduos com excesso de peso com duração de 12 semanas, realizado no Campus de uma universidade pública. Coletou-se informações sociodemográficas e antropométricas iniciais e finais (peso, altura, circunferência da cintura-CC e circunferência do quadril-CQ) de 176 adultos de ambos os sexos, com excesso de peso, que participaram do programa entre 2007 e 2013. Ainda, foram utilizadas informações contidas no instrumento de Avaliação Final para avaliação da satisfação e mudanças alimentares e comportamentais adquiridas no período de intervenção. As medidas de peso e altura foram utilizadas para cálculo do índice de massa corporal (IMC) e as medidas de circunferências, que também foram utilizadas para o cálculo da relação cintura-quadril (RCQ). Como resultados, verificou-se que a maioria dos participantes era do sexo feminino (81,3%), com idade média de 45 anos (DP =12), casada (61,4%), com o ensino médio concluído (51,7%). O IMC médio dos participantes foi de 33,25 kg/m² (DP = 5,79) no início do programa e 32,13 kg/m² (DP = 5,72) após a intervenção (p=0,000). A circunferência da cintura (CC) média passou de 101,56 cm (DP = 12,29) para 97,99 cm (DP = 12,35) nas mulheres e de 118,84 cm (DP = 13,05) para 112,62 cm (DP = 11,67) nos homens (p=0,000). A relação cintura quadril (RCQ) também apresentou alteração na amostra total, reduzindo de 0,89 cm (DP = 0,08) para 0,88 cm (DP = 0,08) (p= 0,000). Observou-se que a perda de peso média foi de 3,5%. Sessenta e dois por cento das mulheres e 44,4% dos homens apresentaram perda de até 5%, enquanto 22,9% das mulheres e 42,5% dos homens obtiveram perda ponderal maior que 5%. A maioria dos participantes (84,1%) ficou satisfeita com a estratégia e apresentaram mudanças relacionadas ao hábito alimentar, como aumento do consumo de água e alimentos mais saudáveis, maior fracionamento das refeições e tempo de mastigação. Conclui-se que o programa de educação alimentar teve impacto positivo com resultados bastante satisfatórios, tendo sido bem avaliado pelos participantes. Assim, essa estratégia pode ser considerada uma iniciativa efetiva de EAN para o tratamento do excesso de peso e deve ser implementada em outros espaços comunitários nas áreas da saúde e educação
Título em inglês
Evaluation of a nutrition education program: anthropometric results and user satisfaction
Palavras-chave em inglês
Food and nutrition education
Obesity
Overweight
User satisfaction
Resumo em inglês
Obesity is a major public health concern because of its impact on longevity and prejudice in quality of life. Thus, the promotion of healthy eating is a key action that can be achieved by food and nutrition education (FNE). Its aim is to provide public awareness of the benefits of good habits through several political and strategic actions related to this subject area. The objective of this study was to evaluate the results of a nutrition education program for weight loss in relation to anthropometry and user satisfaction. The study was conducted from the database of the Nutrition Education Program (PRAUSP), a 12-week multidisciplinary and interdisciplinary strategy for overweight individuals, held on the campus of a public university. Initial and final socio-demographic and anthropometric information were collected (weight, height, waist circumference - WC, and hip circumference - HC) from 176 overweight adults of both sexes, who participated in the program between 2007 and 2013. Information contained in the Final Assessment instrument were also used for assessing satisfaction and dietary and behavioral changes acquired during the intervening period. Weight and height measurements were used to calculate the Body Mass Index (BMI) and circumference measures were used to evaluate the waist-hip ratio (WHR). Most participants were female (81.3%) and, on average, participants were 45 years of age (SD = 12). The majority of the sample was married (61.4%) and 51.7% had completed the high school. The mean BMI of the participants was 33.25 kg/m² (SD = 5.79) at the beginning of the program and 32.13 kg/m² (SD = 5.72) after the intervention (p = 0.000). Mean waist circumference (WC) went from 101.56 cm (SD = 12.29) to 97.99 cm (SD = 12.35) among women and 118.84 cm (SD = 13.05) to 112.62 cm (SD = 11.67) among men (p = 0.000). The waist-hip ratio (WHR) also changed in the total sample, reducing from 0.89 cm (SD = 0.08) to 0.88 cm (SD = 0.08) (p = 0.000). The average weight loss was 3.5%. Sixty-two percent of women and 44.4% of men showed loss of up to 5%, while 22.9% of women and 42.5% of men lost more than 5% of weight. Most of participants (84.1%) were satisfied with the strategy and presented changes related to eating habits, such as increase in water consumption and healthier foods, more fractionated meals and higher chewing time. It is concluded that the nutrition education program had a positive impact. Results were very satisfactory and the program was well evaluated by the participants. Therefore, this strategy can be considered an effective initiative of food and nutrition education for the treatment of overweight and should be implemented in other community spaces in the areas of health and education
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ALINECORREADIAS.pdf (1.16 Mbytes)
Data de Publicação
2016-01-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.