• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2016.tde-06062016-204417
Documento
Autor
Nome completo
Joab Jefferson da Silva Xavier
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2016
Orientador
Banca examinadora
Mishima, Silvana Martins (Presidente)
Coutinho, Silvano da Silva
Kusumota, Luciana
Laprega, Milton Roberto
Título em português
O idoso e sua participação - aspectos da vida urbana componentes da cidade amiga do idoso
Palavras-chave em português
Atenção Primária à Saúde.
Cidade amiga do idoso
Idoso
Participação social
Promoção da saúde
Resumo em português
Esta investigação teve por objetivo analisar a participação de idosos em direção à promoção da saúde considerando a articulação com oito aspectos da vida urbana do projeto cidade amiga do idoso (espaços abertos e prédios, transporte, moradia, participação social, respeito e inclusão social, participação cívica e emprego, comunicação e informação, e apoio comunitário e serviços de saúde) do bairro Vila Tibério, município de Ribeirão Preto, estado de São Paulo, Brasil. Trata-se de pesquisa descritiva de abordagem qualitativa sustentada pelos conceitos e princípios da promoção da saúde, a partir da perspectiva da participação social e do estabelecimento de ambientes saudáveis, motivo do alinhamento com os aspectos da vida urbana do Projeto Cidade Amiga do Idoso. A pesquisa atendeu aos preceitos éticos, sendo sua realização aprovada por Comitê de Ética em Pesquisa. A captação do empírico se deu por meio da realização de grupos focais com base no Protocolo de Vancouver, desenvolvido pelo Government of British Columbia, somando 32 idosos e 6 representantes de prestadores de serviços em 5 grupos focais. Adicionalmente, foi aplicado instrumento de avaliação funcional para verificar condição de independência ou dependência dos 32 idosos, sendo feita avaliação qualitativa da capacidade autorreferida pelos idosos, segundo a escala utilizada. Realizou-se análise de conteúdo na vertente temática para o material dos grupos, com a identificação de três temas: território: lugar de vida e cidadania, formação de redes de suporte social ao idoso e participação dos idosos na vida do bairro. A violência, o abandono presentes no território, em especial nos espaços coletivos, trazem preocupação e medo aos idosos, pois dificultam a livre circulação no território. Por outro lado, há no bairro certa tradição e possibilidade de serem construídas relações de amizade e apoio, que permitem ao idoso sentir-se acolhido, sendo enfatizado que as relações de amizade e mesmo as institucionalizadas, como por exemplo, o trabalho dos agentes comunitários de saúde, são necessárias às relações de convivência e sustentação na vida dos idosos. É trazida a importância dos jornais do bairro e de seu papel como elemento constitutivo da rede apoio na área de comunicação e informação dentro do território. A vinculação ao mundo do trabalho, com atividades remuneradas, ainda é uma forma que os idosos encontram de se manterem próximos aos amigos e participantes da vida em comunidade. Há dificuldade em ampliar a participação dos idosos por diferentes motivos que vão desde a dificuldade de mobilidade dentro do bairro, acesso à informação sobre as atividades disponíveis, ausência de canais mais ágeis de comunicação, baixa adesão aos processos de participação social no campo da saúde e assistência social, trabalho dos idosos como cuidadores de outros idosos familiares ou de netos. Situações que dificultam maior adesão aos processos de participação social, embora seja assinalada a importância destes processos para a melhoria do bairro. O conjunto dos resultados aponta que os idosos apresentam muitas dificuldades para ampliar sua participação nos processos coletivos no bairro, que por vezes se mostra hostil em suas condições a este grupo. Por outro lado se fazem presentes potencialidades, nas brechas e sugestões que indicam a possibilidade para se situarem no processo de construção da Promoção da Saúde no território em que estão inseridos, utilizando de suas características, perfis de vida e atuação para agir com autonomia e constituírem-se como protagonistas dos processos e de ações no território. Com a ciência dos limites, credita-se a esta investigação a possibilidade de que os elementos aqui discutidos possam oferecer subsídios para que as políticas voltadas ao envelhecimento saudável nos âmbitos da saúde, segurança, educação, assistência social, dentre outras possam se repensadas ou reestruturadas
Título em inglês
The elderly and their participation - aspects of urban life components of age-friendly city
Palavras-chave em inglês
Age-friendly city
Aged
Health promotion
Primary Health Care
Social participation
Resumo em inglês
This research aimed to analyze the participation of older people towards health promotion considering the articulation with eight aspects of urban life of the age-friendly city project (open spaces and buildings, transportation, housing, social participation, respect and social inclusion, participation civic and employment, communication and information, and community support and health services) of Vila Tibério neighborhood, Ribeirão Preto, São Paulo, Brazil. This is descriptive qualitative research supported by the concepts and principles of health promotion, from the perspective of social participation and the establishment of healthy environments, align the subject with aspects of age-friendly city. The research meets the ethical precepts, and its realization approved by the Research Ethics Committee. The collection of empirical occurred by conducting focus groups based in the Vancouver Protocol, developed by the Government of British Columbia, adding 32 seniors and 6 representatives of service providers in 5 focus groups. Additionally, functional assessment instrument was applied to verify condition of independence or dependence of 32 elderly, being made a qualitative assessment of the capacity self-reported by the elderly, according to the scale used. Content analysis was carried out in the thematic strand for the material groups, with the identification of three themes: territory: place of life and citizenship, formation of social support networks for the elderly and participation of older people in the neighborhoods. Violence, abandonment present on the territory, especially in collective spaces, bring fear and concern for the elderly, because hinder the free movement in the territory. On the other hand, there are in the neighborhood certain tradition and possibility to be built friendly relations and support that allow the elderly to feel welcomed, and emphasized that the friendly relations and even institutionalized, such as the work of community health agents, are required to support coexistence and relationships in the elderly lives. It brought the importance of newspapers in the neighborhood and its role as a constitutive element of the support network in communication and information area within the territory. Linking to the world of work, with paid activities, is still a way that the elderly are to remain close to friends and participants of community life. It is difficult to increase the participation of older people for different reasons ranging from the difficulty of mobility within the neighborhood, access to information about the activities available, absence of more agile channels of communication, low adherence to social participation processes in health and social care, older people work as caregivers for other elderly relatives or grandchildren. Situations that hinder greater adherence to the processes of social participation, although it is indicated the importance of these processes to improve the neighborhood. The set of results shows that the elderly have many difficulties to expand its participation in the collective processes in the neighborhood, which sometimes shows hostile in their condition to this group. On the other hand are present potentials gaps and suggestions that indicate the possibility to situate in the process of building the Health Promotion in the territory in which they live, using its features characteristics, life profiles and activities to act autonomously and constitute themselves as protagonists of the processes and actions in the territory. With the science of limits, is credited to this research the possibility that the elements discussed here may offer subsidies for policies geared at healthy aging in the health areas, security, education, social assistance, among others can be rethought and restructured
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-07-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.