• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Doctoral Thesis
DOI
10.11606/T.22.2017.tde-13022017-202954
Document
Author
Full name
Janaina Carvalho Braz Macedo
E-mail
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
Ribeirão Preto, 2016
Supervisor
Committee
Furtado, Maria Cândida de Carvalho (President)
Protti-zanatta, Simone Teresinha
Forster, Aldaísa Cassanho
Pinto, Ione Carvalho
Wolkers, Paula Carolina Bejo
Title in Portuguese
Avaliação da atenção à saúde da criança no contexto da estratégia saúde da família, em um município do estado do Ceará
Keywords in Portuguese
Atenção Primária à Saúde
Avaliação em saúde
Cuidado da criança
Abstract in Portuguese
Objetivo: Avaliar a presença e a extensão dos atributos da Atenção Primária à Saúde (APS) e o grau de afiliação do usuário em Unidades de Saúde da Família (USF) a partir da experiência das mães/cuidadores. Método: Estudo quantitativo, transversal, com dados coletados em todas as 56 equipes de Saúde da Família, da zona urbana de Juazeiro do Norte, CE. Mediante entrevista no domicílio com 317 mães/cuidadores, utilizou-se o instrumento PCATool-Brasil (versões Infantis) e um roteiro com questões relacionadas aos aspectos socioeconômicos e caracterização clínica da criança. Realizou-se análise univariada com a descrição de medidas de tendência central e de dispersão e, posteriormente, os atributos de APS foram analisados em relação às variáveis econômicas e sociais. Realizou-se também dicotomização das variáveis e assim construção de tabelas de contingência com aplicação do teste qui-quadrado de associação. Resultados: Na avaliação da APS, na perspectiva dos cuidadores, o grau de afiliação indicou que 57,1% deles utilizam o mesmo serviço de saúde para o atendimento das crianças, sendo o enfermeiro a pessoa que melhor conhece sua criança. Os subitens do atributo Acesso de primeiro contato (utilização do serviço e acessibilidade) apresentaram escore baixo, como também a Longitudinalidade, apesar de alguns itens avaliados dentro desse atributo apresentarem valores elevados de escore. Coordenação (integração de cuidados) foi outro atributo que revelou baixo escore. Coordenação (sistema de informação) apresentou escore elevado. A Integralidade da atenção (serviços disponíveis) obteve baixo escore. No que diz respeito à Integralidade (serviços prestados), obteve-se elevado escore. Orientação Familiar apresentou o menor escore de todos os atributos avaliados pelo PCATool neste estudo. Da Orientação Comunitária, somente o item "visita domiciliar" obteve escore acima do corte. Desse modo, os escores Essencial e Geral obtiveram valores médios classificados como baixos na avaliação dos cuidadores de menores de um ano. Na fase analítica, verificou-se associação entre as variáveis sociodemográficas "receber auxílio do Bolsa Família" e "histórico de aborto" e o desfecho diarreia, tendo- se que a Bolsa Família (OR=0,51; IC95%:0,31-0,85) foi encontrado como fator de proteção para os episódios de diarreia, enquanto que o histórico de aborto foi chance para esse desfecho (OR=2,25; IC95%:1,15-4,38). Também se buscou associação entre as variáveis sociodemográficas e o desfecho pneumonia e as variáveis que explicaram esse desfecho foram "não acesso ao abastecimento de água na rede pública" e ainda "não utilização dos serviços de Atenção Primária à Saúde"; as crianças nessas condições apresentaram mais chances de serem internadas em algum momento por pneumonia. Conclusão: A avaliação da assistência à saúde da criança no âmbito da Estratégia Saúde da Família evidenciou pouca presença e extensão dos atributos da APS, embora o município disponha de alta cobertura de ESF. Nessa perspectiva, apesar de a ESF ser um cenário preferencial para as ações de promoção à saúde e prevenção de agravos e de se constituir como porta de entrada para os serviços, nesta investigação, não alcançou uma assistência à criança com ênfase na integralidade do cuidado. Além disso, o modelo de assistência sem foco na família e sem participação da comunidade configura, ainda, a execução de práticas assistenciais tradicionais, voltadas para um modelo que pouco permite ampliar o olhar para quem se cuida. Como limitações, tem-se a ocorrência de movimento grevista no período de coleta de dados, momento no qual as famílias tiveram dificuldades de acesso aos serviços de saúde no município, o que pode ter avaliado negativamente os dados. Identificou-se também grande número de cuidadores que indicaram outros serviços da rede assistencial como referência para o cuidado da criança. Esse achado parece fragmentar ainda mais a assistência infantil e ter contribuído para que os atributos da APS fossem mal avaliados. Nesse sentido, os resultados desta investigação, de caráter avaliativo da APS, devem ser discutidos com as instâncias de decisão, com profissionais da rede de saúde e com a comunidade, visto que podem contribuir como ferramentas que orientem as políticas municipais voltadas à assistência da criança. Entendemos que avaliar o cuidado integral à saúde da criança no âmbito da ESF seja apontar caminhos capazes de fortalecer as práticas de saúde e qualificar, ainda mais, a atenção dispensada à criança e sua família
Title in English
Assessing of child healthcare in the context of the Family Health Strategy in a municipality of the state of Ceará
Keywords in English
Child care
Health assessment
Primary Health Care
Abstract in English
Objective: To evaluate the presence and extent of the attributes of Primary Health Care (PHC) and the degree of user membership in the Family Health Units (FHU) from the experience of mothers / caregivers. Method: Quantitative and cross-sectional study, with data collected in all 56 family health teams, in the urban area of Juazeiro do Norte, CE. Through interviews at home with 317 mothers / caregivers, we used the PCATool-Brazil instrument (Infant version) and a script with questions related to socioeconomic and clinical characterization of the child. We conducted univariate analysis with a description of measures of central tendency and dispersion and subsequently APS attributes were analyzed in relation to economic and social variables. It held also dichotomization of variables and so building contingency tables with application of chi-square test of association. Results: In the evaluation of PHC, from the perspective of caregivers, the degree of affiliation indicated that 57.1% of them use the same health service for the care of children, and the nurse is the person who best knows their child. The sub-items of the first contact Access attribute (using the service and accessibility) had low score, as well as Longitudinality, although some items within this attribute presented high values of score. Coordination (integration of care) was another attribute that showed low score. On the other hand, Coordination (information system) showed a high score. Comprehensive care (available services) got low score; on the contrary, Comprehensive care (services offered) obtained high scores. Family Guidance had the lowest score of all attributes assessed by PCATool in this study. For the Community Guidance, only the item "home visit" had a score above the cut. Thus, the Essential and General scores mean values obtained were classified as low in the evaluation of children caregivers. In the analytical phase, there was an association between sociodemographic variables "receiving aid from government" and "abortion history" and diarrhea outcome, and that the family allowance (OR = 0.51; 95% CI:0.31-0.85) was found as a protective factor for episodes of diarrhea, while abortion history was chance for this outcome (OR = 2.25; 95% CI:1.15-4.38). In addition, we sought association between sociodemographic variables and pneumonia outcome, and the variables that explain this outcome were "no access to water supply in the public system," and "non-use of primary health care services"; children in these conditions were more likely to be hospitalized at some point by pneumonia. Conclusion: The evaluation of child health care in Family Health Strategy (FHS) showed little presence and extent of the attributes of PHC, although the municipality available high coverage of this strategy of care. From this perspective, although FHS be a preferred scenario for the actions of promotion of health and disease prevention and to establish itself as the gateway to the services, this research has not achieved a childcare with an emphasis on comprehensive care. In addition, the unfocused care model in the family and no community participation sets also running traditional care practices focused on a model that allows little broaden perspectives for those who was cared. As limitations, there is the occurrence of strike movement in the period of data collection; families probably had difficulties in accessing health services in the municipality, and they may have negatively assessed the services. There were also identified a large number of caregivers who indicated other services delivery networks as a reference for child care. This finding seems to further fragment the child care and have contributed to the attributes of the PHC were poorly evaluated. In this sense, the results of this research should be discussed with decision-makers, health and community network professionals, as they can contribute as tools to guide municipal policies aimed at child care. We understand that evaluate the comprehensive care of children under FHS is able to point out ways to strengthen health practices and qualifying even more the attention which is paid to children and their families
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Publishing Date
2017-02-21
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
CeTI-SC/STI
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2019. All rights reserved.