• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.22.2020.tde-23032020-133618
Documento
Autor
Nome completo
Nathália Teresinha Baptista Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2019
Orientador
Banca examinadora
Leite, Adriana Moraes (Presidente)
Barbosa, Lorena Pinheiro
Fujinaga, Cristina Ide
Goes, Fernanda dos Santos Nogueira de
Título em português
A comunicação no apoio ao aleitamento materno
Palavras-chave em português
Aconselhamento em amamentação
Aleitamento materno
Comunicação
Resumo em português
Introdução: O aleitamento materno tem sido amplamente estudado por todas suas qualidades e benefícios, tanto para a saúde da criança como da mulher. Contudo, amamentar pode ser considerado um processo complexo. A mulher que amamenta deve sentir-se capaz de fazê-lo, sendo que o profissional de saúde compõe a rede de suporte social que a auxilia nesse processo. O aconselhamento em amamentação auxilia a fornecer o apoio necessário às mães, sendo a comunicação destacada como fundamental nesse processo. Objetivos: O objetivo do presente foi conhecer e analisar os aspectos inerentes à comunicação dos profissionais de enfermagem de um Banco de Leite Humano e Unidades de saúde com mulheres que buscam ajuda e apoio na amamentação. Percurso metodológico: Estudo com abordagem qualitativa, que utilizou como orientação metodológica o Estudo de Caso único integrativo para desenvolvimento desta investigação, sob a ótica do Referencial Teórico de Comunicação de Stefanelli e Carvalho (2012) e SILVA (2011) e orientação teórica das habilidades de Aconselhamento em Amamentação (ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE,1997). Para tanto, foi utilizada como estratégias de coleta de dados, a observação participante e gravação de áudio das interações entre os profissionais de enfermagem e as nutrizes nos atendimentos em amamentação. Os dados obtidos foram transcritos e analisados segundo a técnica de Análise Temática dedutiva. Resultados: Os dados foram descritos e analisado em torno de dois grandes temas que foram Comunicação não terapêutica (Subtemas: julgamento; comunicação unidirecional; indução de resposta; falsa tranquilização; ausência do senso de oportunidade e emissão de opinião) e Comunicação terapêutica (Subtemas; aceitação; interesse; frases descritivas; senso de oportunidade, perguntas abertas; estímulo de expressão de sentimentos; demonstração de empatia; oferecimento de sugestão; reconhecimento e elogio; ajuda prática e resumo interação e eliminação de barreiras). Considerações finais: Embora cada profissional tivesse apresentado mais ou menos atitudes, comportamentos e falas que pudessem favorecer uma relação de escuta às mães com vistas a ajudá-las nas suas necessidades durante as interações analisadas, ou seja, mais, ou menos habilidades para se manifestarem de forma a manter a relação terapêutica, mostra-se imperativo que a equipe conheça os elementos da comunicação para que assim, possa lapidar suas ações, no sentido de fazer com que a nutriz se valorize e seja capaz de ajudar a si própria, permitindo soluções e superação das suas dificuldades na vivência da amamentação.
Título em inglês
Communication in breastfeeding support
Palavras-chave em inglês
Breastfeeding
Breastfeeding counseling
Communication
Resumo em inglês
Introduction: Breastfeeding has been widely studied because of its qualities and benefits to the health of both mother and her baby, and it is considered a way to promote Public Health. However, it can be considered a complex process. The breastfeeding woman must feel capable of doing it, and a healthcare professional helps creating a social support network that will ease such process. Breastfeeding counseling must support the mothers, while this therapeutic communication is fundamental in counselling, and it could be a deciding factor for the decision to start and continue breastfeeding. Objectives: The aim of this study is to identify and analyse aspects that are inherent to the communication used by nurses in a Human Milk Bank, a Family Health Unit, a District Basic Health Unit and two Basic Health Units with women that were advised during breastfeeding. Methods: This is a qualitative approach study that used as methodologic orientation the only integrative Case Study to develop this investigation, under the optics of theoretical references from Stefanelli and Carvalho (2012), and Silva (2011) as well as the training course of Breastfeeding Counselling. (WORLD HEALTH ORGANIZATION, 1997). For such, data were collected by participating observation and audio recording of the service provided by nursing professionals to mothers that were counselled on breastfeeding at study locations. Data obtained was transcribed and analysed following the Deductive Thematic Analysis, by Braun and Clarke. Results and Discussion: Data was described and analysed around two major themes: Non Therapeutic Communication (subthemes: judgement, unidirectional communication, response induction, false tranquilization, absence of opportunity sense, giving opinions) and Therapeutic Communication (subthemes: acceptance, interest, descriptive phrases, open questions, feelings expression stimulation, empathy demonstration, giving suggestions, acknowledge and compliment, practical help and shortening interaction). Final considerations: Although each professional had more or less attitudes, behaviors and speech that could favor a listening relationship to the mothers in order to help them in their needs presented in the interactions analyzed, that is, more or less skills to manifest in order to maintain the therapeutic relationship, it is necessary that the professionals know the elements of communication so that they can polish their actions, in order to make the woman to value and be able to help herself, allowing solutions and overcoming her difficulties in the experience of breastfeeding.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-05-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.