• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.22.2012.tde-28022012-142108
Documento
Autor
Nome completo
Fernando Silveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2012
Orientador
Banca examinadora
Mishima, Silvana Martins (Presidente)
Botazzo, Carlos
Fabbro, Amaury Lelis Dal
Matumoto, Silvia
Tomita, Nilce Emy
Título em português
A prática de saúde bucal em uma equipe de saúde da família
Palavras-chave em português
Atenção à Saúde
Cuidados Integrais de Saúde
Interdisciplinaridade
Odontologia em Saúde Coletiva
Programa Saúde da Família
Resumo em português
Esta pesquisa tem por objetivo investigar as possibilidades e os limites para a construção de práticas de Saúde Bucal na produção de cuidado à Saúde por uma Equipe de Saúde da Família. A interação de saberes e a articulação de ações entre atores de distintas disciplinas da saúde podem levar a uma relação interdisciplinar e conformar um campo de competências e responsabilidades voltado para ações de Saúde Bucal Coletiva. O Ministério da Saúde tem enfatizado, junto às equipes de saúde a adoção de práticas interdisciplinares por meio das políticas de Atenção Básica à Saúde, Estratégia Saúde da Família e das Diretrizes Nacionais de Saúde Bucal. Trata-se de um estudo cartográfico do cotidiano da equipe baseado na perspectiva da Pesquisa-Intervenção e fundamentado no Movimento Institucionalista. Trabalhou-se com dados primários produzidos nas reuniões de equipe administrativas e de discussão de casos de família que foram gravadas em áudio e posteriormente transcritas. Também fizeram parte dos dados o diário de campo das atividades de observação participante e das reuniões do grupo de pesquisa e de estudo. No percurso da pesquisa, foram produzidos analisadores que tiveram o objetivo de mobilizar a equipe para produzir um conhecimento a respeito de seu processo de trabalho e da Saúde Bucal, tais como a organização da agenda da Saúde Bucal; a equipe e uma de suas famílias: o caso da família do Sabiá Laranjeira e a discussão sobre a inserção da Saúde Bucal na Equipe de Saúde da Família Rubi. Foram identificados eixos transversais ao conhecimento produzido. Um deles refere-se às relações entre os trabalhadores da equipe, que a consideraram como justaposição de saberes, construída a partir das relações interpessoais. O outro expressa uma das tensões que a equipe vivencia com assistência, atenção à saúde e clínica ampliada. Essas tensões estão baseadas nos desencontros da oferta e da demanda dos serviços na unidade e na valorização exclusiva do aparato tecnológico da saúde. O terceiro eixo trata da alienação presente no processo de trabalho, determinada pela percepção fragmentada dos trabalhadores e usuários a respeito do objeto da produção do cuidado à saúde. O último eixo expõe tensões na arena da Atenção Básica em Saúde e da Estratégia Saúde da Família em função da formação do profissional de saúde para o trabalho em equipe. O método Cartográfico possibilitou acompanhar a processualidade da equipe e expor tensões presentes no seu processo de trabalho. Foi verificado que a construção de um campo de saberes e práticas voltadas para ações de Saúde Bucal Coletiva se constitui em processo influenciado pelas tensões do cotidiano do trabalho em equipe, e que determina a sua configuração ou não. Entretanto, nos momentos em que a interação e articulação foram construídas, mostrou-se potente para compor práticas de saúde mais qualificadas.
Título em inglês
The Oral Health practice in the Family Health Teams
Palavras-chave em inglês
Comprehensive Health Care
Family Health Program
Health Care
Interdisciplinary
Public Health Dentistry
Resumo em inglês
This research aims to investigate the possibilities and limits for the construction of Oral Health practices in the production of health care by a Family Health Team. The interaction of knowledge and the coordination of actions among actors from different health fields can lead to an interdisciplinary relationship and to suit a field of competence and responsibility aimed for actions of Collective Oral Health. The Ministry of Health has emphasized with health teams the adoption of interdisciplinary practices through policies of Primary Care, Family Health Strategy and the National Guidelines on Oral Health. It is a cartographic study of everyday team based on the perspective of Research-Intervention and grounded on the Institutional Movement. Primary data was produced in administrative team meetings and in discussion of family affairs, which were audio taped and later transcribed. The daily field activities of participant observation and of meetings of the group and study were also part of the data. In the course of the research were produced analyzers that aimed to mobilize the team to produce knowledge about their work process and oral health, such as the organization of an agenda of Oral Health; the team and one of their families: the case of the Sabiá Laranjeira Family and the discussion about the insertion of Oral Health in the Rubi Family Health Team. Have been identified crosscutting issue with the produced knowledge. One of them refers to relations among workers of the team, who considered it as a juxtaposition of knowledge and built on interpersonal relationships. Another expresses one of tensions that the team experienced with assistance, health care and extended clinic. These tensions are based on mismatches of supply and demand of services in unity and exclusive enhancement of the technological apparatus of health. The third issue is present in the alienation of work process, given by the fragmented perception of workers and users about the object of the production of health care. The last issue exposes tensions in the arena of Primary Health Care and Family Health Strategy according to the training of health professionals to work as a team. The Cartographic method enabled to follow the procesuality of the team and expose tensions present in their work process. It was found that the construction of a field of knowledge and practices for Oral Health Collective actions are in the process that is influenced by the tensions of daily work as a team, and that determines its configuration or not. However, at times when the interaction and articulation were built, was powerful to make qualified health practices.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
FernandoSilveira.pdf (2.12 Mbytes)
Data de Publicação
2012-03-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.