• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.23.2013.tde-04072013-154254
Documento
Autor
Nombre completo
Ronilza Matos
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2013
Director
Tribunal
Fraga, Mariana Minatel Braga (Presidente)
Duarte, Danilo Antonio
Magalhães, Ana Carolina
Mendes, Fausto Medeiros
Sanabe, Mariane Emi
Título en portugués
Uso da secagem prolongada como uma alternativa de aprimoramento do método de fluorescência a laser na avaliação da atividade de lesões de cárie em dentes decíduos: estudo in vivo
Palabras clave en portugués
Dentes decíduos
Fluorescência a laser
Testes de atividade de cárie
Resumen en portugués
O presente trabalho objetivou testar o uso da secagem prolongada (30s) na tentativa de melhorar a habilidade do método de fluorescência a laser em avaliar a atividade de lesões de cárie oclusais em dentes decíduos. Noventa e três crianças, com idade entre 4 e 14 anos, concluíram todas as fases deste estudo. Um examinador, previamente treinado, realizou as medições, após secagem prévia por 3 segundos (controle) e 30 segundos, com o aparelho de fluorescência a laser (Ddpen) nas superfícies oclusais dos molares decíduos selecionados (n=515). Para a validação concorrente, os dentes previamente selecionados foram classificados por dois examinadores quanto à presença e atividade das lesões de cárie através do critério de inspeção visual ICDAS e a avaliação da atividade das lesões foi realizada através da ponderação mental das características clinicas da lesões. Para a validação preditiva, após 1 ano do exame inicial, 19 crianças foram reexaminados pelos métodos descritos acima. Com o intuito de verificar a habilidade do método em diferenciar lesões ativas e inativas, foram consideradas as medições após 3 s e 30 s de secagem, além da diferença entre essas medidas (DIF 30s-3s). Para isso, foram utilizadas análises de regressão linear multinível. Para a validação preditiva, modelos de regressão logística foram usados e o risco relativo com intervalo de confiança de 95% foi calculado. Houve discreta diferença entre os dois tempos de secagem (3s e 30s). Para as lesões clinicamente em esmalte, não houve diferença na magnitude das leituras do DDpen, independentemente do tempo de secagem utilizado. Entretanto, quando foi considerado somente lesões não cavitadas, observaram-se, em média, maiores leituras para as lesões de cárie inativas do que para as ativas, efeito que desapareceu quando a análise foi ajustada pela pigmentação das lesões não cavitadas. A DIF 30s-3s não contribuiu na diferenciação de lesões inativas e ativas, nem considerando lesões clinicamente em esmalte, nem apenas as lesões não cavitadas. As lesões cavitadas ativas tiveram maior leitura de fluorescência a laser que as lesões inativas. Na validação preditiva, as medidas de fluorescência a laser também não foram associadas à progressão das lesões, nem à alteração do status de atividade. Isso foi válido para ambos os tempos de secagem e para a DIF 30s-3s. Conclui-se que a fluorescência a laser é capaz de diferenciar, quanto à atividade, apenas lesões de cárie cavitadas, independente do tempo de secagem utilizado e que a medida da diferença entre as leituras obtidas após secagem de 3s e 30s não auxilia na classificação do status de atividade das lesões de cárie não cavitadas.
Título en inglés
Use of prolonged drying as an alternative to improve the laser fluorescence method to assess activity caries lesions in primary teeth: an in vivo study
Palabras clave en inglés
Caries activity tests
Laser fluorescence
Primary teeth
Resumen en inglés
The aim of the current study was to test the use of an extended drying period (30s), in order to improve the laser fluorescence ability for assessing active and inactive occlusal caries lesions in primary teeth. Ninety-three children, aged 4- 14 yrs-old, were involved in all steps of the study. One examiner, previously trained, performed measurements with laser fluorescence (Ddpen), after 3s and 30 s of previous air-drying, on the occlusal surfaces of selected primary molars (n=515). For the concurrent validation, all previously selected teeth were classified using the ICDAS and the lesion activity assessment was performed through mental weighing of clinical characteristics. For the predictive validation, 19 children were evaluated again following the same criteria mentioned above. Measurements collected after 3 and 30 s of air-drying, and also the difference between them (DIF 30s-3s) were calculated, aiming to verify the ability of the method to differentiate active and inactive lesions. For this, multilevel linear regression analyses were performed. For the predictive validation, logistic regression models were considered and the relative risk with a confidence interval of 95% was also calculated. A slight difference between values was found, for both drying periods (3s and 30s). Concerning the lesions that were clinically classified in enamel, no significant statistical difference was observed on laser fluorescence readings, independently of air-drying time. However, when considering only non-cavitaded lesions, higher mean readings were observed for the inactive lesions than for the active ones. However, this effect disappeared when adjusting the analysis for the stained non-cavitaded lesions. The DIF 30s-3s did not contribute to distinguishing active and inactive lesions. Active cavitated lesions presented higher DDpen readings than inactive cavitated lesions. In the predictive validation, the measurements of laser fluorescence were not also associated to the greatest risk of progression or changes in the status of the activity. It was concluded that the Ddpen is suitable to differentiate cavitated active and inactive lesions independently of the drying period, and that the difference measurement between the obtained readings after 3s and 30s of air-drying does not help in caries activity assessment of noncavitated caries lesions.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2013-08-19
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.