• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.23.2016.tde-05082016-152441
Documento
Autor
Nombre completo
Laysa Yoshioka
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2016
Director
Tribunal
Raggio, Daniela Prócida (Presidente)
Ferreira, Suzana Beatriz Portugal de Fucio
Tedesco, Tamara Kerber
Título en portugués
Influência da aceleração de presa por meio de ultrassom, luz halógena e diodo emissor de luz nas propriedades e resistência de união à dentina de cimentos de iônomero de vidro
Palabras clave en portugués
Cimento de ionômero de vidro
Dente decíduo
Propriedades mecânicas, Aceleração da reação de presa
Resistência de materiais
Resumen en portugués
Este estudo avaliou a influência da aceleração de presa de cimentos de ionômero de vidro de alta viscosidade (CIVAV) por meio de ultrassom, luz halógena e diodo emissor de luz (LED). Para as análises, os espécimes foram divididos em nove grupos de acordo com o material - CIVAV versão pó-líquido (Fuji Gold Label IX GPGC Corp.), CIVAV versão encapsulado (Equia Fill - GC Corp.) e a aceleração de presa inicial - controle negativo; aplicação de ultrassom por 20s, irradiados com luz halógena por 60s, irradiados com LED por 60s, além de um grupo controle positivo de cimento de ionômero de vidro modificado por resina (CIVMR) versão pó-líquido (Fuji II LC - GC Corp.). Para o teste de resistência flexural (RF) foram preparados 90 espécimes (25x2x2mm) (n=10), após armazenamento em água destilada por 24h a 37°C, os espécimes foram submetidos ao teste de RF de três pontos (1mm/min). Para a análise de rugosidade superficial (RS), 45 espécimes (n=5) previamente preparados para o teste de RF, foram selecionados aleatoriamente em cada grupo. A medida da RS (parâmetros Sa e Ra) do corpo de prova foi dada pela média de 5 leituras realizadas na superfície. Para o teste de resistência de união (RU), 90 molares decíduos (n=10) foram selecionados e cânulas de polietileno foram posicionadas sobre as superfícies planas de dentina pré-tratadas, preenchidas por um dos CIV e aplicado um dos aceleradores de presa de acordo com o grupo experimental. Após armazenamento em água destilada por 24h a 37°C, os espécimes foram submetidos ao teste de microcisalhamento (1,0 mm/min). O padrão de fratura foi analisado em microscópio esteroscópico (400 X). Para avaliar a interação dentina-CIV, foram selecionados 27 caninos decíduos (n=3), foi preparada uma cavidade (4x2x2mm) na superfície vestibular, então a cavidade foi restaurada com um dos CIV propostos pelo estudo para então ser aplicado um dos aceleradores de presa de acordo com o grupo experimental. Após armazenados por 48h a 37ºC e 100% de umidade relativa, os dentes foram seccionados, resultando em fatias com 1mm de espessura. A fatia obtida foi observada em MEV para avaliar qualitativamente possíveis diferenças estruturais. Os valores dos testes de RF, RS e RU foram submetidos a Análise de Variância e teste de Tukey (?=5%). Como resultados na RF, a reação de presa com ultrassom resultou em maiores valores e semelhantes aos grupos controle negativo, independente da forma de apresentação do CIVAV. Para RS (Ra) o grupo Fuji IX mostrou maiores valores quando houve aplicação de ultrassom. Os demais grupos apresentaram resultados semelhantes. Para o parâmetro Sa houve diferença estatística em relação a apresentação do material e Equia Fill apresentou maiores valores de Sa. Para o teste de RU Fuji IX apresentou melhor desempenho nos grupos que receberam ativação por ultrassom e LED. Equia Fill não foi influenciado por nenhum tipo de fonte externa na RU. Com relação ao padrão de fratura, as fraturas adesivas/mistas apresentaram maior frequência independente do grupo experimental. As imagens de MEV mostram a região de interação do material com a dentina. Concluímos que o uso do ultrassom influenciou positivamente na RF, porém gerou maiores valores de RS (Ra) no grupo Fuji IX. Equia Fill tem maiores valores de RS (Sa). LED e ultrassom influenciaram positivamente o grupo Fuji IX na RU.
Título en inglés
Influence of accelaration setting reaction by ultrasound, halogen light and light emitted diode on properties and bond strength of glass ionomer cement
Palabras clave en inglés
Accelerate setting reaction
Deciduous tooth
Glass ionomer cement
Materials resistance
Mechanical properties
Resumen en inglés
This study evaluated the influence of acceleration setting reaction by ultrasound, halogen light and light emitting diode (LED). For the analysis, the specimens were divided into nine groups according to the material - HVGIC powder-liquid version (Fuji Gold Label IX GP- GC Corp.), HVGIC encapsulated version (Equia Fill - GC Corp.) and the acceleration setting reaction original - negative control; ultrasound application for 20 seconds, irradiated with halogen light for 60 seconds, irradiated with LED for 60 seconds, and a positive control group of resin modified glass ionomer cement (RMGIC) powder-liquid version (Fuji II LC - GC Corp.) . For flexural strength test (FS) there were prepared 90 specimens (25x2x2mm) (n=10). After storage in water for 24 hours at 37°C, specimens were subjected to the FS test three points (1min/min). For the surface roughness analysis (SR), 45 specimens (n=5) previously prepared to the FS test were randomly selected from each group, and the average of 5 readings was analysed in Sa and Ra parameters. For the bond strength test (BS) 90 primary molars (n = 10) were selected and polyethylene cannulae were positioned on the flat pretreated dentin surface filled by one of the GICs and apply one of the setting reaction accelerators according to the experimental group. After storage in distilled water for 24 hours at 37°C, specimens were subjected to microshear test (1.0 mm/min). The fracture pattern was analyzed in stereomicroscope (400X). To evaluate the interaction dentin-GIC were selected 27 deciduous canines (n= 3), a cavity (4x2x2mm) was prepared in the buccal surface and then restored with the GIC accordingly to groups. After stored for 48 hours at 37°C and 100% relative humidity, the teeth were sectioned, resulting in slices with 1mm thickness. The slice obtained was observed by scanning electron microscope (SEM) to assess qualitatively possible structural differences. The values of FS testing, SR and BS were submitted to ANOVA and Tukey's test (? = 5%). As a result the FS, the ultrasound with setting reaction resulted in higher values and similar to the negative control group, regardless of the format of the HVGIC. SR for Ra parameter Fuji IX group showed higher values when there was application of ultrasound. The other groups showed similar results. For Sa parameter was no statistical difference regarding the presentation of material and Equia Fill showed higher Sa. For the BS Fuji IX test performed better in the groups receiving activation with Ultrasound and LED. Equia Fill was not influenced by any outside source. Regarding the fracture pattern, the adhesive / mixed fractures prevailed, regardless of experimental group. The SEM images showed the interaction region of the material to dentin. We conclude that the use of ultrasound positively influences the RF, but generated higher SR values (Ra) in Fuji IX group. Equia Fill SR has higher values f(Sa). LED ultrasound and positively influenced the Fuji IX group in the BS.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2016-08-26
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.