• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2012.tde-13042013-100651
Documento
Autor
Nome completo
Elizabeth Puliti
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Vieira, Glauco Fioranelli (Presidente)
Agra, Carlos Martins
Oda, Margareth
Título em português
Avaliação comparativa entre bruxômanos e não bruxômanos quanto à qualidade de vida e a presença de desarmonias orofaciais
Palavras-chave em português
Bruxismo
Bruxismo Diurno
Bruxismo do Sono
Resumo em português
O bruxismo, uma desordem funcional dentária complexa e destrutiva, é representado por duas entidades que possuem diferentes patogêneses, o Bruxismo diurno ou de vigília (BD), e o Bruxismo do Sono (BS). Este estudo objetivou avaliar as características clínicas apresentadas por indivíduos bruxômanos, comparando-os a não bruxômanos. De um universo de 85 indivíduos foram formados um grupo de bruxômanos, e outro de não bruxômanos (grupo controle), utilizando um questionário de auto-relato para o diagnóstico do bruxismo. Ao exame clínico foram observaddas a ocorrência de diferentes fatores referidos na literatura. Nos resultados, após Análise de Variância com medidas repetidas (ANOVA), foi observado que entre o grupo controle e o grupo de bruxômanos, não houve diferenças estatisticamente significantes para a presença de interferência oclusal em protrusiva; lateralidade direita/esquerda; presença de guia de incisivos; presença de guia de caninos bilateral; desvio de linha média; mobilidade dental; recessão gengival; mordida aberta anterior; mordida cruzada anterior; mordida cruzada posterior unilateral; sobremordida; sobressaliência; salto condilar; clicks/estalos na ATM (nos questionários de auto-relato e no exame clínico); ruídos na ATM; limitação da abertura bucal; assimetria facial e para outros hábitos bucais (onicofagia, morder lábios, morder objetos). Entre o grupo controle e o grupo de bruxômanos, houve diferenças estatisticamente significantes para a dor musculatura face; estresse funcional dental; guia de canino unilateral; ausência de guias de caninos; presença de facetas de desgaste; fratura de dentes e/ou restaurações; presença de abfração; hipertonia do músculo masseter. No questionário de qualidade de vida, proposto pela OMS, The WHOQOL Group (1998), Oral Health Impact Profile (OHIP-14) versão simplificada em português, o cansaço foi o único quesito que apresentou diferença estatisticamente significante, no que diferenciou o grupo de bruxômanos do de não bruxômanos.
Título em inglês
Comparative evaluation between bruxists and non bruxists regarding life quality and the presence of orofacial disharmonies
Palavras-chave em inglês
Bruxism
Diurnal Bruxism
Sleep Bruxism
Resumo em inglês
Bruxism, a functional disorder and destructive dental complex, is represented by two entities that have different pathogenesis, as the Diurnal Bruxism (DB), and Sleep Bruxism (SB). This study aimed to evaluate the clinical characteristics displayed by bruxists, comparing them to non bruxists. From a universe of 85 individuals were selected a group of bruxists, and other non bruxists (control group), using a self-report questionnaire for the diagnosis of bruxism. On clinical examination were observaddas the occurrence of different factors reported in the literature. In the results, after Analysis of Variance with repeated measures (ANOVA), was observed between the control group and the bruxists group, there were no statistically significant differences in occlusal interference in protrusive; laterality right / left; guide incisors; canines bilateral guide; midline deviation; tooth mobility; gingival recession; anterior open bite; anterior crossbite; unilateral crossbite; overbite; overjet; jump condylar; clicks / TMJ clicking (on self-report questionnaires and clinical examination); TMJ sounds; limited mouth opening; facial asymmetry and other oral habits (onychophagia, biting lips, biting objects). Between the control group and the group of bruxists, statistically significant differences were observed for pain face muscles; functional dental stress; guide unilateral canine; absence of canine guides; presence of wear facets; broken teeth and / or restorations; presence of abfraction; masseter hypertony; lingual indentations and line Alba. In quality of life questionnaire, proposed by OMS, The WHOQOL Group, 1998, Oral Health Impact Profile (OHIP-14) simplified version in Portuguese, the factor fatigue was the only that showed statistically significant difference distinguishing the bruxists group of the group of non bruxists.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-05-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.