• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2013.tde-04072013-162640
Documento
Autor
Nome completo
Luiza Verônica Warmling
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Jefferson Xavier de (Presidente)
Dutra, Marcelo Eduardo Pereira
Pereira, Marlene Fenyo Soeiro de Matos
Título em português
Avaliação por meio da ressonância magnética do sinal do tecido retrodiscal associado à anotomia de eminência articular do osso temporal na presença de derrame articular e deslocamento do disco com e sem redução em pacientes sintomáticos
Palavras-chave em português
Derrame Articular
Desarmonia interna
Deslocamento do disco
Eminência Articular
Intensidade de Sinal
Ressonância Magnética
Tecido Retrodiscal
Resumo em português
Este estudo avaliou por meio da Ressonância Magnética a intensidade de sinal do tecido retrodiscal associando a anatomia da eminência articular, derrame articular e deslocamento do disco com e sem redução. Para isto, foram analisadas imagens por RM de 48 ATM de 24 indivíduos sintomáticos, sendo 19 (79,2%) do gênero feminino e 5 (20,8%) do gênero masculino. Considerando o posicionamento sagital, cerca de 5 (10,4%) das articulações eram normais, 23 (47,9%) das articulações eram DDCR e 20 (41,7%) eram DDSR. Para a forma da eminência articular, cerca de 15 (31,3%) das articulações foram classificadas como tendo formato de caixa, 12 (25,0%) foram classificadas como sigmoide, 10 (20,8%) como aplainada e 11 (22,9%) das articulações foram classificadas como deformada. A maioria das articulações apresentaram derrame cerca de 32 (66,7%). Das articulações com DDSR, 16 (51,6%) apresentaram derrame e as com DDCR 15 (48,4%). As articulações com DDCR apresentaram 9 (39,15) em forma de caixa, 6 (26,1%) como sigmóide, 3 (13,0%) estavam aplainada e 5 (21,7%) deformadas; as ATM com DDSR apresentaram 5 (25,5%) como caixa, 4 (20,0%) como sigmóide, 6 (30,0%) aplainadas e 5 (25,5%) deformadas. A forma da eminência articular não está relacionada ao posicionamento sagital (p=0,520). O posicionamento sagital do disco não está relacionado à presença de derrame (p=0,281). A intensidade de sinal do TR foi estatisticamente menor no posicionamento sagital DDCR, quando comparado ao posicionamento sagital DDSR (p=0,016). Houve uma tendência da intensidade do sinal do tecido retrodiscal ser maior nas articulações com derrame quando comparado às sem derrame (p=0,065). Não houve relação entre posicionamento sagital do disco e derrame. E por fim, o presente estudo não conseguiu estabelecer uma relação entre o sinal do tecido retrodiscal e eminência articular (p=0,159).
Título em inglês
Evaluation of MRI signal intensity of retrodiscal tissue associated with morphology of the articular eminence of the temporal bone,TMJ effusion status, and disc disc displacement with and without reduction in symptomatic patients.
Palavras-chave em inglês
Articular eminence
Disk Displacement
Internal Derangement
Joint effusion
MRI
Retrodiscal tissue
Signal Intensity
Resumo em inglês
This study evaluated MR signal intensity of retrodiscal tissue associated with articular eminence morphology, joint effusion status, and disc displacement with and without reduction (DDwR and DDwoR, respectively). Forty-eight TMJ MR images of 24 symptomatic subjects (19 females and 5 males) were analyzed. For the sagittal position, 5 (10.4%) joints were normal, 23 (47.9%) showed DDwR and 20 (41.7%) DDwoR. Regarding articular eminence morphology, 15 (31.3%) joints were classified as box-shaped, 12 (25.0%) as sigmoid, 10 (20.8%) flattened and 11 (22.9%) deformed. The majority of TMJs (32 or 66.7%) showed effusion. Sixteen (51.6%) of the TMJs with DDwoR had effusion versus 15 (48.4%) of those with DDDwR. Of TMJs with DDwR, 9 (39.1%) were box-shaped, 6 (26.1%) sigmoid, 3 (13.0%) flattened and 5 (21.7%) deformed. Among joints with DDwoR, 5 (25.5%) were boxshaped, 4 (20.0%) sigmoid, 6 (30.0%) flattened and 5 (25.5%) deformed. As a conclusion, articular eminence shape was not related to sagittal position of the disk (p = 0.520). Sagittal position of the disk was not related to presence of effusion (p = 0.281). Signal intensity of retrodiscal tissue (RT) was statistically lower in the DDwR sagittal position than in DDwoR cases (p = 0.016). There was a tendency for higher RT signal intensity in joints with effusion versus those without effusion (p = 0.065). No relationship between sagittal position of the disc and effusion was observed. No relationship between signal intensity of retrodiscal tissue and shape of articular eminence was identified (p = 0.159).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-08-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.