• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.23.2010.tde-22122010-120700
Documento
Autor
Nombre completo
Marco Antonio Portela Albuquerque
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2010
Director
Tribunal
Cavalcanti, Marcelo de Gusmao Paraiso (Presidente)
Kurita, Lucio Mitsuo
Medeiros, Igor Studart
Pereira, Marlene Fenyo Soeiro de Matos
Sales, Marcelo Augusto Oliveira de
Título en portugués
Avaliação volumétrica de defeitos ósseos em fissuras de rebordo alveolar e palato duro por meio da 3D-TC multislice e feixe cônico
Palabras clave en portugués
Análise Volumétrica
Fissura oral
TC Multislice
TC por Feixe Cônico
Resumen en portugués
As fissuras de rebordo alveolar e palato duro estão entre as malformações mais frequentes do corpo humano, podendo causar extensas deformidades ósseas faciais, com implicações biopsíquico-sociais marcantes. A avaliação da extensão desses defeitos ósseos, através de exames por imagem, tem sido feita com o objetivo de diagnosticar e planejar a terapêutica reabilitadora dos pacientes. O presente estudo tem por objetivo desenvolver uma metodologia de pós-processamento de imagens tomográficas para avaliação volumétrica de defeitos ósseos confeccionados em palato duro e rebordo alveolar de crânios macerados, mimetizando fissuras trans-forâmens unilaterais, e verificar a aplicabilidade clínica do Tomógrafo Computadorizado espiral Multislice e do tomógrafo computadorizado por feixe cônico na análise desses defeitos. Para tanto, nove crânios provenientes da Faculdade Cathedral, da cidade de Boa Vista- RR, foram escaneados em um Tomógrafo Computadorizado Multislice pertencente ao Hospital Geral de Roraima e em um tomógrafo computadorizado por feixe cônico de uma clínica privada, na cidade de Fortaleza-CE. As imagens foram, posteriormente, encaminhadas para análise ao Laboratório em Terceira Dimensão(LAB-3D) da Faculdade de Odontologia da USP, utilizando-se uma estação de trabalho independente e aplicando-se programas específicos de computação gráfica. Todas as imagens foram analisadas por dois examinadores, individualmente e em tempos distintos, por duas vezes, com o objetivo de processarmos análises intra e interexaminadores. Para a análise da metodologia de processamento de imagens, comparamos os resultados obtidos pelo Tomógrafo multislice utilizando crânios sem cera e com cera de modelagem número 07, na região do defeito ósseo, para auxiliar no seu delineamento, durante o pós-processamento das imagens tomográficas. Foram também avaliados os resultados volumétricos obtidos nos dois tipos de tomógrafos,com o objetivo de verificar a aplicabilidade dessas tecnologias na avaliação volumétrica dos defeitos ósseos fissurais e de comparar os resultados obtidos por cada uma delas. Todos os resultados foram comparados com os valores estabelecidos pelo padrão - ouro de nossa análise, que foram obtidos através do princípio de Arquimedes de deslocamento de água dos modelos de cera que foram utilizados. Os resultados estatísticos demonstraram que a metodologia de processamento das imagens tomográficas apresentou uma eficácia bastante elevada (p=0,995), sendo considerada eficiente na avaliação volumétrica de defeitos ósseos fissurais. Com relação aos tomógrafos utilizados, observamos que tanto o multislice como o por feixe cônico também apresentaram resultados satisfatórios, apresentando grande confiabilidade para o estudo do volume dos defeitos ósseos fissurais (p=0,997 e p=0,981, respectivamente), não havendo diferença nos resultados encontrados por eles. As análises intra e interobservadores nos dois tipos de tomógrafos não demonstraram diferença estatisticamente significativa. Os resultados evidenciaram que, independente do tipo de tomógrafo utilizado e do avaliador, as medidas obtidas são estatisticamente iguais às conseguidas pelo padrão-ouro de nossa análise. A aplicabilidade clínica de nossa pesquisa demonstrou ser direta e imediata, sendo importante no processo diagnóstico/terapêutico dos pacientes portadores de fissuras de rebordo alveolar e palato duro.
Título en inglés
Volumetric assessment of hard palate and alveolar cleft using multislice and cone beam 3DCT
Palabras clave en inglés
Cone Beam CT
Multislice CT
Oral Cleft
Volumetric Assessment
Resumen en inglés
Oral clefts are one of the most frequent malformations of the human body, causing extensive facial bone deformities, compromising biological, psychic and social the individuals affected. Multislice CT and CBCT have been used to assess the volume of bone defect with the goal of diagnosis and rehabilitative therapy planning of the patients. The aim of this study were to develop a methodology for post-processing of tomographic images for volumetric assessment of bone defects made in the hard palate and alveolar ridge of dry skulls, mimicking unilateral trans-foramen clefts; and to determine the clinical applicability of multislice spiral computed tomography, and cone beam computed tomography in the analysis of these defects. Nine dry skulls from the Cathedral College in Boa Vista-RR were scanned on a multislice CT scanner at the Hospital Geral de Roraima and a cone beam computed tomography in a private clinic in Fortaleza-CE. The images were sent for analysis at Three Dimensional Laboratory (LAD-3D) of the Dentistry School, São Paulo University, using an independent workstation and implementing specific computer graphics programs. All images were analyzed by two examiners at different times and twice to proceed the intra and inter-examiners analysis. For analysis the methodology of image processing, we compared the results obtained by multislice CT using skulls with and without wax model in the region of bone defect. It was also analyzed the same images in both types of CT scanners in order to determine the applicability of these radiographic techniques in assessing volume of the clefts and to compare the results. All results were compared with the gold standard of our analysis, which was obtained by Archimedes principle of water displacement of wax models. The statistical results showed that the post processing methodology of tomographic images showed a high efficiency (p = 0.995) and was considered an efficient method for volumetric assessment of fissure bone defects. It was also observed that both multislice CT and cone beam CT showed excellent results with high reliability in the study of the volume of bone defects (p = 0.997 and p = 0.981, respectively), with no difference in performance between them. Analysis of intra-and inter-observer in the two types of CT scanners showed no statistically significant difference. The results demonstrate that independent of the type of CT scanner and the appraiser, the measurements are statistically equal to the gold standard obtained by our analysis. The clinical applicability of our research has shown to be immediate and direct, and it is important for the diagnostic and therapeutic process of patients with oral cleft.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2011-04-08
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.