• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2017.tde-04032017-093657
Documento
Autor
Nome completo
Sandra Barbosa Moraes de Almeida
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Medeiros, Igor Studart (Presidente)
Daronch, Márcia
Francci, Carlos Eduardo
Rios, Luciana Fávaro Francisconi dos
Título em português
Avaliação das propriedades físicas de resinas compostas restauradoras pré-aquecidas e resinas fluidas com a finalidade de cimentação de facetas cerâmicas
Palavras-chave em português
características físicas de resinas compostas
cimentação adesiva
cimentação de facetas
pré-aquecimento de resinas compostas
Resumo em português
Este estudo teve o objetivo de avaliar as propriedades físicas de resinas compostas restauradoras pré-aquecidas e de resinas fluidas com finalidade de cimentação de facetas de cerâmicas em comparação aos cimentos resinosos. Foram produzidos corpos de prova de duas marcas comerciais 3M ESPE e Ivoclar Vivadent, sendo: duas resinas restauradoras (Filtek Z250XT e Tetric N Ceram) nas condições: temperatura ambiente (RZ e RT), aquecidas à 45°C (RZ45 e RT45), aquecidas à 60°C (RZ60 e RT60); duas resinas fluidas (Filtek Z350 Flow e Tetric N Flow) denominadas FZ e FT e dois cimentos resinosos (Relyx Veneer e Variolink N) denominados CR e CV. Os grupos experimentais foram avaliados quanto à espessura de película por duas metodologias, resistência à flexão biaxial (RFB) e módulo de elasticidade (ME) executados em máquina de ensaio universal (modelo 5565, Instron Corp, Canton MA, EUA), microdureza Knoop feitas em microdurômetro (Shimadzu HMV-2, Tóquio, Japão) e diferença de cor (?E), razão de contraste e opalescência realizadas no espectrofotômetro CM-3770 (Konica Minolta, Japão). Os dados foram avaliados por análise de variância e teste de Tukey (p<0,05). As resinas restauradoras apresentaram películas com espessura maiores que 100 ?m, enquanto as resinas fluidas e os cimentos resinosos apresentaram valores menores que 50 ?m. Os grupos experimentais RZ, RZ45 e RZ60 apresentaram os maiores valores de KHN, RFB e ME. Os grupos RT, RT45, RT60, FT, CV e CR apresentaram os menores valores de RFB e semelhantes entre si. Para a KHN, os grupos RT, RT45, RT60, FZ e CR apresentaram valores intermediários e semelhantes entre si, e superiores aos grupos FT e CV. Os resultados de ?E mostraram valores acima de 2 para todos os grupos experimentais, com exceção do RZ60. Os maiores valores de ?E foram evidenciados nos grupos RT45 e RT60. A razão de contraste foi estatisticamente menor para o grupo CV e os maiores valores de opacidade foram encontrados nos grupos RZ, RZ45 e FZ. A opalescência foi superior nos grupos FZ, CR, FT e CV. Considerando as limitações do presente estudo, concluiu-se que os tratamentos térmicos não alteraram as propriedades mecânicas das resinas restauradoras e não promoveram uma redução da espessura de película que atenda aos requisitos da ISO4049. As resinas fluidas e os cimentos apresentaram espessura de película inferior à 50?m e propriedades mecânicas que atendem à normativa ISO4049. A opalescência maior foi encontrada nos cimentos resinosos e a diferença de cor e razão de contraste apresentaram resposta grupo dependente.
Título em inglês
Evaluation of the physical properties of preheated restorative resin composites and fluid resins for ceramic veneer cementation
Palavras-chave em inglês
adhesive cementation
physical properties of resin composites
preheated resin composites
veneer cementation
Resumo em inglês
The objectives of this study were to evaluate the physical properties of preheated restorative resin composites and fluid resins with the purpose of cementation of ceramic veneers in comparison to resin cements. Specimens were prepared with two restorative resin composites (Filtek Z250XT and Tetric N Ceram), in the following conditions: room temperature (RZ; RT), heated at 45°C (RZ45; RT45), and heated at 60°C (RZ60; RT60). Two flowable resins (Filtek Z350 Flow and Tetric N Flow) named FZ and FT and two resin cements (Relyx Veneer and Variolink N), called CR and CV, were also used. The experimental groups were evaluated in regards to film thickness with two methodologies; biaxial flexure strength (BFS) and modulus of elasticity (ME) (model 5565, Instron Corp, Canton MA, USA); Knoop microhardness test (KMT) (Shimadzu HMV-2, Tokyo, Japan), color difference (?E), contrast ratio and opalescence test (CM-3770d, Konica Minolta, Japan). Data were assessed by ANOVA and a post-hoc Tukey test (p<0.05). The restorative resins presented film thickness larger than 50?m, whereas the flowable resins and resin cements showed inferior values. The experimental groups RZ, RZ45 and RZ60, revealed greater values of KHN, BFS and ME. The RT, RT45, RT60, FT, CV and CR groups showed lower values for BFS and similar to each other. For KHN the RT, RT45, RT60, FZ and CR groups exposed intermediate and similar values to each other, and superior values to FT and CV groups. Color difference (?E) results demonstrated results superior than 2 for all experimental groups, with the exception of RZ60 group. The greater values of ?E were shown in RT45 and RT60 groups. Contrast ratio was statistically lower for the CV group and the highest values of opacity were verified in RZ, RZ45 and FZ groups. Opalescence was superior in FZ, CR, FT and CV groups. Considering the limitations of this study, the results demonstrated that preheated treatments did not modify the mechanical properties of restorative resin composites and didn't reduce film thickness which attend to ISO4049 parameters. Flowable resins and cements obtained film thickness inferior to 50?m and biaxial flexure strength results that are presented by the ISO4049. The greater opalescence was shown in the resin cements, also color difference and contrast ratio revealed results that were group dependent.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-03-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.