• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2016.tde-19012016-155330
Documento
Autor
Nome completo
Bernar Monteiro Benites
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Gonçalves, Alyne Simões (Presidente)
Dyszy, Fábio Henrique
Nogueira, Fernando Neves
Título em português
Determinação da presença de 5-FU na saliva de hamsters que receberam o quimioterápico pela técnica de Cromatografia Líquida de Alta Eficiência
Palavras-chave em português
5-Fluorouracil
Cromatografia de Alta Eficiência
Excreção salivar
Quimioterapia
Saliva de Hamsters
Resumo em português
Vários métodos de análise para o ensaio do quimioterápico 5-Fluorouracil (5-FU) em fluidos biológicos de humanos e animais, foram previamente relatados. Considerando que a administração do 5-FU altera de alguma maneira a morfologia e função das glândulas salivares, e que a presença do quimioterápico na mucosa oral pode levar a algumas complicações orais, este trabalho teve como objetivo de determinar a presença de 5-FU na saliva de hamsters que receberam o quimioterápico pela técnica de Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE), uma vez que este modelo animal é usado nos estudos com mucosite oral e hipofunção glandular, induzidas por 5-FU. Doze animais foram divididos em 4 grupos: CP e CPI, onde os animais receberam intraperitonealmente pilocarpina (CP) ou pilocarpina + isoproterenol (CPI) e o veículo do quimioterápico, e os grupos QP e QPI, onde os animais receberam, respectivamente, os mesmos secretagogos listados acima e o quimioterápico 5-FU. Após a administração do secretagogo, foi coletada a saliva de todos os animais, por um período de 60 min. Em seguida, a saliva foi congelada a -80 ?C para posterior determinação do quimioterápico por CLAE. Após análise dos cromatogramas, e com base nos resultados obtidos, foi possível identificar a presença do 5-FU nas amostras de saliva de hamsters que receberam o quimioterápico via intraperitoneal pela técnica da CLAE.
Título em inglês
Determining the presence of 5-FU in the saliva of the hamsters that received chemotherapy by liquid chromatography of high efficiency
Palavras-chave em inglês
5-Fluorouracil
Chemotherapy
Chromatography High Performance
Saliva hamsters
Salivary excretion
Resumo em inglês
Various analytical methods for testing the chemotherapeutic agent 5-fluorouracil (5-FU) in biological fluids of humans and animals have been reported previously. Whereas the administration of 5-FU alter in any way the morphology and function of the salivary glands, and that the presence of chemotherapy in the oral mucosa can lead to some oral complications, this study aimed to determine the presence of 5-FU in chemotherapy treated hamsters saliva by Liquid Chromatography High Performance (HPLC), since this animal model is used in studies of oral mucositis and gland hypofunction induced by 5-FU. Twelve animals were divided into 4 groups: intraperitoneally pilocarpine (CP), pilocarpine + isoproterenol (CPI) and the chemotherapy of the vehicle, and the QP and QPI groups where the animals were, respectively, the same secretagogues listed above and 5-FU chemotherapy. After administration secretagogue, the saliva from all animals was collected for a period of 60 min. Then the saliva was frozen at -80 ºC for subsequent determination of chemotherapy by HPLC. After analysis of chromatograms, and based on the results obtained, it was possible to identify the presence of 5-FU in Hamsters saliva samples that received intraperitoneal chemotherapy via the technique of HPLC.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-02-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.