• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Manuel Rubio Morillo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Villar, Cristina Cunha (Presidente)
Pimentel, Suzana Peres
Romito, Giuseppe Alexandre
Silva, Valéria Gondim da
Título em português
Avaliação da presença de microrganismos periodontopatogênicos em amostras subglóticas de pacientes intubados e mecanicamente ventilados, submetidos a cirurgias eletivas
Palavras-chave em português
Clorexidina
Microbiologia
Periodontite
Pneumonia Associada à Ventilação Mecânica
Resumo em português
A pneumonia associada à ventilação mecânica (PAVM) é uma condição inflamatória infecciosa cuja etiopatogenia ainda está mal definida. Embora a principal via de infecção do trato respiratório inferior permaneça desconhecida, a colonização do trato orofaríngeo é geralmente considerada como a principal via de infecção para PAVM. Desta forma, o objetivo deste estudo foi avaliar a presença de microrganismos periodontopatogênicos em amostras subglóticas de pacientes intubados e mecanicamente ventilados, submetidos a cirurgias eletivas. Adicionalmente, este estudo avaliou o impacto do estado de saúde periodontal e da descontaminação bucal com clorexidina (CHX) na quantificação destes microrganismos. Foram incluídos 43 pacientes programados para cirurgia eletiva sob anestesia geral com intubação orotraqueal. Um exame periodontal de boca toda foi realizado anteriormente a cirurgia. A periodontite foi definida como: i) dois ou mais sítios interproximais com nível clínico de inserção (NIC) >=4 mm ou dois ou mais sítios interproximais com profundidade clínica de sondagem (PCS) >= 5 mm (Definição 1); ii) NCI >= 4 mm ou PCS >= 5 mm em pelo menos seis sítios interproximais (Definição 2); e iii) NCI >= 4 mm ou PCS >= 5 mm em pelo menos dois sítios interproximais em cada quadrante (Definição 3). No dia da cirurgia, os pacientes foram randomizados em dois grupos que fizeram um enxague intraoral com 15 ml de CHX 0,12% (teste) ou solução salina (controle) por 30 segundos. Após 3h de intubação orotraqueal, o conteúdo da região subglótica foi aspirado e armazenado a -80ºC. A quantificação de Aggregatibacter actinomycetemcomitans (A. actinomycetemcomitans), Porphyromonas gingivalis (P. gingivalis) e Tannerella forsythia (T. forsythia) foi feita pela reação em cadeia da polimerase quantitativa em tempo real. As contagens de P. gingivalis, T. forsythia e A. actinomycetemcomitans não diferiram entre pacientes periodontalmente saudáveis e aqueles diagnosticados com periodontite, independentemente da definição de periodontite (p> 0,05). De forma análoga, nenhum dos parâmetros periodontais avaliados tiveram impacto nas contagens subglóticas de P. gingivalis, T. forsythia e A. actinomycetemcomitans (p> 0,05). Por fim, o grupo que recebeu um enxague intraoral único pré-intubação com CHX 0,12% apresentou níveis reduzidos de P. gingivalis e A. actinomycetemcomitans em amostras do conteúdo subglótico. Em resumo, este estudo demonstrou presença de microrganismos periodontopatogênicos na região subglótica de pacientes intubados e mecanicamente ventilados. Enquanto a descontaminação intraoral em dose única com CHX foi associada com níveis reduzidos de A. actinomycetemcomitans e P. gingivalis, o estado de saúde periodontal não interferiu nos níveis de A. actinomycetemcomitans, P. gingivalis e T. forsythia na região subglótica.
Título em inglês
Evaluation of the presence of periodontopathogenic microorganisms in subglottic samples of intubated and mechanically ventilated patients submitted to elective surgeries
Palavras-chave em inglês
Chlorhexidine
Microbiology
Periodontitis
Ventilator-associated pneumonia
Resumo em inglês
Ventilator-associated pneumonia (VAP) is an infectious inflammatory condition whose etiopathogenesis is still poorly defined. Although the main route of infection to the lower respiratory tract remains unknown, colonization of the oropharyngeal tract is generally considered the main route of infection for VAP. Thus, the objective of this study was to evaluate the presence of periodontopathogenic microorganisms in subglottic samples of intubated and mechanically ventilated patients submitted to elective surgeries. Furthermore, this study evaluated the impact of periodontal health status and oral decontamination with chlorhexidine (CHX) on the quantification of these microorganisms. 43 patients scheduled for elective surgery under general anesthesia with orotracheal intubation were included. Full-mouth periodontal examination was performed prior to surgery. Periodontitis was defined as: i) two or more interproximal sites with clinical attachment level (CAL) >=4 mm or two or more interproximal sites with clinical probing depth (CPD) >= 5 mm (Definition 1); ii) CAL >= 4 mm or CPD >= 5 mm in at least six interproximal sites (Definition 2); and iii) CAL >= 4 mm or CPD >= 5 mm in at least two interproximal sites in each quadrant (Definition 3). On the day of surgery, patients were randomized into two groups that rinsed preoperatively with 15 ml CHX 0.12% (test) or saline (control) for 30 seconds. After 3h of orotracheal intubation, the contents of the subglottic region were aspirated and stored at -80°C. Quantification of Aggregatibacter actinomycetemcomitans (A. actinomycetemcomitans), Porphyromonas gingivalis (P. gingivalis) and Tannerella forsythia (T. forsythia) was done by quantitative real-time polymerase chain reaction. P. gingivalis, T. forsythia, and A. actinomycetemcomitans counts did not differ between periodontally healthy patients and those diagnosed with periodontitis, regardless of the definition of periodontitis (p> 0.05). Similarly, none of the periodontal parameters evaluated had an impact on the subglottic counts of P. gingivalis, T. forsythia and A. actinomycetemcomitans (p> 0.05). Finally, the group receiving a single pre-intubation intraoral rinse with CHX 0.12% presented reduced levels of P. gingivalis and A. actinomycetemcomitans in samples of the subglottic content. In summary, this study demonstrated the presence of periodontopathogenic microorganisms in the subglottic region of intubated and mechanically ventilated patients. While a single dose intraoral decontamination with CHX was associated with reduced levels of A. actinomycetemcomitans and P. gingivalis, the periodontal health status did not affect the levels of A. actinomycetemcomitans, P. gingivalis and T. forsythia in the subglottic region.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-08-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.