• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2008.tde-20012009-113341
Documento
Autor
Nome completo
Silvia Linard Marcelino
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Romito, Giuseppe Alexandre (Presidente)
Caramelli, Bruno
Figueiredo, Magda Gomes Feres
Título em português
Ocorrência de bactérias periodontais em ateromas coletados de artéria coronária de pacientes portadores de periodontite crônica
Palavras-chave em português
Artéria coronária
Aterosclerose
PCR
Periodontite crônica
Riodontopatógenos
Resumo em português
Hoje em dia existe um consenso de que a prevenção e o tratamento de doenças periodontais são importantes na redução de mortalidade e morbidade associadas à doença cardíaca, e uma correlação entre aterosclerose e doença periodontal ainda é desconhecida. Neste estudo, a presença de Porphyromonas gingivalis, Porphyromonas endodontalis, Prevotella intermedia, Prevotella nigrescens, Tannerella forsythia, Treponema denticola, Fusobacterium nucleatum, Aggregatibacter actinomycetemcomitans, Campylobacter rectus e Enterococcus faecalis em placas de ateroma de artérias coronárias foram detectadas. Trinta pacientes programados para endarterectomia, 28 pacientes com periodontite crônica e 2 sem doença periodontal foram incluídos no estudo. DNA bacteriano foram extraídos dos ateromas e a presença de bactérias periodontais foram detectadas através da reação em cadeia da polimerase. DNA bacteriano periodontal foi encontrado em 28 amostras de ateroma de pacientes periodontais: P. gingivalis em 14 (50%); P. nigrescens em 4 (14,3%), P. intermedia em 3 (10,7%); E. faecalis em 3 (10,7%), T. forsythia em 2 (7,1%); A. actinomycetemcomitans em 2 (7,1%); C. rectus em 2 (7,1%); T. denticola em 1 (3,6%); e P. endodontalis em 1 (3,6%). Fusobacterium nucleatum não foi encontrado em nenhuma das amostras analisadas. Em duas amostras de ateroma de pacientes sem doença periodontal, P. gingivalis e E. faecalis foram observadas em uma amostra e P. intermedia em ambas as amostras. Nossos resultados sugerem que a presença de P. gingivalis em ateroma de artérias coronárias pode apresentar um envolvimento com aterosclerose e parecendo ser um microrganismo da relação aterosclerose e periodontite crônica.
Título em inglês
Occurrence of periodontal bacteria in atheroma coronary arteries from patients with chronic periodontitis
Palavras-chave em inglês
Atherosclerosis
Chronic periodontitis
Coronary arteries
PCR
Periodontopathogens
Resumo em inglês
Nowadays there is a consensus that prevention and treatment of periodontal diseases are important in the reduction of mortality and morbidity associated to cardiovascular diseases, and a correlation between atherosclerosis and periodontal disease is still unclear. In this study, the presence of Porphyromonas gingivalis, Porphyromonas endodontalis, Prevotella intermedia, Prevotella nigrescens, Tannerella forsythia, Treponema denticola, Fusobacterium nucleatum, Aggregatibacter actinomycetemcomitans, Campylobacter rectus and Enterococcus faecalis in atheroma plaques from coronary arteries was determined. Thirty patients scheduled for endarterectomy, 28 patients with chronic periodontitis and 2 without periodontal diseases were included in this study. Bacterial DNA was extracted from atheroma and periodontal bacteria detection was done by polymerase chain reaction. Periodontal bacterial DNA was found in 28 atheroma samples from periodontal patients: P. gingivalis in 14 (50%); P. nigrescens in 4 (14.3%); P. intermedia in 3 (10.7%); E. faecalis in 3 (10.7%), T. forsythia in 2 (7.1%); A. actinomycetemcomitans in 2 (7.1%); C. rectus in 2 (7.1%); T. denticola in 1 (3.6%); and P. endodontalis in 1 (3.6%) samples. Fusobacterium nucleatum was not detected in any atheroma analyzed. In two atheroma samples from patients without periodontal disease, P. gingivalis and E. faecalis were observed in one sample and P. intermedia in both samples. Our results suggest that the presence of P. gingivalis in atheroma from coronary arteries may be involved in atherosclerosis, and it appears to be a relationship microorganism atherosclerosis and chronic periodontitis.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-03-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.