• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Doctoral Thesis
DOI
10.11606/T.23.2015.tde-21092015-171717
Document
Author
Full name
Rodrigo Albuquerque Basilio dos Santos
E-mail
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
São Paulo, 2015
Supervisor
Committee
César Neto, João Batista (President)
Corrêa, Mônica Grazieli
Godoy, Flávia Sukekava
Villar, Cristina Cunha
Zangrando, Mariana Schutzer Ragghianti
Title in Portuguese
Influência de diferentes doses de PTH sintético (1-34) sobre a reparação de enxertos ósseos autógenos. Estudo em ratos
Keywords in Portuguese
Osseointegração
Regeneração óssea
Teriparatida
Transplante ósseo
Abstract in Portuguese
O objetivo do presente estudo foi investigar o efeito do hormônio paratireoideano sintético (1-34) na reparação de enxertos ósseos autógenos, fixados próximo ao ângulo da mandi?bula de ratos. Adicionalmente, foi avaliado se doses mais baixas que as estudadas previamente (em outros modelos experimentais) ainda apresentam um efeito osteoanabólico, favorecendo a integração do enxerto ao leito. Para isto, realizou-se um estudo paralelo, cego onde foram utilizados 50 ratos Wistar machos adultos. Sob anestesia geral, uma trefina de diâmetro interno de 3,5 mm foi utilizada para a remoção do enxerto ósseo em bloco da calva?ria do animal. O enxerto foi fixado próximo ao ângulo da mandi?bula do rato, na cortical vestibular, através de um implante de titânio (1,4 mm de diâmetro e 2,5 mm de comprimento). Após o procedimento cirúrgico, os animais foram sorteados para receber um dos seguintes tratamentos: grupo 1: injeções do veículo necessário para a dissolução do hormônio (n=15); grupo 2: injeções subcutâneas de 2 ?g/kg de PTH sintético (1-34) três vezes por semana (n=15) e grupo 3: injeções subcutâneas de 40 ?g/kg de PTH sintético (1-34) três vezes por semana (n=15). Trinta dias após a cirurgia, os animais foram sacrificados, e as peças contendo o enxerto, o implante e o osso circundante removidas e processadas histologicamente para cortes não descalcificados. Os seguintes parâmetros histométricos foram avaliados nas regiões adjacentes ao implante: espessura total do conjunto leito+gap+enxerto (ET) e espessura do enxerto (EE). E os seguintes parâmetros foram avaliados dentro dos limites das roscas dos implantes: preenchimento ósseo (PR) e contato direto com a superfície do implante (CD). Cinco animais foram sacrificados imediatamente após o procedimento cirúrgico (tempo zero) fornecendo referências iniciais das dimensões do enxerto, gap e leito antes da reparação óssea. A análise histométrica mostrou que o grupo 3 apresentou um ganho ósseo significantemente maior quando comparado aos grupos 1 e 2 (i.e. segundo os parâmetros ET e EE, p<0,05). Além disso, os valores de ET e EE do grupo 3 foram muito próximos aos apresentados no tempo zero. Não foram observadas diferenças entre os grupos para PR e CD (p>0,05). Dentro dos limites desse estudo, pode-se concluir que a administração sistêmica do PTH (1-34) potencializou o ganho ósseo conseguido com enxertos autógenos, prevenindo a contração do enxerto.
Title in English
Influence of different doses of synthetic PTH (1-34) on autogenous bone graft healing. Study in rats
Keywords in English
Bone regeneration
Bone transplantation
Dental implants
Osseointegration
Parathyroid hormone
Abstract in English
PTH has been investigated for its benefits on bone healing and osteoporosis treatment; however, there is poor information regarding bone grafts. This study therefore investigated the effect of PTH on autogenous bone graft healing. One bone graft was harvested from the calvarium with a trephine bur (3mm internal diameter), and placed on the cortical near the mandible angle with a titanium screw. The animals were randomly assigned to: G1-(control): subcutaneous injections of vehicle solution, three-times/week (n=15); G2 - 2?g/Kg of PTH(1-34), three-times/week (n=15); G3 - 40?g/Kg of PTH(1-34), three-times/week (n=15). These animals were killed 30 days postoperatively, the specimens (implant+bed+graft) removed and used for undecalcified sections. The following histometric parameters were evaluated: total bone thickness (bed+gap+graft - TT), graft thickness (GT) (adjacent to the implant), Bone-to-implant contact (BIC), and bone area (BA) (within the limits of the threads). Five additional animals were sacrificed immediately after surgery (zero hour-ZH) to register bed and graft sizes prior to healing. G3 presented a significantly greater bone gain when compared to G1 and G2 (TT and GT, p<0,05). In relation to initial thickness (ZH), G1 and G2 showed a total contraction of 15,91% and 20,83%, respectively, while G3 showed a slight bone gain (1.21%). Data analysis revealed a significant difference for G3, when compared to G1 and G2 (p <0.01). No differences were observed for BIC and BA (p>0,05). Systemic administration of PTH (1-34) prevented graft contraction and increased bone augmentation after the autogenous bone graft healing.
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Publishing Date
2015-09-23
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
Centro de Informática de São Carlos
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2020. All rights reserved.