• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2009.tde-11122009-160411
Documento
Autor
Nome completo
Monira Samaan Kallás
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Crosato, Edgard Michel (Presidente)
Mori, Matsuyoshi
Narvai, Paulo Capel
Título em português
Tradução e adaptação transcultural da escala de incapacidade de dor orofacial de Manchester
Palavras-chave em português
Dor Orofacial
Qualidade de Vida
Tradução e adaptação transcultural
Resumo em português
Neste estudo foi realizada a tradução e adaptação transcultural para o português no contexto da cultura brasileira e validada a versão do Questionário de Incapacidade decorrente de Dor Orofacial de Manchester. As diretrizes seguidas para a tradução e adaptação transcultural foram propostas por Beaton et al. (2000) e Wild et al. (2005). A versão final instituída (Brasil - MOPDS) foi aplicada em 50 pacientes com Dor Orofacial da clínica ambulatorial de ATM e Oclusão do Departamento de Prótese Dentária da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo. A Brasil MOPDS foi administrada duas vezes por um entrevistador (intervalo de 15-20 dias) e uma vez por um entrevistador independente. A versão brasileira do questionário OHIP-14 e a Escala Visual Analógica (EVA) foram realizadas em uma das entrevistas. Para análise da consistência interna foi utilizado Alpha de Cronbach e o Coeficiente de Correlação de Spearman. O Coeficiente de Correlação Intraclasse (ICC) e o Coeficiente de Correlação de Bland-Altmann (CCBA) foram computados para avaliar a validade e a confiabilidade externa e interna. A consistência interna encontrada foi alta ( = 0,9175) e as correlações interobservador (ICC = 0,924) e intraobservador (ICC = 0,982) foram excelentes. As validades comparadas ao OHIP- 14 (r = 0,857) e a EVA (r = 0,758) foram altas. A Brasil MOPDS foi validada e adaptada com sucesso para aplicação em pacientes brasileiros, com validade e confiabilidade interna e externa satisfatória.
Título em inglês
Translation and cross-cultural adaptation of Manchester Orofacial Pain Disability Scale
Palavras-chave em inglês
Orofacial Pain
Quality of Life
Translation and cross-cultural adaptation
Resumo em inglês
In this study was done the translation and cross cultural adaptation of the Manchester Orofacial Pain Disability for the Portuguese language. The guidelines followed for this process was suggested by Beaton et al. (2000) and Wild et al. (2005). Therefore, the final version (Brazil - MOPDS) was established and applied in 50 patients with Orofacial Pain selected in TMJ and Occlusion clinic ambulatory of University of São Paulo University Dentistry School. The Brazil MOPDS was administered twice by one interviewer (15-20 days interval) and once by an independent interviewer. The Brazilian OHIP short version (OHIP-14) and the Visual Analogical Scale (VAS) were applied on the same day. For internal consistency analysis, the Cronbach´s Alpha test, Spearmans Correlation Coefficient, intra-class Correlation Coefficient (ICC) and Bland-Altmans Correlation Coefficient were used to evaluate the validation and internal and external reliability. Results: The internal consistency found was high (=0, 9175). Inter-observer correlations (ICC = 0.924) and intra-observer (ICC= 0.982) were excellent. Validity compared with OHIP-14 (r= 0.857) and VAS (r= 0.758) were high. Brazil MOPDS was successfully translated and adapted to be applied to Brazilian patients, with satisfactory internal and external reliability.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-12-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.