• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2012.tde-14012013-123754
Documento
Autor
Nome completo
Graciela Soares Fonseca
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2012
Orientador
Banca examinadora
Junqueira, Simone Rennó (Presidente)
Haddad, Ana Estela
Oliver, Fatima Correa
Título em português
Programa de educação pelo trabalho para a saúde da Universidade de São Paulo (Campus Capital): estudo avaliativo
Palavras-chave em português
Educação superior
Odontologia
Pesquisa qualitativa
Recursos humanos para a saúde
Técnica delfos
Resumo em português
O Sistema Único de Saúde (SUS) avançou muito desde o seu surgimento, entretanto, ainda existem muitos desafios que precisam ser superados. Entre eles, encontram-se a qualificação e a formação dos profissionais de saúde. Os cursos de graduação em saúde têm privilegiado uma formação tecnicista e fragmentada, incapaz de formar a força de trabalho necessária à resolução dos problemas de saúde da população brasileira. Neste sentido, há necessidade de desenvolver instrumentos direcionados ao incentivo de mudanças curriculares no ensino superior em saúde, tendo como um dos eixos a interação com os serviços de saúde. Cita-se, nesse contexto, o Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde). A presente investigação se propôs a avaliar o PET-Saúde instituído na Universidade de São Paulo (USP), campus Capital. Os sujeitos do estudo foram tutores, preceptores e alunos de odontologia que integraram o Programa em algum momento da sua existência. Foi utilizada uma abordagem qualitativa, sendo a coleta de dados realizada com o auxílio das técnicas Delphi e de Grupo Focal. O tratamento do material coletado foi orientado pela análise de conteúdo. Os dados levantados evidenciaram que, apesar das mudanças já implementadas, o modelo formador em odontologia apresenta fragilidades no sentido de atender completamente as Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN), visto que é persistente a tendência tecnicista, biologicista e fragmentada. Os sujeitos reforçaram que a aproximação dos estudantes com os cenários de prática é capaz de auxiliar no processo formativo de alunos e na qualificação de profissionais inseridos nos serviços e professores dos cursos de graduação em saúde. Além disso, o PET-Saúde proporciona a ampliação do olhar do estudante em direção ao processo saúde/doença e o despertar para atuação futura no âmbito do SUS. A imersão no Programa foi responsabilizada pela quebra de pré-conceitos e pela consequente compreensão da organização da Atenção Primária e do trabalho desenvolvido no setor. Uma das vantagens apontadas pelos moldes de interação ensino-serviço do PET-Saúde consiste no estabelecimento da interdisciplinaridade no processo formador o que, dentre outras características, o conforma como um modelo de interação ensino-serviço mais próximo do ideal almejado. Como principais limites foram apontados a incompatibilidade de horários entre os protagonistas do programa, a distância dos cenários de prática em relação às unidades de ensino, além da ausência de diretrizes operacionais claras e da heterogeneidade de organização das atividades pelas unidades de saúde. Os resultados do estudo traduzem o PET-Saúde como um poderoso instrumento de indução de mudanças na concepção dos profissionais de saúde, contribuindo para uma formação condizente com as necessidades do SUS.
Título em inglês
Education Program of Work for Health of the University of São Paulo (Capital Campus): evaluation study
Palavras-chave em inglês
Delphi technique
Dentistry
Higher education
Human resources for health
Qualitative research
Resumo em inglês
The Unified Health System of Brazil has advanced greatly since itsestablishment, but there are many challenges that need be overcome. Among them are the qualification and the education of health workers. Health courses have privileged a technicist and fragmented education, that is unable to create the workforce needed to solve the health problems of the Brazilian population. So there is a need to create instruments directed to the encouragement of curriculum changes in the higher health education , based on the interaction with health services. In this context, the Education Program of Work for Health is pointed out. The research evaluated the Education Program of Work for Health established at the University of São Paulo, Brazil. The study subjects were dental students, preceptors and tutors in the program. A qualitative approach was used and data collected using the Delphi technique and focus group. The material obtained was treated by Bardin analysis of content . Data collected evidenced that despite changes already implemented, dentistry education model presents fragilities onfully meeting the National Curriculum Guidelines since much students keep the technicist, fragmented and biologicist tendency. The subjects reinforcedthat students approximation with practice scenarios is able to assist in the formation process of students and qualification of professionals inserted in services and of health courses professors. Moreover, the Education Program of Work for Health provides a wider view from students toward the health/disease process and also an awakening for later operating in the Unified Health System. The immersion in the program was responsible for breaking preconceptions and for the consequent understanding of the organization of Primary Care and of work in the sector. One of the advantages pointed by the model of interaction between teaching and service by the Education Program of Work for Health is the establishment of interdisciplinarity in the formation process that, among others characteristics, conforms it as a model of interaction between teaching and service closest to the desired ideal. The incompatibility of schedules between the protagonists of the program, the distance of the practice scenarios in relation to teaching units besides the absence of clear operational guidelines and diverse organization of activities by health units were pointed as the main limitations. The study results reflect the Education Program of Work for Health as a powerful tool to induce changes in the conception of health professionals, contributing to an education consistent with the needs of the Unified Health System.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-07-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.