• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.23.2016.tde-24052016-164007
Documento
Autor
Nome completo
Graciela Soares Fonseca
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Araujo, Maria Ercilia de (Presidente)
Botazzo, Carlos
Junqueira, Simone Rennó
Martins, Julie Silvia
Warmling, Cristine Maria
Título em português
Formação pela experiência: Revelando novas faces e rompendo os disfarces da odontologia 'in vitro'
Palavras-chave em português
Clínica Ampliada, Atenção Primária em Saúde
Educação superior
Estágio
Estágio Clínico
Odontologia
Pesquisa qualitativa
Recursos humanos para a saúde
Saúde Bucal
Serviços de Integração Docente-Assistencial
Resumo em português
Os cursos de graduação em odontologia vêm privilegiando uma formação fundamentada na técnica, com práticas curativistas e individualizadas, tornando-se incapazes de formar a força de trabalho necessária à resolução dos problemas de saúde bucal da população. Com a implementação das Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) para os cursos de graduação em odontologia, uma série de mudanças curriculares vêm sendo executadas no sentido de favorecer a formação adequada. Acredita-se que a educação pela experiência configure-se como um conjunto de ferramentas viável e eficaz para garantir a formação adequada e coerente com os princípios do Sistema Único de Saúde (SUS). Cita-se, como uma dessas possibilidades, os Estágios Curriculares Supervisionados (ECS), previstos nas DCN para serem desenvolvidos de forma articulada e com complexidade crescente ao longo do processo de formação. O estudo destina-se a compreender a articulação ensino-trabalho-cidadania por diferentes olhares e, aliado a experiências vivenciais dessa articulação, construir um modelo de Estágio Curricular Supervisionado (ECS) em serviço público de saúde, no âmbito da Atenção Primária em Saúde (APS), para cursos de graduação em odontologia. Trata-se de um estudo qualitativo dividido em duas fases. Na primeira, foi experienciado um modelo de estágio vinculado à um projeto de pesquisa que se propõe à inovar as práticas de saúde bucal no SUS, utilizando-se de uma proposta de clínica ampliada. Nessa etapa, participaram a pesquisadora, estagiários e preceptores que foram entrevistados e/ou escreveram diários de campo. Na segunda fase, alunos de odontologia, profissionais e gestores de serviços de saúde do município de São Paulo manifestaram suas percepções por meio de grupos focais e entrevistas individuais, respectivamente. O material coletado foi analisado por intermédio da hermenêutica dialética e da triangulação de dados. Os dados descortinam a intimidade das clínicas de uma Faculdade de odontologia, revelando o que se denominou de ensino da odontologia 'in vitro', distante da realidade e limitado no sentido de solucionar os problemas de saúde bucal do público atendido. Em contrapartida, foi evidente os benefícios que as vivências no mundo real, nos mais variados espaços, podem trazer para esses estudantes. Para os estagiários do modelo experienciado, a prática em clínica ampliada permite extrapolar a odontologia 'in vitro' e se aproximar da realidade. Preceptores e gestores manifestam opiniões convergentes e explicitam, ainda, o poder transformador que a presença de estudantes denota para os serviços além de induzir à educação permanente dos profissionais que atuam como preceptores. Com bases nessas colocações, foi elaborado um modelo de ECS para cursos de odontologia, de modo a permitir que os estudantes experienciem a realidade de saúde e trabalhem na dimensão da clínica do corpo vivo, subjetivado e complexo. Deseja-se oferecer ao estudante a possibilidade de refletir e experienciar os espaços onde as ações em saúde são produzidas, em um processo de ensino-aprendizagem centrado metodologias ativas, com a mediação pedagógica desenvolvida por preceptores e docentes. Acredita-se que suas características, pensadas em função da triangulação dos diferentes olhares que compuseram o estudo, revertem-se de força suficiente para inquietar o instituído e metamorfosear a formação disfarçada da odontologia.
Título em inglês
Experiential learning: revealing new faces and breaking the veil of an "in vitro" dentistry
Palavras-chave em inglês
Education
Higher. Clinical Clerkship
Human Resources
Internships
Oral Health
Primary Health Care
Qualitative Research
Teaching Care Integration Services
Resumo em inglês
The undergraduate dentistry courses tend to distinguish a technical formation, with individualized and curative practices, being unable to built workforce to solve population's oral diseases. As the National Curricular Guidelines were implemented to these undergraduate dentistry courses, curricular changing are carrying out, with the aim to assist an adequate formation. It is believed that education by experience set up as feasible and effective tools to ensure proper and consistent training with the principles of the Unified Health System (SUS).The Supervised Curricular Internships, cited by DCN must be developed in articulated way and complexity during undergraduate process. The aim of this study is to understand teaching-workcitizenship relation in different views, and built a Supervised Curricular Internship Model in public service, in the primary health care to the undergraduate dentistry courses. It is a qualitative study composed by two stages. In the first stage, it was experienced an internship model tied to a survey project , wich purpose is to innovate oral practices in the Unified Health System (SUS), and the participants were the participants were the researcher, internship members and preceptors who were interviewed and/or wrote in diary. In the second stage, undergraduate students, professional and managers of public health services at São Paulo, expressed their perceptions by focal groups and individual interviews, respectively. The data were collected and analised by dialectical hermeneutics and technique of data triangulation. The data uncover the face of practical activity in Dentistry School Clinic, revealing a term named "in vitro" teaching dentistry, wich is far from the reality and unable to solve the oral diseases of the audience. On the other hand, it was clear that the benefits of the real experiences, in many spaces, can be positive to the students. The internship members of this model perceived that the model of "in vitro" dentistry can be approach to the reality. Preceptors and managers presented convergent opinions and highlighted that the students' presence can change the services and induce permanent education to the preceptors.In the light of this, an ECS model for dental courses was designed in order to allow the students to experience it to health reality and work in size of the clinic of the living body, subjectivity and complex. An other objective is to offer the student the opportunity to reflect and experience health spaces, based on teaching-learning methodologies and mediated by preceptors and teachers.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-06-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.