• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.23.2011.tde-07112011-100708
Documento
Autor
Nome completo
Thiago Carôso Fróes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Frigerio, Maria Luiza Moreira Arantes (Presidente)
Lagana, Dalva Cruz
Lorenzi Filho, Geraldo
Título em português
Comparação entre o efeito do aumento da dimensão vertical de oclusão e do avanço mandibular na qualidade do sono em pacientes idosos portadores de próteses totais bimaxilares
Palavras-chave em português
Aparelho de avanço mandibular
Dimensão vertical de oclusão
Dispositivo intraoral
Edentulismo
Envelhecimento
Síndrome da apnéia obstrutiva do sono
Resumo em português
A população idosa possui alta prevalência de edentulismo e, conseqüentemente, é afetada pelos problemas a ele associados. A perda da dimensão vertical de oclusão (DVO) é um destes problemas que compromete, entre outros fatores, o desempenho do sistema estomatognático. Logo, doenças relacionadas ao colapso da musculatura da via aérea superior (VAS), como a síndrome da apnéia obstrutiva do sono (SAOS), tornam-se enfermidades relevantes para pacientes nesta faixa etária. Sendo assim, medidas terapêuticas eficazes e de baixo custo, como a utilização de aparelhos intraorais (AIOs) para liberação do fluxo aéreo, podem ser empregadas contribuindo para a qualidade do sono destes pacientes. O objetivo deste estudo foi avaliar parâmetros subjetivos e objetivos do sono, em 10 pacientes idosos portadores de Próteses totais (PTs) bimaxilares, após a utilização de novas PTs confeccionadas no Programa Envelhecer Sorrindo e após o uso de dois AIOs: um dispositivo intraoral (DIO), especialmente desenvolvido para aumentar a DVO sem provocar avanço mandibular, e um aparelho de avanço mandibular (AAM). Para isso, questionários de rastreamento da qualidade do sono e polissonografias (PSGs) foram realizados, em quatro momentos distintos: sem as PTs, com as PTs, com o DIO e com o AAM. Foram realizadas, também, telerradiografias em norma lateral (TNL) dos pacientes com as PTs, com o DIO e com o AAM a fim de avaliar alterações no diâmetro da VAS e o posicionamento mandibular nesses três momentos. Concluiu-se que, o AAM testado promove maior porcentagem de sono no estágio 1, podendo contribuir para a melhora na qualidade subjetiva do sono dos pacientes, uma vez que ajudou a diminuir o tempo necessário para iniciar o sono, além de facilitar a manutenção do estado de vigília.
Título em inglês
Comparison between the vertical dimension of occlusion increase and mandibular advance effects on sleep quality in elderly patients wearing maxilar and mandibular complete dentures
Palavras-chave em inglês
Edentulism
Elderly
Intraoral device
Mandibular advance device
Obstructive sleep apnea syndrome
Vertical dimension of occlusion
Resumo em inglês
There is a high prevalence of edentulism and problems associated to it in the elderly population. A decrease in vertical dimension of occlusion (VDO) is one of these problems that may compromise the stomatognathic system. Therefore, it is important to investigate diseases related to upper airway (UA) musculature collapse, such as the syndrome of obstructive sleep apnea (OSAS). Therapeutic measures of low cost and high efficacy, such as intraoral appliances (IAs) to release the air flow may be employed, contributing to patients sleep quality. The aim of this study was to evaluate subjective and objective sleep parameters in 10 elderly patients who wore maxilar and mandibular complete dentures (CD). The analyses were performed after the use of a new pair of CD and after using two IAs: an intraoral device (ID), especially developed to increase the VDO without causing mandibular advance, and a mandibular advance device (MAD). For this purpose, questionnaires and polysomnography (PSG) were performed in four distinct stages: patients not wearing CD, wearing CD, wearing ID and wearing MAD. In addition, lateral cephalograms (LC) of patients wearing FD, wearing ID and wearing MAD were performed to assess changes in UAs diameter and in the mandibular positioning. It was concluded that the MAD tested promotes higher percentage of stage 1 sleep and and may contribute to the improvement in patients subjective sleep quality, as it helped to decrease the time needed to fall asleep, and facilitate the maintenance of wakefulness.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ThiagoCarosoFroes.pdf (3.45 Mbytes)
Data de Publicação
2012-05-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.